• We have implemented the ability to gift someone a Supporting Membership now! When you access the Upgrade page there is now a 'Gift' button. Once you click that you can enter a username to gift an account Upgrade to. Great way to help support this forum plus give some kudos to anyone who has helped you.

SMASH IPA

Ajude o Home Brew Talk Brasil:

Afiliado
19/8/20
Mensagens
7
Localização
Canitar
Olá a todos.
Estou montando uma receita simples, poderiam me ajudar em o que posso melhorar? Obrigado desde Já
SMASH IPA - 10L
2,5KG Malte Munich Agrária;

Mostura em 1h com 65ºC

Fervura 1h também, com adição de Lúpulo:
15g de El Dorado 13,4%a.a 40.9 IBU 30min"
15g de El Dorado 13,4%a.a 19.3 IBU 10min"
10g de El Dorado 13,4%a.a 0 IBU 0min

Fermentação de 7~10 dias com US05 a ~18ºC
Dry Hop de 60g de El Dorado por 4 dias em temperatura ambiente (de 20ºC a 24ºC, ou posso deixar na temperatura de fermentação)

Maturação de 10 dias a 2ºC
Primming com 6g/L por 10 dias

De forma geral, ficou previsto (pelo Brewfather)

OG: 1058
FG: 1011
ABV: 6,2%
IBU: 60
EBC: 26
BU/GU: 1,04

Lembrando que sou iniciante, fiz por enquanto 3 cervejas, qualquer ajuda é bem vinda, Cheers!!!
 

RobertoMSF

Active Member
Afiliado
21/8/15
Mensagens
29
Cara a lupulagem tá legal, pode adicionar mais em fim de fervura se quiser algo ainda mais presente. Minha única dúvida é quanto a 100% malte munich, não sei que carater tu tá buscando de malte, uso bastante ele numa composição com malte pilsen, mas solo nunca. Se fizer nos conta, acho um bom teste pra 10L.

Abraço!
 
Afiliado
19/8/20
Mensagens
7
Localização
Canitar
Cara a lupulagem tá legal, pode adicionar mais em fim de fervura se quiser algo ainda mais presente. Minha única dúvida é quanto a 100% malte munich, não sei que carater tu tá buscando de malte, uso bastante ele numa composição com malte pilsen, mas solo nunca. Se fizer nos conta, acho um bom teste pra 10L.

Abraço!
Opa amigo, obrigado pela resposta, sobre o munich, eu pretendo testar para ver se encontro um maltado legal na cerveja, como é só um "teste", acho válido.
Sobre a lupulagem, quanto você recomenda no final da fervura? calculei dessa forma para dar exatos 100g de lúpulo.
Abraço!
 

EDGAR LOUZANO VERDILE

Well-Known Member
Afiliado
29/12/19
Mensagens
665
Localização
Sao Paulo
Parece bacana, mas também nunca fiz 100% Munich... Depois manda o resultado aí, esse lúpulo também nunca usei.. breja diferenciada essa aí!
 

Persevalli

Well-Known Member
Afiliado
21/1/17
Mensagens
432
Fala pessoal,

Já eu acho maltado demais para uma IPA, onde a base de maltes deveria ser mais neutra para abrir espaço pros lúpulos serem facilmente notados. Acho que um vai "lutar contra" o outro aqui.

Se a ideia for manter Smash e maltado, eu optaria por Maris Otter, maltado presente porém não tão aparente.

100% Munich pra mim caminha pro territorio das Lagers alemãs.

abs
 

Budha

Well-Known Member
Afiliado
17/10/16
Mensagens
140
Tão... o Munich da Swaen pega pesado no sabor quando em IPAS eim! Ando tendo maior sucesso em qualquer receita visando lúpulo é caprichando na menor interferência dada por maltes especiais. Basicamente pilsem, pitadinha de munich se não tiver pale ale ou viena (estes dois ai depende do amarelo ou indo pro acobreado já na cor) sendo o viena tb se abusa começa a entrar notas de caramelo, na minha opinião né.

Baita é Pilsem, pitada de munich e aveia. o Trigo tb abaixa consideravelmente a percepção de IBU, fis uma white IPA agora de 65 IBU e 30% de Malta de Trigo e na boca tá dando uns, olha...estourando uns 40... Fico uma delicia rsss :cool: 🤓.....

O muninch é meu malte favorito! Vale a experiência, mas adianto que é certeiro que vai fica mais pegada em malte....

PS: ""Faz um FW ai que fica redondo"" uhauahuha.... ;)
 

osrocha

Active Member
Afiliado
21/12/17
Mensagens
28
Concordo com o @Persevalli, 100% Munich em uma IPA vai ficar pesado, por isso também optaria pelo Maris Otter (pra manter SMASH).

Quanto à lupulagem na parte quente, colocaria todo lúpulo mais próximo ao fim de fervura e diminuiria essa relação BU/GU pra no máximo 0,8


Abraço e posta o resultado aí pra gente.
 

e.cassaro

Well-Known Member
Afiliado
18/2/20
Mensagens
99
Localização
São Paulo
Concordo com os confrades Persevalli e Osrocha. Se é pra ser SMASH eu tbm iria de Maris Otter, que vai te dar um excelente maltado.

Como referencia, fiz recentemente uma Bock 100% Munich Belgomalt. Pra bock ficou bem boa. Muitas notas de casca de pão no úrtimo e caramelo à vontade. Ficou bem marrom também, como uma bock deve ser. Agora pra IPA, eu diria que não tem nada a ver. Seria uma experiência válida, mas não espere que saia uma IPA.

Como nota, na minha Bock tive dois problemas chatos que pode ser interessante de vc considerar:

1) a mostura foi uma sofrência muito infeliz. Fiquei pra lá de 2hrs ali nos 64C esperando converter e nunca chegou a converter totalmente. Acontece que o munich tem um baixíssimo poder diastático.

2) apesar de ter mosturado a 64C por mais de 2hrs e ter usado uma super lama, a atenuação tbm não foi a esperada, começando em 1065 e estancando nos 1023. Depois de muito filosofar concluí (sem nenhum fundamento) que o munich é por natureza um pouco caramelizado, se é que isso faz algum sentido, e que portanto as leveduras tem dificuldade em consumi-lo. Já pra mim isso não será um problema, pois vou consumi-la lentamente durante o inverno, me sentindo como uma verdadeira levedura lager.
 

Budha

Well-Known Member
Afiliado
17/10/16
Mensagens
140
...

1) a mostura foi uma sofrência muito infeliz. Fiquei pra lá de 2hrs ali nos 64C esperando converter e nunca chegou a converter totalmente. Acontece que o munich tem um baixíssimo poder diastático.
...
Depois que se usa o Termamil em conjunto com Ultraflow esse problema desaparece e a recirculação fica TOP! Té larguei o fundo e voltei pra bazuca rss...

Vou ter pra vender em breve pois estarei acabando as amostras...

PS: Os maltes da Swaen são os melhores que ja usei em relação a essa conversão tb (globalmalt, castle e Agrária rss, tudo no chinelo).
 

EngRocha

Well-Known Member
Afiliado
19/5/17
Mensagens
295
Acho que vai estar mais para uma American Amber Ale lupulada (sem caramelo). Não vai ficar ruim não. Caso não aprecie, mande para mim, kkk.
 

alex cegan

Active Member
Afiliado
19/8/19
Mensagens
39
Localização
lapa Paraná
Boa receita, troca o malte por 1.8k de pilsen e 0.7k de Munich.
Quanto a lupulagem, baixa essa adição de 30 minutos para 15 ou 20 minutos, desencana de super amargor. De resto, perfeito.
Assim gasta menos com malte, visto o preço do Maris Otter
 

Bblc

Member
Afiliado
24/3/21
Mensagens
24
Localização
São Paulo
Eu costumo fazer minhas IPAs com 5-10% de munich e gosto muito, mas aí não seria mais uma smash!

Outra coisa que eu tenho experimentado é fazer só uma adição de 60 lúpulo para atingir o IBU desejado e nada mais nem na fervura e nem no final dela. Vou direto pro dry hop. Tenho tido bons resultados! O dry hop adiciona muito sabor, muda completamente a cerveja. E é mais eficiente do que jogar os lúpulos no mosto quente, que faz boa parte dos óleos voláteis evaporarem.

Tem muita gente começando a fazer isso agora. Se puder também, faz um dry hop curto, de 24-48h. Tem até um brulosophy sobre isso. Faz toda diferença.
 
Afiliado
19/8/20
Mensagens
7
Localização
Canitar
Eu costumo fazer minhas IPAs com 5-10% de munich e gosto muito, mas aí não seria mais uma smash!

Outra coisa que eu tenho experimentado é fazer só uma adição de 60 lúpulo para atingir o IBU desejado e nada mais nem na fervura e nem no final dela. Vou direto pro dry hop. Tenho tido bons resultados! O dry hop adiciona muito sabor, muda completamente a cerveja. E é mais eficiente do que jogar os lúpulos no mosto quente, que faz boa parte dos óleos voláteis evaporarem.

Tem muita gente começando a fazer isso agora. Se puder também, faz um dry hop curto, de 24-48h. Tem até um brulosophy sobre isso. Faz toda diferença.
Olá, gostei das dicas, o que você recomenda? na temperatura da fermentação logo após acabar a fermentação?
 

Bblc

Member
Afiliado
24/3/21
Mensagens
24
Localização
São Paulo
Olá, gostei das dicas, o que você recomenda? na temperatura da fermentação logo após acabar a fermentação?
Eu prefiro com a cerveja gelada.
Mas isso depende de como vc quer lidar com o risco de oxidação.

Se você quiser evitar oxidação a todo custo, então faz o dry hop quando a fermentação estiver quase acabando. Assim vc tira proveito da biotransformação, que pode dar sabores diferentes na cerveja (teoricamente), e aproveita a levedurs ativa para consumir o oxigênio introduzido no dry hop. Tenho feito isso com citra e galaxy e tem ficado bom. Mas tenho a impressão de que não tão bom quanto fazer o dry hop gelado.

Se vc não é tão paranóico com oxidação e nem liga pra biotransformação, espera a cerveja terminar de fermentar. Nessa caso, eu recomendaria vc fazer o dry hop com a breja bem gelada, depois do cold crash. Esse é o meu jeito preferido de fazer o dry hop, direto no postmix com a cerveja gelada. Definitivamente as melhores brejas que eu fiz foram desse jeito. O sabor e aroma do lúpulo ficam super frescos assim! Principalmente no postmix.

Tenha em mente que com um dry hop curto, não da tempo dos pellets afundarem, eles boiam. Se vc usar pellets, vai transferir um pouquinho de material particulado dos lúpulos. Eles afundam com o tempo na garrafa/barril, por isso nunca me preocupei com isso.

A oxidação da breja gelada também demora a acontecer, leva algumas semanas. Então vc só precisa se preocupar se a sua cerveja for ficar guardada muito tempo. Mas na verdade a oxidação é quase inevitável durante a transferência ou engarrafamento...

Tem uma página muito boa sobre as vantagens de um dry hop frio:


Exbeerments relacionados:


 
Topo