• We have implemented the ability to gift someone a Supporting Membership now! When you access the Upgrade page there is now a 'Gift' button. Once you click that you can enter a username to gift an account Upgrade to. Great way to help support this forum plus give some kudos to anyone who has helped you.

Propagação de levediuras

Ajude o Home Brew Talk Brasil:

Cipriani

Well-Known Member
Afiliado
27/11/14
Mensagens
190
O problema pode estar na mosturação. Será que não houve algum descontrole na temperatura de mosturação?
 

PlayClimber

Member
Afiliado
19/5/16
Mensagens
13
Um dos meus apelidos é o Sr Metódico, então, tipo assim, pode ter certeza que a temperatura esteve ok durante o tempo todo :D.
 

rodfon

Well-Known Member
Afiliado
27/10/15
Mensagens
688
A estimativa inicial do fermento estava ajustada?


Enviado do meu iPhone usando Tapatalk
 

Guenther

Administrador
Moderador
Admin
Afiliado
23/4/13
Mensagens
3,828
Um dos meus apelidos é o Sr Metódico, então, tipo assim, pode ter certeza que a temperatura esteve ok durante o tempo todo :D.
Bom, é uma pergunta que sou obrigado a fazer antes de tudo: mediu com refratômetro ou densímetro?
 

Cupe79

Well-Known Member
Afiliado
12/6/15
Mensagens
147
Ipera,
OG foi de 1,051.

O mosto foi bem oxigenado antes de inocular a levedura.

A questão é que pretendo fazer uma Imperial IPA, e ao invés de usar 3 pacotes de fermento, tentaria repetir esta receita utilizando somente 1 e propagando as leveduras com o agitador magnético. Porém no primeiro teste já fiquei ressabiado de colocar em jogo uma brassagem inteira de Imperial.
Qual temperatura vc hidratou o fermento antes de colocar no pra propagar?
Qual a temperatura do mosto que vc inoculou o fermento no agitador?
 

PlayClimber

Member
Afiliado
19/5/16
Mensagens
13
Guenther
Usei o densímetro para medir a densidade.

Cupe79
Após ferver a água filtrada com o DME, baixei a temperatura para 30° (medido com termômetro tipo espeto), só então inseri o fermento.

Pretendo fazer a Imperial na semana que vem.
Vou novamente fazer a propagação de 01 pacote de US-05 por cerca de 36/48 horas.
Pergunta: Caso a atividade no fermentador encerre depois de 2 dias, como ocorreu na primeira vez que usei o fermento depois de propagá-lo, eu tenho ainda chances de correr comprar mais 2 pacotes de US-05, hidratá-los, e inseri-los no fermentador para não perder toda a leva? Esse "plano b" é recomendável?
 

leandrocosta

Well-Known Member
Afiliado
14/1/15
Mensagens
239
Pergunta: Caso a atividade no fermentador encerre depois de 2 dias...
A atividade no fermentador encerrou em 2 dias?
Por quantos dias você continuou medindo a densidade pra ter certeza de que a fermentação tinha acabado?
 

Dexavator

Well-Known Member
Afiliado
1/6/16
Mensagens
252
Acho o plano B mais recomendado que o A. Apesar de ser possível, não é recomendado fazer starter de fermentos secos pois acabaria com todas as reservas e nutrientes que eles adicionam. Fora que provavelmente você precisará de tando DME que sairia o mesmo preço de comprar outro pacote de fermento.

Guenther
Usei o densímetro para medir a densidade.

Cupe79
Após ferver a água filtrada com o DME, baixei a temperatura para 30° (medido com termômetro tipo espeto), só então inseri o fermento.

Pretendo fazer a Imperial na semana que vem.
Vou novamente fazer a propagação de 01 pacote de US-05 por cerca de 36/48 horas.
Pergunta: Caso a atividade no fermentador encerre depois de 2 dias, como ocorreu na primeira vez que usei o fermento depois de propagá-lo, eu tenho ainda chances de correr comprar mais 2 pacotes de US-05, hidratá-los, e inseri-los no fermentador para não perder toda a leva? Esse "plano b" é recomendável?
 

leandrocosta

Well-Known Member
Afiliado
14/1/15
Mensagens
239
Nas minhas brassagens de 26L percebi que 1 pacote de fermento seco com starter de 1-2L por 24h produz uma fermentação muito mais saudável que 2 pacotes de fermento seco sem starter, portanto atualmente eu sempre faço starter.

Acho o plano B mais recomendado que o A. Apesar de ser possível, não é recomendado fazer starter de fermentos secos pois acabaria com todas as reservas e nutrientes que eles adicionam. Fora que provavelmente você precisará de tando DME que sairia o mesmo preço de comprar outro pacote de fermento.
 

tiefensee

Well-Known Member
Afiliado
13/10/14
Mensagens
883
Acho o plano B mais recomendado que o A. Apesar de ser possível, não é recomendado fazer starter de fermentos secos pois acabaria com todas as reservas e nutrientes que eles adicionam. Fora que provavelmente você precisará de tando DME que sairia o mesmo preço de comprar outro pacote de fermento.
ERROU!!! vamos aos cálculos:
DME = R$ 28,00 / kg (Malteshop, loja que geralmente compro) - http://www.malteshop.com.br/produto/extrato-de-malte-em-po-dme/15762
US 05 = R$ 17,20 pacote

Estimativa de células em um pacote - 110 bilhões
Estimativa de células em 2 pacotes - 220 bilhões
DME gasto para replicar células, de 110 para 220 bilhões - 82g http://www.brewersfriend.com/yeast-pitch-rate-and-starter-calculator/

Gastos totais:
2 pacotes fermento R$ 34,20

1 pacote de fermento replicado = R$ 19,95:
fermento = R$ 17,20
DME = 0,082*28 = R$ 2,30
Servomyces vem com 10 g - vamos dizer que se usa um pacote pra pelo menos uns 40 starters - dá pra fazer mais. Difícil é dosar. R$ 15,00/40 = R$ 0,40
Luz - considerando um starter gigante - 48 horas - meu agitador consome 1,08 W. Ou seja, 0,00108 kW. 0,00108*48*0,80 (tarifa de luz, extrapolando) = R$ 0,05.


Apesar de ser possível, não é recomendado fazer starter de fermentos secos pois acabaria com todas as reservas e nutrientes que eles adicionam
De onde veio esta informação? Sim, um starter vai consumir reservas do fermento seco. Mas qual o problema? o fermento líquido não vem com essas reservas e todos que usam (inclusive cervejarias) propagam.
É só colocar nutrientes (um pacote de servomyces custa menos de R$ 15,00 e dura MUITO, muito mesmo. Pra levas de 20 litros, dá pra usar a vida inteira eu acho) e oxigenar o mosto.
 

PlayClimber

Member
Afiliado
19/5/16
Mensagens
13
Ta decidido!
Semana que vem farei a brassagem da Imperial, utilizando um pacote de US-05 e fazendo a sua propagação. Vamos ver no que vai dar. Qualquer coisa, corro na loja e compro mais dois.
Só estou testando ainda alguns métodos para conseguir fazer a propagação por cerca de 48 horas mantendo a temperatura entre 30° e 35°. Se fosse para manter temperaturas mais baixar seria moleza, mas manter ela acima da temperatura ambiente pode ser um desafio.
Aproveito o post e já pergunto, como vocês controlam a temperatura durante a propagação se a temperatura ambiente está na casa dos 15°?
Valeu pelas infos até agora galera!
Vou mantendo este post atualizado na medida que for fazendo a Imperial!
 

Guenther

Administrador
Moderador
Admin
Afiliado
23/4/13
Mensagens
3,828
Ta decidido!
Semana que vem farei a brassagem da Imperial, utilizando um pacote de US-05 e fazendo a sua propagação. Vamos ver no que vai dar. Qualquer coisa, corro na loja e compro mais dois.
Só estou testando ainda alguns métodos para conseguir fazer a propagação por cerca de 48 horas mantendo a temperatura entre 30° e 35°. Se fosse para manter temperaturas mais baixar seria moleza, mas manter ela acima da temperatura ambiente pode ser um desafio.
Aproveito o post e já pergunto, como vocês controlam a temperatura durante a propagação se a temperatura ambiente está na casa dos 15°?
Valeu pelas infos até agora galera!
Vou mantendo este post atualizado na medida que for fazendo a Imperial!
Não esqueça.... fermento propagado, independente se era líquido ou seco (dá na mesma), precisa de mosto muito bem oxigenado.
 

Cupe79

Well-Known Member
Afiliado
12/6/15
Mensagens
147
Aproveito o post e já pergunto, como vocês controlam a temperatura durante a propagação se a temperatura ambiente está na casa dos 15°?
Cara, isso é uma merda...
Como meu agitador nao tem controle de temperatura, eu coloco ele num mini-quarto e ligo um aquecedor no ambiente. É o mais proximo que consigo...
 

PlayClimber

Member
Afiliado
19/5/16
Mensagens
13
Mas se for um prazo de 48 horas, o consumo de energia não vai nas alturas?
Estou testando colocar o agitador para funcionar dentro de uma caixa térmica, não inteiramente vedada, e de horas em horas trocar uma daquelas bolsas de gel para tratar lesões, devidamente aquecidas no microondas.
Estou conseguindo manter a temperatura lá dentro entre 22° e 30°.
Será que vai dar certo?
Previsão da temperatura aqui para Curitiba nos dias em que farei a propagação é de min: 10° e máx: 19°.
Vou ter que aquecer o ambiente de alguma forma.
 

Cupe79

Well-Known Member
Afiliado
12/6/15
Mensagens
147
Mas se for um prazo de 48 horas, o consumo de energia não vai nas alturas?
Não vai pq o ambiente é pequeno e o aquecedor tem um termostato, dai ele nao fica o tempo todo ligado. o valor da conta não aumentou nada de extraordinário, até pq fica controlando a temperatura por no máximo umas 36hrs.
 

tomazela

Well-Known Member
Afiliado
12/1/16
Mensagens
1,683
Mas se for um prazo de 48 horas, o consumo de energia não vai nas alturas?
Estou testando colocar o agitador para funcionar dentro de uma caixa térmica, não inteiramente vedada, e de horas em horas trocar uma daquelas bolsas de gel para tratar lesões, devidamente aquecidas no microondas.
Estou conseguindo manter a temperatura lá dentro entre 22° e 30°.
Será que vai dar certo?
Previsão da temperatura aqui para Curitiba nos dias em que farei a propagação é de min: 10° e máx: 19°.
Vou ter que aquecer o ambiente de alguma forma.
Se eu estivesse na mesma situação, ou faria Lagers ou ligaria uma lâmpada próxima ao Erlen, usando o TIC17 para controlar a temperatura do DME, colando o termômetro na parede do Erlen e fazendo o isolamento do mesmo, similar ao que fazemos com fermentadores mesmo...
 

PlayClimber

Member
Afiliado
19/5/16
Mensagens
13
Fala galera! Voltando para resumir como ocorreram as propagações dos últimos meses. Neste ano realizei 3 brassagens de uma Imperial IPA. Mesma receita, mudando apenas a questão da propagação das leveduras, e o resultado foi este:
1) 3 pacotes US-05 apenas hidratados. OG: 1,074 FG: 1,017
2) 2 pacotes US-05 (um propagado, um hidratado). OG: 1,074 FG: 1,018
3) 1 pacote US-05 propagado. OG: 1,076 FG: 1,014

Na propagação 2, eu havia comprado outra barra magnética, um pouco maior já que o enlermeyer era maior do que o meu anterior. Para minha felicidade a barra não ficava girando no centro do frasco por mais de 1 minuto. A todo instante ela se acomodava no canto do frasco. Sendo assim, foram 48 horas de propagação com uma eficiência de uns 40% no sistema.
Na propagação 3 consegui manter por 48 horas o sistema funcionando. O agitador ficou dentro de um isopor, e usei uma manta térmica (essas de alumínio usadas em resgates) para cobrir a caixa. Dentro mantive uma bolsa de gel (para tratar lesões) a qual eu aquecia no microondas de 3 a 5 vezes ao dia. O termômetro que estava dentro da caixa ficou sempre entre 22° e 28°. Depois de inserida a levedura no mosto fiz uma agitação manual (chacoalhando o fermentador) por cerca de 1 minuto a cada 2 horas. Repeti umas 3 vezes esse processo. Após o início de atividade no airlock foram cerca de 3 dias intensos borbulhando, e mais uns 4 até encerrar a atividade no airlock. Deixei fermentar por 10 dias antes de realizar o dryhop antes da maturação.

Agora sim. O processo foi feito todo corretamente, sem falhas, e consegui a melhor atenuação da receita.
Ano que vem vou repetir novamente ela, usando o mesmo processo de propagação.

Valeu pelas dicas galera! Que 2017 seja O ano das brassagens para todos!

Cheers!!!!!:mug::rockin:
 

tomazela

Well-Known Member
Afiliado
12/1/16
Mensagens
1,683
Fala galera! Voltando para resumir como ocorreram as propagações dos últimos meses. Neste ano realizei 3 brassagens de uma Imperial IPA. Mesma receita, mudando apenas a questão da propagação das leveduras, e o resultado foi este:
1) 3 pacotes US-05 apenas hidratados. OG: 1,074 FG: 1,017
2) 2 pacotes US-05 (um propagado, um hidratado). OG: 1,074 FG: 1,018
3) 1 pacote US-05 propagado. OG: 1,076 FG: 1,014

Na propagação 2, eu havia comprado outra barra magnética, um pouco maior já que o enlermeyer era maior do que o meu anterior. Para minha felicidade a barra não ficava girando no centro do frasco por mais de 1 minuto. A todo instante ela se acomodava no canto do frasco. Sendo assim, foram 48 horas de propagação com uma eficiência de uns 40% no sistema.
Na propagação 3 consegui manter por 48 horas o sistema funcionando. O agitador ficou dentro de um isopor, e usei uma manta térmica (essas de alumínio usadas em resgates) para cobrir a caixa. Dentro mantive uma bolsa de gel (para tratar lesões) a qual eu aquecia no microondas de 3 a 5 vezes ao dia. O termômetro que estava dentro da caixa ficou sempre entre 22° e 28°. Depois de inserida a levedura no mosto fiz uma agitação manual (chacoalhando o fermentador) por cerca de 1 minuto a cada 2 horas. Repeti umas 3 vezes esse processo. Após o início de atividade no airlock foram cerca de 3 dias intensos borbulhando, e mais uns 4 até encerrar a atividade no airlock. Deixei fermentar por 10 dias antes de realizar o dryhop antes da maturação.

Agora sim. O processo foi feito todo corretamente, sem falhas, e consegui a melhor atenuação da receita.
Ano que vem vou repetir novamente ela, usando o mesmo processo de propagação.

Valeu pelas dicas galera! Que 2017 seja O ano das brassagens para todos!

Cheers!!!!!:mug::rockin:
Se o seu agitador magnético não der conta de formar o cone no erlenmeyer, usa como apoio a bombinha de aquario com a pedra difusora...melhora bem a quantidade de lama gerada com a oxigenação constante do starter.

Vc precisará usar o Fermcap S para não gerar uma espumeira com a oxigenação.
 

brunonacari

Well-Known Member
Afiliado
26/1/16
Mensagens
177
Após terminar a propagação (stir plate), qto tempo tenho para inocular a levedura???
 
Topo