• We have implemented the ability to gift someone a Supporting Membership now! When you access the Upgrade page there is now a 'Gift' button. Once you click that you can enter a username to gift an account Upgrade to. Great way to help support this forum plus give some kudos to anyone who has helped you.

Trappist Tripel - Sugestões receita

Ajude o Home Brew Talk Brasil:

damigol

Well-Known Member
Afiliado
13/9/17
Mensagens
240
Pessoal, sou iniciante, já fiz algumas cervejas sem problemas. Gostaria de fazer uma Trappist Trippel e gostaria de sugestões. Fiz uma adaptação de um Westmalle Tripel Clone, que achei no site Brewersfriend (Anexo).


Especificações da Receita
----------------
Tamanho do Lote (L): 20.0
Original Gravity (OG): 1.083 (°P): 20.0
Final Gravity (FG): 1.014 (°P): 3.6
Alcohol (ABV): 8.99 %
Colour (EBC): 8.9
Bitterness (IBU): 38.1 (Rager)
Tempo Fervura (Minutes): 90

Maltes:
----------------
6.000 kg Malte Pilsner Globomalt - EBC 3,7 (84.51%)
0.800 kg Açucar cristal (11.27%) - *Adicionado nos 90 minutos da fervura
0.200 kg Açucar Cristal (2.82%) - *Adicionado nos 15 minutos da fervura
0.100 kg Malte Chateau Melano / Melanoidina - EBC 85 (1.41%)

Lúpulos
----------------
30.0 g Styrian Goldings Pellet (5.5% Alpha) @ 90 Minutes (Boil) (1.5 g/L)
15.0 g Tettnanger Pellet (4.5% Alpha) @ 60 Minutes (Boil) (0.7 g/L)
15.0 g Fuggles Pellet (4.5% Alpha) @ 30 Minutes (Boil) (0.7 g/L)
15.0 g Saaz Pellet (3.5% Alpha) @ 5 Minutes (Boil) (0.7 g/L)

----------------
0.5 g Whirlfloc Tablet @ 15 Minutes (Boil)

Método: Single step Infusion at 68°C for 90 Minute

Levedura
----------------
Fermento Belgian Abbey- Mangrove Jacks M47
Inoculado a 18°C e após o 3° dia subindo para 20°C até o final.
Maturação em 8°C durante 4 semanas.​


----------------
Observações: Tive que adaptar a receita original, por alguns motivos. Primeiro para reduzir o tamanho do lote. Segundo, o IBU dela ficou acima do recomendado para o estilo. Acredito que o motivo disso tenha sido considerar o Alfa Àcido do lúpulo Styrian Goldings somente 3%. Acrescentei bem pouco de melanoidina porque na original o EBC ficou um pouco abaixo. Pelo elevado ABV, sei que deverei ter cuidados com sabores de Alcohol na cerveja. Mas quais cuidados seriam sugeridos?

----------------

Se tiverem sugestões sobre a receita, eu agradeço. Segue a receita original que adaptei:
 

Attachments

mariopareto

Well-Known Member
Afiliado
10/3/16
Mensagens
115
Fala Damigol.

Esotu dando uma estudada e seguem algumas observações do que li recentemente sobre tripels (e outras belgas em geral).

1 - 68C para mostura é muito alto. O estilo é caracterizado por alta atenuação da levedura e final seco. O segredo é açúcar e baixa temperatura de mostura. Veja quanto fica de FG com 65C.

2 - A quantidade de açucar está bacana (14%), mas se quiser pode equilibrar para algo entre 15-20%.

3 - Acho desnecessário usar 4 lúpulos para este estilo. O lúpulo está para suportar o alcool e o dulçor e prover um leve aroma/sabor. Dá pra simplificar...

abs!
 

tomazela

Well-Known Member
Afiliado
12/1/16
Mensagens
1,683
Pessoal, sou iniciante, já fiz algumas cervejas sem problemas. Gostaria de fazer uma Trappist Trippel e gostaria de sugestões. Fiz uma adaptação de um Westmalle Tripel Clone, que achei no site Brewersfriend (Anexo).


Especificações da Receita
----------------
Tamanho do Lote (L): 20.0
Original Gravity (OG): 1.083 (°P): 20.0
Final Gravity (FG): 1.014 (°P): 3.6
Alcohol (ABV): 8.99 %
Colour (EBC): 8.9
Bitterness (IBU): 38.1 (Rager)
Tempo Fervura (Minutes): 90

Maltes:
----------------
6.000 kg Malte Pilsner Globomalt - EBC 3,7 (84.51%)
0.800 kg Açucar cristal (11.27%) - *Adicionado nos 90 minutos da fervura
0.200 kg Açucar Cristal (2.82%) - *Adicionado nos 15 minutos da fervura
0.100 kg Malte Chateau Melano / Melanoidina - EBC 85 (1.41%)

Lúpulos
----------------
30.0 g Styrian Goldings Pellet (5.5% Alpha) @ 90 Minutes (Boil) (1.5 g/L)
15.0 g Tettnanger Pellet (4.5% Alpha) @ 60 Minutes (Boil) (0.7 g/L)
15.0 g Fuggles Pellet (4.5% Alpha) @ 30 Minutes (Boil) (0.7 g/L)
15.0 g Saaz Pellet (3.5% Alpha) @ 5 Minutes (Boil) (0.7 g/L)

----------------
0.5 g Whirlfloc Tablet @ 15 Minutes (Boil)

Método: Single step Infusion at 68°C for 90 Minute

Levedura
----------------
Fermento Belgian Abbey- Mangrove Jacks M47
Inoculado a 18°C e após o 3° dia subindo para 20°C até o final.
Maturação em 8°C durante 4 semanas.​


----------------
Observações: Tive que adaptar a receita original, por alguns motivos. Primeiro para reduzir o tamanho do lote. Segundo, o IBU dela ficou acima do recomendado para o estilo. Acredito que o motivo disso tenha sido considerar o Alfa Àcido do lúpulo Styrian Goldings somente 3%. Acrescentei bem pouco de melanoidina porque na original o EBC ficou um pouco abaixo. Pelo elevado ABV, sei que deverei ter cuidados com sabores de Alcohol na cerveja. Mas quais cuidados seriam sugeridos?

----------------

Se tiverem sugestões sobre a receita, eu agradeço. Segue a receita original que adaptei:
Dê uma pesquisada sobre a adição de açúcar. Acredito que tenham recomendações para adicionar antes da inoculação, até x%, pois é sabido que a levedura vai consumir o açúcar cristal antes e ter "preguiça" de metabolizar os açúcares mais complexos, aí você pode ter uma Stuck Fermentation.
 

ldepaoli

Active Member
Afiliado
11/6/13
Mensagens
37
Sugestão. Esqueça a melanoidina e diminua a quantidade de açúcar. 1kg para 20L é muito. Não faz sentido colocar o açúcar em dois momentos na fervura. Pode colocar tudo no meio ou melhor coloque somente no 3o ao 4o dia de fermentação.

Enviado de meu SM-G950F usando Tapatalk
 

leonardoreges

Active Member
Afiliado
27/9/16
Mensagens
41
Esse estilo tem como característica final seco e alto abv, então a temperatura de mosturação tem que priorizar beta amilase.
Quanto ao açúcar não acho que a quantidade fique fora do estilo mas acho que as adições poderiam ser mudadas. Pode ser feito em adição única, mas aí te sugiro que seja na fermentação, já que quando a quantidade de açúcar é acima de 10% pode acontecer stuck fermentation. Ou podes colocariam pouco nos minutos finais de fervura e o resto na fermentação.
E quanto aos lúpulos, estilos belgas são pouco pululados, com razão bu:gu entre 0,3 a 0,4. Então as adições de amargor e aroma são suficientes.
 

JuniorBolzani

Well-Known Member
Afiliado
15/12/16
Mensagens
442
Eu deixaria o malte melano sim, a quantidade q vc está usando é bem baixa para influenciar negativamente no perfil final da breja (1,41%), trará uma boa profundidade de cor sem afetar o aroma/sabor de forma perceptível.

Quanto a lupulagem, concordo com os amigos acima, simplifique. Faça uma lupulagem padrão aos 60 min e outra com cerca de metade a 75% da primeira para sabor, algo próximo dos 10 a 20 min.

Quanto ao açúcar, creio que aqui esteja a sacada. Tem que usar, faz parte do estilo, mas como usar? Venho lendo bastante sobre o estilo e experimentando algumas coisas, e o mais recomendado pelos é fazer uma "Late Addiction" com cerca de 75% do total de açúcares da receita durante a fermentação primária, no 3º ao 4º dia de fermentação, quando a levedura já consumiu boa parte (quase todo) açúcar fermentável do seu mosto, que até o momento estava composto basicamente de chá de malte. O motivo principal dessa adição tardia do açúcar é priorizar primeiramente q a levedura consuma os açúcares dos maltes, pra depois com o serviço feito, partir para o açúcar de mesa.

Sobre a mostura, eu faria em 65ºC, no máximo 66ºC, a depender da adição de açúcar.

Sobre a produção de alcoois superiores, digo uma coisa: Capriche essencialmente na taxa de inoculação do seu fermento, não tenha miséria, faça um pitch rate utilizando no mínimo no brewersfriend o parâmetro "Pro brewer 1,0 (Ale or High gravity ale)" e acredite no resultado, por mais exagerado que possa parecer.

OBS: Oxigene bastante esse mosto antes de inocular o fermento!
 

ldepaoli

Active Member
Afiliado
11/6/13
Mensagens
37
Qualquer receita clássica de Tripel é 100% Pilsen e açúcar. Não precisa de melanoidina para nada. Niguem usa. A cor deve ser Clara. O mais clara possível.

Enviado de meu SM-G950F usando Tapatalk
 

JuniorBolzani

Well-Known Member
Afiliado
15/12/16
Mensagens
442
Qualquer receita clássica de Tripel é 100% Pilsen e açúcar. Não precisa de melanoidina para nada. Niguem usa. A cor deve ser Clara. O mais clara possível.

Enviado de meu SM-G950F usando Tapatalk
Concordo com o fato de que grandes receitas clássicas de Tripel são feitas utilizando apenas malte pilsen e açúcar. Mas existem também grandes cervejas do tipo Tripel que utilizam vários tipos de grãos em seu grist além do açúcar e pilsen, um excelente exemplar é a tripel Karmeliet, na minha leiga opinião, a melhor breja que já provei do estilo.

Uma dica ao criador do tópico é pesquisar sobre as formulações de receitas tripel (Karmeliet e tantas outras), este link:

https://www.brewersfriend.com/search/

Selecione o método all grain, valores de unidades em "metric" e o estilo (style) Belgian Tripel, sem colocar nada no campo "name" lá em cima. Tem bastante coisa que dá pra aproveitar, é top.
 

ldepaoli

Active Member
Afiliado
11/6/13
Mensagens
37
Outra dica é ler o Brew Like a Monk e beer as receitas originais lá ao invés de um monte de clone

Enviado de meu SM-G950F usando Tapatalk
 

JuniorBolzani

Well-Known Member
Afiliado
15/12/16
Mensagens
442
Outra dica é ler o Brew Like a Monk e beer as receitas originais lá ao invés de um monte de clone

Enviado de meu SM-G950F usando Tapatalk
Com certeza!

Agradeço pela dica, vou tentar adquirir este livro, o qual já ouvi falar muitíssimo bem. Sou um grande amante das belgas e essa literatura vai fazer a diferença pra mim.

Quando um especialista fala a coisa muda de figura.:D
 

dalai

Well-Known Member
Afiliado
24/5/17
Mensagens
247
- Singles step de Tripel é 63°C, pra fazer muito fermentavel mesmo.

- Malte Pilsen (belga) e um "nada" de Carablond apenas para deixar um dourado brilhante.

- 15~20% de açúcar da sua escolha.

- Lupulagem única com Styrian Goldings, até na casa dos 30 IBUs.

- 6 dias de fermentação a 20°C, se possível utilizar cepa líquida.

- 2 semanas de maturação entre 20~25°C.

- Clarifica com gelatina se for o caso e engarrafa (não se força carbonatação de cerveja belga, é quase pecado).

- 3 semanas em temperatura ambiente e já pode consumir.

- 1 mês de maturação (cellaring) entre 6 e 10°C para deixar a cerveja no auge.

- Uma autêntica trapista feito em casa :tank:

Enviado de meu MotoG3 usando Tapatalk
 

ldepaoli

Active Member
Afiliado
11/6/13
Mensagens
37
E pelamor usa um fermento líquido Belga.

Enviado de meu SM-G950F usando Tapatalk
 

damigol

Well-Known Member
Afiliado
13/9/17
Mensagens
240
Pessoal, obrigado pelas contribuições. Vou levar as dicas em consideração e assim que a cerveja avançar eu postarei um feedback.
 

EngRocha

Well-Known Member
Afiliado
19/5/17
Mensagens
236
MUITO OBRIGADO, APRENDI MUITO COM AS INFORMAÇÕES PASSADAS. MORO NO BRASIL E NÃO É FACIL CONSEGUIR OS INSUMOS POR AQUI. ESTIVE NA BELGICA EM JULHO DE 2019 E BEBI MUITAS CERVEJAS BELGAS. ADOREI. ALGUEM PODE AJUDAR COM UM CLONE DA CERVEJA WESTVELETEREN -12?
Há um clone no homebrewtalk gringo que o Saq fez e parece que o resultado foi bom.
Há também um clone só com malte base no site da candi syrup. Ambos pedem Candi Syrup 180.
Ainda não fiz.
 

Cleber de Lima

Well-Known Member
Afiliado
7/7/19
Mensagens
65
Localização
São Caetano do sul
- Singles step de Tripel é 63°C, pra fazer muito fermentavel mesmo.

- Malte Pilsen (belga) e um "nada" de Carablond apenas para deixar um dourado brilhante.

- 15~20% de açúcar da sua escolha.

- Lupulagem única com Styrian Goldings, até na casa dos 30 IBUs.

- 6 dias de fermentação a 20°C, se possível utilizar cepa líquida.

- 2 semanas de maturação entre 20~25°C.

- Clarifica com gelatina se for o caso e engarrafa (não se força carbonatação de cerveja belga, é quase pecado).

- 3 semanas em temperatura ambiente e já pode consumir.

- 1 mês de maturação (cellaring) entre 6 e 10°C para deixar a cerveja no auge.

- Uma autêntica trapista feito em casa :tank:

Enviado de meu MotoG3 usando Tapatalk
Dalai, o que é esse cellaring ? E esse mês é na garrafa?
 

dalai

Well-Known Member
Afiliado
24/5/17
Mensagens
247
Dalai, o que é esse cellaring ? E esse mês é na garrafa?
Seria a famosa maturação a frio, mas se não tem como fazer deixa em temperatura ambiente mesmo. Só lembrar que a maturação em temperatura ambiente pode ocorrer mais rápido dependendo do clima onde se vive.
Pode ser feita em fermentador (tanque) ou na própria garrafa. Prefiro na garrafa para adiantar o processo de envase.
 
Topo