Uso de Ácido Fosfórico P.A. Para corrigir o ph da Mostura/Lavagem

Discussão em 'Brew Science' iniciado por joaum_godoy, 22/2/17.

  1. 2/3/17 #21

    Tiago

    Tiago

    Tiago

    Moderator Moderador

    Afiliado:
    11/6/13
    Mensagens:
    3,010
    Curtidas Recebidas:
    1,261
    Interessante a discussão do PA vs alimentício e USP...

    Ia defender os P.A. pelo que sei sobre a pureza deles, mas tambem dei um google na produção de soda (lye) com mercúrio que apareceu ali na citação do Water e fato que existe método que usa o material no eletrodo da eletrólise. Então não sei... ainda assim suspeito das porcentagens muito baixas e se elas inexistem nos grau alimentício... talvez um método diferente de produção?

    Respondendo sobre o uso dele na mosturação e lavagem, sim pode ser usado, assim como o lático e outros ácidos. Acho que a escolha entre um e outro é pessoal e tecnicamente indifere. É mais fácil achar o lático em grau alimentício e um litro dele é mais barato, mas o fosfórico precisa usar menos.
     
  2. 6/7/17 #22

    AnteK

    AnteK

    AnteK

    Well-Known Member

    Afiliado:
    1/9/14
    Mensagens:
    71
    Curtidas Recebidas:
    6
    Salve, Brewers!

    Muito boa a discussão sobre produtos P.A, Food Grade ou USP.

    Eu achava que o P.A servia perfeitamente para uso alimentício.
    Olhando num site de produtos químicos encontrei uma tabela com as especificações de cada produto. Confesso que fiquei um pouco mais confuso, pois o P.A é um dos que leva o grau máximo de pureza, mas ao mesmo tempo não é indicado para fins alimentícios como o Food Grade e o USP.
    Envio o link com a tabela abaixo.

    Espero ter reascendido essa discussão...:mug:

    http://www.quimidrol.com.br/dicas/tipos-de-reagentes/
     
  3. 6/7/17 #23

    matozo

    matozo

    matozo

    Well-Known Member

    Afiliado:
    24/4/16
    Mensagens:
    296
    Curtidas Recebidas:
    86
    Ficou confuso mesmo, o "Indicam grau de pureza máximo" não quer dizer que são os mais puros, mas simplesmente que haverá uma etiqueta indicando o grau de pureza máximo.

    Na prática muitos PAs possuem o mesmo conteúdo de metais pesados que um USP, e é por isso que muita gente usa PA sem medo, mas há outras normas (manuseio, empacotamento, transporte, etc) que fazem o USP ser o mais indicado para fins alimentícios. [​IMG]
     
    SandroRibeiro curtiu isso.
  4. 9/8/17 #24

    fnandolp

    fnandolp

    fnandolp

    Well-Known Member

    Afiliado:
    12/3/15
    Mensagens:
    51
    Curtidas Recebidas:
    8
    Estou começando a estudar as mudanças na água, e também comprei ácido fosfórico em uma loja de produtos químicos. A análise que tem no rótulo não indica qualquer porcentagem de metais pesados (segue foto em anexo), significa que é seguro?
    Mais uma questão, não achei no rótulo qualquer menção à concentração do ácido, será que tenho que entrar em contato com o laboratório para obter a informação?
     

    Arquivos Anexados:

  5. 9/8/17 #25

    matozo

    matozo

    matozo

    Well-Known Member

    Afiliado:
    24/4/16
    Mensagens:
    296
    Curtidas Recebidas:
    86
    Não deve ter metais pesados mesmo.

    A concentração vc vai ter que entrar em contato com o laboratório.

    Só toma cuidado pra manusear, é um ácido, apesar de mto eficaz, perigoso. Por isso acabo preferindo o láctico.
     
    fnandolp curtiu isso.
  6. 15/8/17 #26

    Tiago

    Tiago

    Tiago

    Moderator Moderador

    Afiliado:
    11/6/13
    Mensagens:
    3,010
    Curtidas Recebidas:
    1,261
    Tem sim... ali em "dosagem ..... min 85%".

    A concentração dele é de no mínimo 85%. Na prática deve ser muito próximo desse valor.

    Uso exatamente esse aí, da dinâmica.

    Abraço
     
    fnandolp curtiu isso.
  7. 16/8/17 #27

    GGabriel

    GGabriel

    GGabriel

    New Member

    Afiliado:
    15/8/17
    Mensagens:
    3
    Curtidas Recebidas:
    0
    Não entendo alguém usar reagente P.A. Reagente P.A. não é próprio para consumo. Deve-se usar grau alimentício. Vc tem a chance de fazer sua própria cerveja com os seus ingredientes selecionados e resolve colocar um reagente de laboratório na bebida?
     
  8. 16/8/17 #28

    matozo

    matozo

    matozo

    Well-Known Member

    Afiliado:
    24/4/16
    Mensagens:
    296
    Curtidas Recebidas:
    86
    Eu concordo contigo, além do preço não ser nada diferente. Se você tem a possibilidade de optar ente um e outro, não faz mto sentido comprar o PA.

    Aqui na minha cidade o único problema é que PA geralmente tem pronta entrega, já alimentício é põe encomenda. Mas comprado uma vez vc tem estoque pro resto da vida.

    A única exceção é Gipsita, ou Gypsum, ou Sulfato de Cálcio, não vejo U.S.P no mercado há mais de ano.
     
    GGabriel curtiu isso.
  9. 21/8/17 #29

    FilipeAguiar

    FilipeAguiar

    FilipeAguiar

    Well-Known Member

    Afiliado:
    11/2/17
    Mensagens:
    199
    Curtidas Recebidas:
    32
    Cara, essa discussão é inútil.
    A pureza do P.A. é maior, pois ele tem fins analíticos e precisa ser o mais puro possível sim. Em relação ao U.S.P., o seu manuseio e procedimentos durante o seu processo produtivo possui regras mais rígidas, posto que o mesmo tem a finalidade de consumo humano.
    É a mesma coisa do oxigênio hospitalar e do industrial: o processo pelo qual o cilindro é submetido (principalmente limpeza) é mais rigoroso, mas o gás é o mesmo.
    Traduzindo: o reagente é o mesmo, a diferença, provavelmente, tá no manuseio do produto: da indústria pro vasilhame e dos testes/verificações ao qual o mesmo é submetido (que não são de pureza).

    Quanto a metais pesados: todo mundo aqui come peixe, né? ;) E tá todo mundo vivo.

    Apenas uma ressalva em relação ao uso do H3PO4: ele diminui a concentração de íons calcio (e magnésio, em menor proporção) disponíveis na água. Assim sendo, a menos que você manje de química (me refiro a tratar a estequiometria em e entender como funcionam o mEq/L), desista de usá-lo para acidificar a água. Use o ácido lático e seja feliz.
     
    Marcelo_Alvares curtiu isso.
  10. 24/8/17 #30

    GGabriel

    GGabriel

    GGabriel

    New Member

    Afiliado:
    15/8/17
    Mensagens:
    3
    Curtidas Recebidas:
    0
    Na verdade esta discussão é bem importante. Esta é uma daquelas situações onde o que parece ser bom senso não funciona.

    P.A. e Grau Alimentício são diferentes pois atendem a normas diferentes. A preocupação para P.A. é evitar que ocorra inclusão de interferentes analíticos. Grau Alimentício se preocupa em certificar que todos os contaminantes e ingredientes se encontram em nível considerado seguro para consumo humano à luz do conhecimento existente. Grau Alimentício se refere não apenas à composição química, mas também ao uso de Boas Práticas de Fabricação e seleção de sistema de embalagem adequado.

    De maneira geral é fato que P.A. é mais puro que Grau Alimentício, mas importa saber qual o contaminante. A substância pode ser P.A. mas possuir agentes cancerígenos graves, como benzeno, em quantidades que não seriam toleradas num produto Grau Alimentício, ainda que "menos" puro. Metais pesados tb são um exemplo disso.

    A diferença entre as duas classes não é algo que causará um intoxicação aguda no curto prazo. Talvez um câncer depois de duas décadas, mas quem tem pressa né? Boa sorte!
     
  11. 24/8/17 #31

    FilipeAguiar

    FilipeAguiar

    FilipeAguiar

    Well-Known Member

    Afiliado:
    11/2/17
    Mensagens:
    199
    Curtidas Recebidas:
    32
    Então... A questão maior é mais sobre as boas práticas do que sobre os contaminantes. Como são sais inorgânicos, achar traços de substância como benzeno, por exemplo, é algo meio impensado.

    Quanto a metais pesados, os mesmos só são problemas se estiverem complexados. Precisa ver direitinho. A pergunta que não quer calar é a seguinte:
    Você faz uma leva de 20L por mês, da qual você toma 5L. Vc usa...sei lá...6-7g de sais pra fazer os 20L. Então, pense na sua ingestão ao longo da vida.

    Agora, pense sobre os legumes, frutas e verduras e os milhões de agrotóxicos que vc ingere. Os filezinhos de peixe que você compra congelado no mercado e a água que vc bebe (sim, nossa água é tratada na maior parte do país com hipoclorito, que gera formação de trihalometanos, que são cancerígenos)...sacou?
    Essa divisão é mais pra garantir uma certa qualidade no manuseio, mas, no fundo, não gera impacto.

    Todo mundo aqui usa celular. Não há nenhum estudo que fale sobre a radiação (pq n temos tempo suficiente pra avaliar o impacto dessa tecnologia).

    Então, galera, não é o tipo de coisa que você, cervejeiro caseiro deve se preocupar. Se vc vai vender, aí sim, são outros 500.

    PS.: Antes que achem que falo sem propriedade, sou Eng químico e já trabalhei com a parte de tratamento de água

    #paz

    Enviado de meu XT1635-02 usando Tapatalk
     
  12. 24/8/17 #32

    matozo

    matozo

    matozo

    Well-Known Member

    Afiliado:
    24/4/16
    Mensagens:
    296
    Curtidas Recebidas:
    86
    Tem que tomar cuidado porque pode ser usado Lactose, por exemplo, em quantidade maior.
     
  13. 20/11/17 #33

    brunoc

    brunoc

    brunoc

    Member

    Afiliado:
    7/8/14
    Mensagens:
    19
    Curtidas Recebidas:
    4
    Primeira vez que eu vejo alguém falar algo nesse sentido.

    Ah se eu tivesse visto isso antes de comprar o vidro de ácido fosfórico...
     
    Marcelo_Alvares curtiu isso.

Compartilhe esta Página