Sanitização com Lâmpada Ultravioleta

Discussão em 'Sanitização' iniciado por Alexandre, 30/10/17.

  1. 30/10/17 #1

    Alexandre

    Alexandre

    Alexandre

    Well-Known Member

    Afiliado:
    9/1/14
    Mensagens:
    92
    Curtidas Recebidas:
    53
    Boa tarde a todos.
    Esse tópico é para mostrar o resultado da experiência que estou tendo usando Lâmpada Ultravioleta para sanitizar recipientes onde possamos colocar a lâmpada dentro, como fermentadores, barris, baldes e coisas parecidas.
    Já estou usando a alguns meses e até hoje não tive nenhum problema com contaminação.
    Tenho apenas lavado os recipientes com água (as vezes uso sabão, as vezes não) e exponho à luz UV, depois uso.
    Segue o vídeo de uma das vezes que usei.

    https://youtu.be/JJSWxAo-0nc

    Um abraço a todos.
     
    SandroRibeiro, Tiago e coltro curtiram isso.
  2. 30/10/17 #2

    tomazela

    tomazela

    tomazela

    Well-Known Member

    Afiliado:
    12/1/16
    Mensagens:
    1,654
    Curtidas Recebidas:
    435
    Interessante.

    Tem alguns links de estudos com esse método?

    Qual o valor médio de investimento?
     
  3. 30/10/17 #3

    Alexandre

    Alexandre

    Alexandre

    Well-Known Member

    Afiliado:
    9/1/14
    Mensagens:
    92
    Curtidas Recebidas:
    53
    No vídeo eu comento sobre o valor.
    Fica uns 220 reais.
    Estudos eu pesquisei no Youtube, em vídeos de laboratórios, mas tem pouca coisa e tudo em espanhol, por isso eu decidi fazer experiências por conta e até agora não tive problemas.
     
  4. 30/10/17 #4

    morilo

    morilo

    morilo

    Member

    Afiliado:
    18/9/17
    Mensagens:
    14
    Curtidas Recebidas:
    8
    A luz atua apenas onde ocorre incidência direta. Funciona perfeitamente, com ampla literatura a respeito. o único cuidado aqui seria em fermentadores com torneira. Lá no interior da torneira não há ação da luz. Sendo que os métodos tradicionais com sanitizantes líquidos estão mais indicados.
    Eu usaria sem medo em baldes lisos sem torneira.
    Parabéns pela iniciativa.
     
    tomazela curtiu isso.
  5. 30/10/17 #5

    tomazela

    tomazela

    tomazela

    Well-Known Member

    Afiliado:
    12/1/16
    Mensagens:
    1,654
    Curtidas Recebidas:
    435
    É...fiz algumas pesquisas e realmente o método parece ser eficiente, salvo quando há algo obstruindo a passagem de luz.

    Apesar disso, acredito que seja mais vantajoso usar o Iodophor...eh bem mais barato.
     
  6. 30/10/17 #6

    Tiago

    Tiago

    Tiago

    Moderator Moderador

    Afiliado:
    11/6/13
    Mensagens:
    3,010
    Curtidas Recebidas:
    1,259
    É um método bem eficiente pra esterelização de superfícies...

    Porém é muito importante purgar bem com CO2 os recipientes que forem receber cerveja pronta. A luz ultravioleta também gera uma quantidade considerável de ozônio, que é extremamente oxidante.
     
  7. 31/10/17 #7

    Clei

    Clei

    Clei

    Member

    Afiliado:
    25/4/16
    Mensagens:
    9
    Curtidas Recebidas:
    3
    Exatamente.

    Não só pela sua cerveja, mas pela sua saúde. Utilizamos essas lâmpadas UV em câmaras de fluxo laminar em laboratório para fazer procedimentos de microbiologia.
    Após 15 minutos de UV ligada, o cheiro de ozônio no ambiente é bem crítico.
    Ligamos o exaustor ou abrimos a porta para evitar a inalação desse gás.
     
  8. 31/10/17 #8

    Alexandre

    Alexandre

    Alexandre

    Well-Known Member

    Afiliado:
    9/1/14
    Mensagens:
    92
    Curtidas Recebidas:
    53
    Eu entendo que não exista método 100% eficiente e 100% ideal. Cada um deles vai complementando o outro. Por exemplo, é verdade que a luz não penetra nas torneiras e por isso os líquidos são melhores para essas regiões, assim como os líquidos não penetram nos microporos do plástico e nesses casos a luz é melhor.
    Eu tenho usado por uns 5 minutos e nunca senti odor de ozônio, além disso a maioria dos locais que eu uso são recipientes de boca larga onde o possível ozônio gerado vai se dispersar rapidamente.
    Se fosse um equipamento muito caro, eu nem pensaria, mas como é alguma coisa que é bem possível de ser usado, acho que fica a ideia como mais uma forma de se sanitizar as coisas. Não é a definitiva, apenas mais uma que até então não era usada.
    Um abraço.
     
    coltro curtiu isso.

Compartilhe esta Página