Quantcast
  • We have implemented the ability to gift someone a Supporting Membership now! When you access the Upgrade page there is now a 'Gift' button. Once you click that you can enter a username to gift an account Upgrade to. Great way to help support this forum plus give some kudos to anyone who has helped you.

Projeto 95 litros Panela Automatizada

Ajude o Home Brew Talk Brasil:

Afiliado
20/1/19
Mensagens
5
Localização
Curitiba
Olá pessoal, estou precisando de uma ajuda para iniciar um projeto novo de panela automatizada,
1- O que motivou meu projeto?
R: Vendi o imóvel que tinha um espaço grande para fabricar e estou indo para outro imóvel, mais novo com mais espaço de quartos, porem espaço para fabricar cerveja reduziu muito.

2- O que usava para antes?
R: Sistema Tri-Bloco com Brewstand em aço carbono e pintura epoxi preta com suporte para 300 litros, porém estava fabricando apenas 100 litros, usando sistema de gás natural.

3- O que pretendo fazer?
R: Usar uma panela inox 95 litros, com controlador de Brassagem e substituir o gás por eletricidade e usar no inicio BIAB, para fazer lotes de 20 e 40 litros, a raramente uns de 60 litros.

---
Não tenho experiencia com sistemas elétrico e isso está pesando em planejar e iniciar a pesquisa por equipamentos, se alguém com experiencia puder me ajudar ficaria muito grato, andei pesquisando bastante, e vejo muitas resistência para venda mas tudo 220v e o pessoal diz para usar 6kw que vai suportar até 60 litros, mas o meu problema é que não tenho rede elétrica de 220v no novo endereço, vi que existe de 110v mas vai até 3kw não sei se vai suportar para brassagens de até 60 tendo em vista farei esse quantidade raramente. Vi também algumas pessoas comentando que com o BIAB não é legal, mais fácil de queimar o malte e seria melhor usar o cesto de Inox, preciso avaliar todas essas possibilidades para iniciar o projeto, já para sistema de recirculação e resfriamento do mosto é tranquilo o processo é semelhante ao meu atual, o meu maior problema é na parte elétrica para montar um setup legal que funcione numa rede elétrica 110v, vi que existe conversores de 110v para 220v não sei se dariam conta também.

A ideia iniciar é fazer igual na foto
1cc898ad13d1ca57770b9ce215c03217.jpg
 

EDGAR LOUZANO VERDILE

Well-Known Member
Afiliado
29/12/19
Mensagens
312
Localização
Sao Paulo
Cara, estou migrando também para elétrico porém saindo do single vessel e indo para tribloco...
Tenho esse problema com o 220 aqui ausente nas tomadas, porém toda casa tem o 220V disponível no quadro principal, normalmente para o chuveiro. Minha solução aqui será ligar uma extensão do quadro até o local da brassagem com um cabo que suporte a corrente das resistências. No meu caso, deverá permanecer assim já que vou usar duas resistências de 10Kw e uma de 5Kw... Tomada nenhuma suportaria, e ainda fica mais seguro com essa extensão...
Já quanto o controlador, eu mesmo estou montando baseado no craftbeerpi.. já rodei alguns testes e usei o mesmo para acompanhar brassagens e achei muito legal.
E o cesto de inox não tem comparação com o saco de voal... Já usei, e se for fazer biab novamente algum dia com certeza pegarei um cesto, mais fácil de limpar, mais fácil de suspender... Enfim, só vejo vantagens... E recomendo no máximo para 50L, que é o que já usei... Mais que isso fica muito pesado, a não ser que vá usar uma talha como da foto... E não esqueça de comprar um cesto que suporte pelo menos uns 20Kg para suspender!
 
Afiliado
20/1/19
Mensagens
5
Localização
Curitiba
Cara, estou migrando também para elétrico porém saindo do single vessel e indo para tribloco...
Tenho esse problema com o 220 aqui ausente nas tomadas, porém toda casa tem o 220V disponível no quadro principal, normalmente para o chuveiro. Minha solução aqui será ligar uma extensão do quadro até o local da brassagem com um cabo que suporte a corrente das resistências. No meu caso, deverá permanecer assim já que vou usar duas resistências de 10Kw e uma de 5Kw... Tomada nenhuma suportaria, e ainda fica mais seguro com essa extensão...
Já quanto o controlador, eu mesmo estou montando baseado no craftbeerpi.. já rodei alguns testes e usei o mesmo para acompanhar brassagens e achei muito legal.
E o cesto de inox não tem comparação com o saco de voal... Já usei, e se for fazer biab novamente algum dia com certeza pegarei um cesto, mais fácil de limpar, mais fácil de suspender... Enfim, só vejo vantagens... E recomendo no máximo para 50L, que é o que já usei... Mais que isso fica muito pesado, a não ser que vá usar uma talha como da foto... E não esqueça de comprar um cesto que suporte pelo menos uns 20Kg para suspender!
Estou nesse dilema e energia, senão achar uma solução vou ficar no básico com gás mas problema não terei espaço para o Butijão, assim que tiver a chave do novo local vou verificar com um eletricista a possibilidade de puxar uma tomada. Eu vou usar a talha para produção, porque fica dificil suspender o biab
 

GBP

Well-Known Member
Afiliado
10/7/18
Mensagens
68
Localização
São Paulo
As casas no Brasil normalmente (veja bem, isso não é regra por que desde que implantaram as redes elétricas no Brasil não houve uma padronização, então cada região possui um "padrão" próprio) possuem as duas voltagens, 127v e 220v, do poste para a sua casa chegam 3 fios, sendo 2 fases e 1 neutro, se ligar 1 fase e 1 neutro, terá 127v, se ligar as duas fases terá 220v.
Mas claro, tudo tem que ser visto com um eletricista capacitado, pois será necessário além de puxar fio, instalar disjuntores adequados, dimensionar a carga elétrica, etc...
 

Valmir.Santos

Active Member
Afiliado
20/8/18
Mensagens
41
Localização
Catu-Ba
As casas no Brasil normalmente (veja bem, isso não é regra por que desde que implantaram as redes elétricas no Brasil não houve uma padronização, então cada região possui um "padrão" próprio) possuem as duas voltagens, 127v e 220v, do poste para a sua casa chegam 3 fios, sendo 2 fases e 1 neutro, se ligar 1 fase e 1 neutro, terá 127v, se ligar as duas fases terá 220v.
Mas claro, tudo tem que ser visto com um eletricista capacitado, pois será necessário além de puxar fio, instalar disjuntores adequados, dimensionar a carga elétrica, etc...
Realmente não existe padronização, mas lembrando que em alguns casos o 220 já é entre fase e neutro.
 
  • Like
Reactions: GBP
Afiliado
20/1/19
Mensagens
5
Localização
Curitiba
As casas no Brasil normalmente (veja bem, isso não é regra por que desde que implantaram as redes elétricas no Brasil não houve uma padronização, então cada região possui um "padrão" próprio) possuem as duas voltagens, 127v e 220v, do poste para a sua casa chegam 3 fios, sendo 2 fases e 1 neutro, se ligar 1 fase e 1 neutro, terá 127v, se ligar as duas fases terá 220v.
Mas claro, tudo tem que ser visto com um eletricista capacitado, pois será necessário além de puxar fio, instalar disjuntores adequados, dimensionar a carga elétrica, etc...
Realmente vou ver um eletricista capacitado para fazer a tomada 220v, já conversei com uma loja especializada em Curitiba que vai me dar suporte no projeto, irei atualizando o tópico com o projeto, vou usar inicialmente resistencia de 5kw
 
Afiliado
9/11/18
Mensagens
17
Localização
Minas Gerais
Olá pessoal, estou precisando de uma ajuda para iniciar um projeto novo de panela automatizada,
1- O que motivou meu projeto?
R: Vendi o imóvel que tinha um espaço grande para fabricar e estou indo para outro imóvel, mais novo com mais espaço de quartos, porem espaço para fabricar cerveja reduziu muito.

2- O que usava para antes?
R: Sistema Tri-Bloco com Brewstand em aço carbono e pintura epoxi preta com suporte para 300 litros, porém estava fabricando apenas 100 litros, usando sistema de gás natural.

3- O que pretendo fazer?
R: Usar uma panela inox 95 litros, com controlador de Brassagem e substituir o gás por eletricidade e usar no inicio BIAB, para fazer lotes de 20 e 40 litros, a raramente uns de 60 litros.

---
Não tenho experiencia com sistemas elétrico e isso está pesando em planejar e iniciar a pesquisa por equipamentos, se alguém com experiencia puder me ajudar ficaria muito grato, andei pesquisando bastante, e vejo muitas resistência para venda mas tudo 220v e o pessoal diz para usar 6kw que vai suportar até 60 litros, mas o meu problema é que não tenho rede elétrica de 220v no novo endereço, vi que existe de 110v mas vai até 3kw não sei se vai suportar para brassagens de até 60 tendo em vista farei esse quantidade raramente. Vi também algumas pessoas comentando que com o BIAB não é legal, mais fácil de queimar o malte e seria melhor usar o cesto de Inox, preciso avaliar todas essas possibilidades para iniciar o projeto, já para sistema de recirculação e resfriamento do mosto é tranquilo o processo é semelhante ao meu atual, o meu maior problema é na parte elétrica para montar um setup legal que funcione numa rede elétrica 110v, vi que existe conversores de 110v para 220v não sei se dariam conta também.

A ideia iniciar é fazer igual na foto
Ver anexo 124374
Bom dia Rodrigo. Cara, eu uso uma resistência de 4000 p 110v. Faço fervura em 50 litros de boa. A minha resistência pedi p um vendedor do mercado livre fazer. Uso o beermax e não tenho o que reclamar do meu equipamento em geral. Agora, se for fazer 90 litros, terá que comprar um auto transformador bem potente, o a voltagem máxima segundo o vendedor, em 110, é 4000w.
Sobre o cesto e demais paradas em inox, eu procurei aqui nainha cidade que trabalhava com isso. Meu cesto saiu por R$ 200,00, meu esparge e pá p furadeira ficou em uma mixaria tão pequena que nem lembro o preço e pensei até em começar a fazer anúncios.image.jpg A ideia é essa, ir em um lugar desses e pedir p fazer, na Net tá tudo caro. Tô colocando fotos aí p vc ver, só não repara a bagunça...kkk
 

Attachments

De Niro

Member
Afiliado
7/2/19
Mensagens
16
Localização
curitiba
Olá Rodrigo, bom dia. Não tenho palpites para dar só vim pedir um favor: sou de Curitiba também e peço por favor, que se vc pegar peças com fornecedores aqui da cidade e comenta aqui quais escolheu porque já serve como guia para mim. Pretendo montar algo assim no ano que vem.

Vou acompanhar o seu projeto. Boa sorte.
 

Hausbrauerei Fleck

Active Member
Afiliado
9/6/20
Mensagens
44
Localização
Caçapava do Sul-RS
Olá pessoal, estou precisando de uma ajuda para iniciar um projeto novo de panela automatizada,
1- O que motivou meu projeto?
R: Vendi o imóvel que tinha um espaço grande para fabricar e estou indo para outro imóvel, mais novo com mais espaço de quartos, porem espaço para fabricar cerveja reduziu muito.

2- O que usava para antes?
R: Sistema Tri-Bloco com Brewstand em aço carbono e pintura epoxi preta com suporte para 300 litros, porém estava fabricando apenas 100 litros, usando sistema de gás natural.

3- O que pretendo fazer?
R: Usar uma panela inox 95 litros, com controlador de Brassagem e substituir o gás por eletricidade e usar no inicio BIAB, para fazer lotes de 20 e 40 litros, a raramente uns de 60 litros.

---
Não tenho experiencia com sistemas elétrico e isso está pesando em planejar e iniciar a pesquisa por equipamentos, se alguém com experiencia puder me ajudar ficaria muito grato, andei pesquisando bastante, e vejo muitas resistência para venda mas tudo 220v e o pessoal diz para usar 6kw que vai suportar até 60 litros, mas o meu problema é que não tenho rede elétrica de 220v no novo endereço, vi que existe de 110v mas vai até 3kw não sei se vai suportar para brassagens de até 60 tendo em vista farei esse quantidade raramente. Vi também algumas pessoas comentando que com o BIAB não é legal, mais fácil de queimar o malte e seria melhor usar o cesto de Inox, preciso avaliar todas essas possibilidades para iniciar o projeto, já para sistema de recirculação e resfriamento do mosto é tranquilo o processo é semelhante ao meu atual, o meu maior problema é na parte elétrica para montar um setup legal que funcione numa rede elétrica 110v, vi que existe conversores de 110v para 220v não sei se dariam conta também.

A ideia iniciar é fazer igual na foto
Ver anexo 124374
Olá Rodrigo! Para resolver teu problema elétrico de forma satisfatória e segura, podes procurar a Concessionária de energia da tua região e solicitar a troca para a chamada "FORÇA", é o trifásico, fiz isso, tenho em casa 3(três) cabos de energia cada um com 220 V. Para tanto, precisaras de algumas modificações na entrada de energia, adequando-a a nova carga. Eu coloquei poste novo com a instalação adequada as normas de RGE, onera um pouco, porém, com eletricidade e água não se brinca, importante é ter um equipamento bem dimensionado, afim de evitar aquecimento de cabos e contatos, fenômeno chamado de "Indução".
Abaixo coloquei as normas de RGE que atende minha região para teres uma ideia.
 

GBP

Well-Known Member
Afiliado
10/7/18
Mensagens
68
Localização
São Paulo
Realmente não existe padronização, mas lembrando que em alguns casos o 220 já é entre fase e neutro.
Sim, por isso que eu falei que normalmente, tem regiões que não recebem 127v, apenas 220v e dessa forma chega 1 fase e 1 neutro que gera os 220v... Nessas regiões não dá para usar 127v, a não ser que utilize um transformador, mas aí a brincadeira começa a ficar cara, por que teria que fazer um levantamento da carga e tensão, e o transformador poderia ficar bem caro dependendo do uso...
 

IuriFlorisbal

Member
Afiliado
5/1/16
Mensagens
5
Bom dia Rodrigo. Cara, eu uso uma resistência de 4000 p 110v. Faço fervura em 50 litros de boa. A minha resistência pedi p um vendedor do mercado livre fazer. Uso o beermax e não tenho o que reclamar do meu equipamento em geral. Agora, se for fazer 90 litros, terá que comprar um auto transformador bem potente, o a voltagem máxima segundo o vendedor, em 110, é 4000w.
Sobre o cesto e demais paradas em inox, eu procurei aqui nainha cidade que trabalhava com isso. Meu cesto saiu por R$ 200,00, meu esparge e pá p furadeira ficou em uma mixaria tão pequena que nem lembro o preço e pensei até em começar a fazer anúncios.Ver anexo 124383 A ideia é essa, ir em um lugar desses e pedir p fazer, na Net tá tudo caro. Tô colocando fotos aí p vc ver, só não repara a bagunça...kkk
Qual o tamanho de sua panela e seu cesto? Consegue tirar quantos litros finais?
 

gilmarlocolocomelo

Active Member
Afiliado
27/2/19
Mensagens
33
Localização
Diamantina
As casas no Brasil normalmente (veja bem, isso não é regra por que desde que implantaram as redes elétricas no Brasil não houve uma padronização, então cada região possui um "padrão" próprio) possuem as duas voltagens, 127v e 220v, do poste para a sua casa chegam 3 fios, sendo 2 fases e 1 neutro, se ligar 1 fase e 1 neutro, terá 127v, se ligar as duas fases terá 220v.
Mas claro, tudo tem que ser visto com um eletricista capacitado, pois será necessário além de puxar fio, instalar disjuntores adequados, dimensionar a carga elétrica, etc...
Na verdade, nas cidades em geral, no campo já muda, chegam 3 fios de fase que entram no transformador, que pode ser delta ou estrela, e do transformador saem 4 fios, 3 fases e 1 neutro. Agora que vem a parte de não existir padrão, portanto vou me restringir a SP e MG, pelo menos quando atendidos pela CPFL e CEMIG. Se você calcular a ddp entre uma fase e o neutro encontrará 127 V, se o transformador for estrela, no caso do delta uma fase é diferente. Medindo a ddp entre duas fases, encontraremos \sqrt(3)* ddp da fase e neutro, isto é, \sqrt(3)*127 V = 220 V, no caso do transformador ser estrela, no delta tem uma fase que muda. No trifásico você terá três fases 127 V, comparado ao neutro. O @Rodrigo Ribeiro pode ver no padrão dele instalado no poste quantos disjuntores existem: se for 1 você tem todas as tomadas 110 V, acredito ser 127 V, ou se tem 2, daí você pode fazer uma tomada 190 V, no caso 110 V, ou 220 V, no caso 127 V, colocando duas fases. Caso seu padrão tenha somente uma fase você deverá solicitar a concessionária a inclusão de mais uma fase, mas se seu poste não estiver atualizado, você vai ter que trocar poste, padrão, fazer aterramento e no final vai ficar com o gás mesmo. Espero ter ajudado.
 
Topo