1. We have implemented the ability to gift someone a Supporting Membership now! When you access the Upgrade page there is now a 'Gift' button. Once you click that you can enter a username to gift an account Upgrade to. Great way to help support this forum plus give some kudos to anyone who has helped you.
    Fechar Aviso

Venda de cerveja ambulante.

Discussão em 'Iniciantes' iniciado por Ivan Fernandes, 4/7/19.

Ajude o Home Brew Talk Brasil:

  1. 19/7/19 #21

    Theo Saad

    Theo Saad

    Theo Saad

    Member

    Afiliado:
    19/12/18
    Mensagens:
    11
    Curtidas Recebidas:
    16
    Localização:
    São Paulo
    Cada um pensa como quer, claro. Se você acha que meu jeito de pensar é ser "gado", é direito seu. Assim como decidir agir fora da lei. A escolha é sempre sua. Livre arbítrio. Mas ter digo: se você decidir por esse caminho, se legalize o quanto antes, porque assim que você começar a crescer e a roubar clientes de quem faz tudo certo, você será denunciado por quem estiver sendo atingido por você. Afinal, terá engajado em uma concorrência desleal. Quando (e não "se") isso acontecer, não reclame nem se esconda. Assim como você disse do cara que comprava milho do tiozinho ("o tiozinho era porco mas só comprava quem queria, todo mundo via a porquice dele"), você sabe onde está entrando. Abraço
     
    2 pessoas curtiram isso.
  2. 19/7/19 #22

    Cassiano Schneider

    Cassiano Schneider

    Cassiano Schneider

    Member

    Afiliado:
    20/5/19
    Mensagens:
    18
    Curtidas Recebidas:
    5
    Localização:
    São José do Cedro
    Mas esse jeito por enquanto está fora da legalidade e como você falou, se as leis são o problema elas devem ser alteradas. Infelizmente quem as altera são pessoas que não confiamos e que devem ser pressionadas para tal. Até lá, o que resta é tentar agir dentro do estabelecido em lei para não sofrer penalidades...
     
  3. 19/7/19 #23

    GBP

    GBP

    GBP

    Member

    Afiliado:
    11/7/18
    Mensagens:
    22
    Curtidas Recebidas:
    6
    Localização:
    São Paulo
    Mas pare e pense também, isso é um risco, você não sabe se fará sucesso ou não a sua cerveja, ai você vai lá, investe muito dinheiro (por que não é pouco para legalizar tudo e ficar dentro da lei), e não vira, e aí? você perdeu todo esse dinheiro (que as vezes você não tem e tem sócios, investidores, empréstimos etc...)

    Eu acho que como passo inicial, para ver se haverá demanda para o seu negócio, seria válido. Porém, vendo que está "virando", o melhor caminho é fazer todo o processo para se regularizar, até por que, com o aumento da demanda, obviamente você terá de aumentar a produção e com isso precisará de pessoas e acaba virando uma empresa naturalmente.

    As leis e regulamentações só favorecem os grandes. Pequenos são prejudicados exatamente para que não consigam "morder" o que os grandes vendem.
     
  4. 19/7/19 #24

    jeanpaullopes

    jeanpaullopes

    jeanpaullopes

    Well-Known Member

    Afiliado:
    17/5/16
    Mensagens:
    1,718
    Curtidas Recebidas:
    650
    Todo o negócio pressupõem um risco.

    Agora fazer "errado" (ou a margem do legal) com a justificativa de mitigar os riscos, isto é uma visão um tanto estranha (para mim). Não é exatamente uma questão de grande prejudicando o pequeno, é muito mais prevenção de problemas com não conformidades. Ok, a legislação é confusa, é burocrática e até antiga, mas é o que está valendo no momento. Vejo isto todo os dias no meu ramo: Tenho uma empresa de desenvolvimento de sistemas pequena, concorro com grandes fábricas de software, com multinacionais, mas o que me realmente incomoda é o "metido a entendido programador" ou "aquele sobrinho que fez um cursinho" que faz um preço ridículo e que não tem custo operacional algum. Eles predam o mercado por um pequeno momento mas deixam um rastro ruim para traz, seja clientes desconfiados, seja mau nome na praça para toda a cadeia, seja uma impressão de quem quem trabalha corretamente está explorando em seus preços.

    Sei que o sonho de quase todo o cervejeiro caseiro é transformar o hobby em algo que dê dinheiro, mas isto requer planejamento, empreendedorismo, capital e adequação. Qualquer outro caminho é bico.
     
  5. 20/7/19 #25

    raffapeixoto

    raffapeixoto

    raffapeixoto

    Member

    Afiliado:
    19/2/14
    Mensagens:
    17
    Curtidas Recebidas:
    3
    Acho bonito o cara falar em "geração de emprego",mas compra no Mercado Livre sem nota fiscal nao ajuda o comercio local
     
    Leonardo Gali curtiu isso.
  6. 21/7/19 #26

    Theo Saad

    Theo Saad

    Theo Saad

    Member

    Afiliado:
    19/12/18
    Mensagens:
    11
    Curtidas Recebidas:
    16
    Localização:
    São Paulo
    Eu fui um dos que falei em geração de emprego. Eu só compro com nota. Qualquer coisa. Nem que seja cerveja em dia de ir ao estádio. Nao compro de ambulante, por exemplo. Entro num bar, pago mais caro e peço a nota.
     
  7. 21/7/19 #27

    luclavilo

    luclavilo

    luclavilo

    Active Member

    Afiliado:
    15/8/16
    Mensagens:
    39
    Curtidas Recebidas:
    10
    É fácil e bonito citar leis, legalização, conformes, quando se nasce em berço de ouro, pleno de condições para já passar o rolo compressor em quem rala de verdade para crescer, ou se tem papai e mamãe que bancam tudo.
    Começar do zero é estar à margem sim: por isso o uso pejorativo discriminatório manipulador do termo marginal!
     
    1 pessoa curtiu isso.
  8. 21/7/19 #28

    marcelo_r_a

    marcelo_r_a

    marcelo_r_a

    Member

    Afiliado:
    7/2/17
    Mensagens:
    6
    Curtidas Recebidas:
    8
    Não dá cadeia, mas pode dar multa de diferentes órgãos. Prefeitura, sefaz, MAPA. Porque todos os âmbitos precisam estar legalizados. A venda, na prefeitura, a produção no mapa, etc.. Em 2014, se não me engano, uma galera começou a fazer cerveja em uma cidade da serra aqui do Rio de Janeiro, e como era na serra, cidade pequena, a galera tava conseguindo comercializar as cervejas nos bares. Eram varias "cervejarias" caseiras, e eram até bem boas... Quando o negócio cresceu um pouco, o MAPA recebeu uma denúncia, e deu dura em geral. Nos cervejeiros? Não, nos bares que vendiam. Aí, jogaram fora as garrafas ilegais de todo mundo. E um dos bares levou uma multa salgada... Não sei dizer porque só um levou, mas foi o suficiente pra acabar com o negócio por ali. Ninguém mais quis vender cerveja sem registro lá. Eu conheço gente que faz cerveja pra vender assim, sem registro, e consegue tirar um dinheirinho, mas sem um ponto de venda legal, sem poder vender em mercados, bares, etc.. Não dá muito dinheiro não. E se der, vc vai levar uma dura, porque vai chamar atenção. Tu não vai conseguir levantar o capital pra legalizar uma cervejaria assim, por exemplo. E também não vai atrapalhar o negócio de nenhuma cervejaria legalizada. Rsrsrs. Não é o produtor caseiro, que vende chope no carro a concorrência desleal, né?! A concorrência desleal vem é das grandes, que sonegam imposto até não poder mais. Inclusive com anuência do Estado, quando recebem isenções e anistias. Talvez a forma mais segura de você seguir nesse ramo, seja ir aos poucos. Pra não ter que legalizar um monte de coisa de uma vez. Inicie seu negócio revendendo uma cerveja legalizada, pra não ter que legalizar a produção. Só a venda. Pra comprar e revender chope no seu carro, é muito mais simples. Só precisa de um MEI, e vc já vai poder vender em feiras e locais em que a prefeitura libere. Desse jeito seu investimento vai ser basicamente os barris de chope e a chopeira, vc vai pagar uma merreca de imposto, vai atuar na parte da cadeia que tem menor risco e maior margem de lucro, e não vai ter que fugir do rapa! Além disso vc vai entrar e sentir o mercado aí na sua cidade, e tendo sucesso, você consegue ir se legalizando aos poucos pra produzir de forma cigana sua própria breja, ou mesmo atrair um investidor para o seu negócio, que já está dando certo. Produzir ilegalmente parece tentador, mas é um beco sem saida, porque se vc crescer vão te dar uma rasteira. Existem caminhos mais baratos pra entrar no mercado. Abs.
     
  9. 21/7/19 #29

    marcelo_r_a

    marcelo_r_a

    marcelo_r_a

    Member

    Afiliado:
    7/2/17
    Mensagens:
    6
    Curtidas Recebidas:
    8
    Mas é importante destacar que são procedimentos simples, e que essas taxas não são caras. Pelo menos aqui no Rio de Janeiro não passa de R$20,00 participar de uma feira. Aqui, basta ir no sefaz, e na vigilância sanitária, que eles geram os boletos na hora. No caso de feiras, os produtores ja vão ter acertado com a prefeitura.
     
  10. 21/7/19 #30

    Rodrigo Bazoni

    Rodrigo Bazoni

    Rodrigo Bazoni

    Member

    Afiliado:
    12/6/18
    Mensagens:
    5
    Curtidas Recebidas:
    0
    Localização:
    Vitória
    Alguém conhece legislação pra vender chopp em carro? Beer truck? Tem que regularizar o carro no DETRAN.. mas tem mais algum registro?
     
  11. 21/7/19 #31

    Cassiano Schneider

    Cassiano Schneider

    Cassiano Schneider

    Member

    Afiliado:
    20/5/19
    Mensagens:
    18
    Curtidas Recebidas:
    5
    Localização:
    São José do Cedro
    Sim é verdade, taxas de prefeitura e Vigilância Sanitária sempre são as menores. Mas quando alguém fizer uma denúncia dessas pode ter certeza que não será apenas nesses dois órgão. Pq se fosse só isso teríamos milhares de cervejarias a mais.
     
  12. 22/7/19 #32

    dalai

    dalai

    dalai

    Well-Known Member

    Afiliado:
    24/5/17
    Mensagens:
    237
    Curtidas Recebidas:
    87
    Eu já contei minha história em outro tópico... de começar produzindo por brincadeira e acabar assumindo um negócio "marginal". Se eu pudesse aconselhar alguém hoje, seria que seguisse esse caminho de apenas revender e ir organizando aos poucos por trás. Quando dei conta a demanda que tinha era de 300-400l/mês, aí fui orçar uma planta legalizada e tomei a porrada de 500 conto na cara. A realidade bateu sem pena.
     
    3 pessoas curtiram isso.
  13. 22/7/19 #33

    jeanpaullopes

    jeanpaullopes

    jeanpaullopes

    Well-Known Member

    Afiliado:
    17/5/16
    Mensagens:
    1,718
    Curtidas Recebidas:
    650
    é uma questão matemática simples:

    vamos supor em um lucro bruto de R$15,00 por litro, para se faturar R$ 15.000,00 mês (para descontando tudo o que é custo operacionais, ter algum lucro real para justificar a opção profissional) a venda deve ser de 1.ooo litros mês. Vender 1.000l em um mês até não é algo impossível, mas manter isto regular já não é assim tão fácil. São 1.666 garrafas, 70 caixas e isto já demanda logística e estoque, mais custos. Operacionalizar isto sozinho já não é assim tão simples, então entra contratação e um custo ainda maior. É claro que é fácil de se encontrar cerveja/chope por R$ 9,00 o litro, o que já derruba o cálculo inicial.

    Então a visão romântica não se sustenta nem a médio prazo sem um ótimo plano de negócio e um mínimo de capital de giro e investimento.
     
  14. 23/7/19 #34

    tmenegatti

    tmenegatti

    tmenegatti

    Member

    Afiliado:
    12/12/15
    Mensagens:
    5
    Curtidas Recebidas:
    1
    Se tiver tendo demanda e conseguindo vender, manda bala
    depois corre atrás de legalizar
    Melhor começar pequeno e depois investir uma nota do que já começar grande, investindo alto e ter uma queda muito mais alta!!!
    E estude bastante e faça a sua cerveja boa, um produto de qualidade, com ctza vai ter gente comprando! :)
     
    1 pessoa curtiu isso.
  15. 23/7/19 #35

    pwiens

    pwiens

    pwiens

    Well-Known Member

    Afiliado:
    22/3/18
    Mensagens:
    74
    Curtidas Recebidas:
    22
    É um beco sem saída... se quiser entrar no jogo, vai ter que se dedicar integralmente e investir em uma escala mínima, eu diria que uns 2500l/mes. Agora calcule o risco disso. Fazer bateladas de 100l por fds e vender para complementar a renda, nem pensar.
     
    1 pessoa curtiu isso.
  16. 24/7/19 #36

    Theo Saad

    Theo Saad

    Theo Saad

    Member

    Afiliado:
    19/12/18
    Mensagens:
    11
    Curtidas Recebidas:
    16
    Localização:
    São Paulo
    Vai depender da cidade, amigo. Em SP, por exemplo, não liberam mais foodtruck. Mas numa cidade onde é liberado, o normal é regularizar o veículo, no Detran, e também a empresa vendedora, na Junta Comercial, na SEFAZ e na Receita Federal. Se você é o produtor, precisa também do MAPA. Isso, claro, se quiser fazer tudo direitinho.
     
    1 pessoa curtiu isso.
  17. 7/8/19 #37

    thiagodifoiz

    thiagodifoiz

    thiagodifoiz

    Well-Known Member

    Afiliado:
    8/4/16
    Mensagens:
    203
    Curtidas Recebidas:
    44
    1 pessoa curtiu isso.
  18. 7/8/19 #38

    Paivao

    Paivao

    Paivao

    Well-Known Member

    Afiliado:
    20/12/16
    Mensagens:
    96
    Curtidas Recebidas:
    16
    Você está cobrando pela cerveja ou pelo serviço (de fazer a cerveja sob encomenda)?
    Até onde eu sei, não é proibido fazer cerveja (e ser pago por isso). É proibido vender, estocar (...).
     
  19. 8/8/19 #39

    Theo Saad

    Theo Saad

    Theo Saad

    Member

    Afiliado:
    19/12/18
    Mensagens:
    11
    Curtidas Recebidas:
    16
    Localização:
    São Paulo
    Se alguém faz a cerveja para vender mas não tem registro, é proibido. Não pode, pela lei, vender nem pro seu pai ou irmão ou amigo. Essa é a lei. Vai de cada um o grau em que vai desrespeitar, que tem muito a ver com o quanto você concorda com a lei e qual o tamanho da sua desobediência civil.
     
    _Mó_ e (deletar usuário) curtiram isso.
  20. 8/8/19 #40

    _Mó_

    _Mó_

    _Mó_

    Well-Known Member

    Afiliado:
    13/11/18
    Mensagens:
    53
    Curtidas Recebidas:
    36
    Localização:
    Indaiatuba/SP
    Olá @thiagodifoiz!

    Isso não existe. Segue o link do tópico em que foi bem discutida essas questões.

    https://www.homebrewtalk.com.br/thr...al-caseira-é-crime.412731/page-5#post-5176788
     
    1 pessoa curtiu isso.

Compartilhe esta Página