• We have implemented the ability to gift someone a Supporting Membership now! When you access the Upgrade page there is now a 'Gift' button. Once you click that you can enter a username to gift an account Upgrade to. Great way to help support this forum plus give some kudos to anyone who has helped you.

Primeira Brassagem Pale Ale

Ajude o Home Brew Talk Brasil:

Lucas-Limeira

Active Member
Afiliado
19/3/15
Mensagens
32
Boas galera

Deu trabalho mas ontem eu fiz minha primeira brassagem.

Uma Pale Ale. Vamos ver como vai ficar essa danada.

a OG ficou em 1050 e esta no fermentador a 6 hrs e ja deu sinal de fermentação ´´airlock soltando bolhas´´. Meu fermentador tem o poço termico, e minha geladeira esta com controle de temperatuda 16 a 17 graus.

Galera, fiquei com duvida no fermento, sera que coloquei demais? fiz 8 litros de cerveja e utilizei 8 gramas de fermento.

na embalagem do fermento (li depois de utilizar) diz que 11 gramas é para 20 a 30 litros de cerveja.

um abraço a todos
 

celiougo

Well-Known Member
Afiliado
26/6/14
Mensagens
112
meus parabéns lucas.... a primeira nunca se esquece....

não se preocupe com fermento, no seu caso, mesmo sendo um pouquinho a mais, segundo a calculadora, sua temperatura, espero que seja a do mosto, compensa um pouco o excesso...
se fosse uma temperatura mais elevada poderia te causar alguns inconvenientes...
mas vai tudo dar certinho se seguir todos os passos e práticas de uma boa produção de cerveja em casa.
APA... tudo de bom...
 

Lucas-Limeira

Active Member
Afiliado
19/3/15
Mensagens
32
meus parabéns lucas.... a primeira nunca se esquece....

não se preocupe com fermento, no seu caso, mesmo sendo um pouquinho a mais, segundo a calculadora, sua temperatura, espero que seja a do mosto, compensa um pouco o excesso...
se fosse uma temperatura mais elevada poderia te causar alguns inconvenientes...
mas vai tudo dar certinho se seguir todos os passos e práticas de uma boa produção de cerveja em casa.
APA... tudo de bom...
Vlw Celio

Entao, é do mosto sim, eu coloquei um poço termico no meu fermentador e o sensor esta dentro deste poço.

Aqui esta um pouco friu, a temperatura do mosto caiu de 16~17 para 14~15. Posso deixar assim? ou devo colocar uma lampada acesa dentro da geladeira e manter os 16?

abraçao
 

Guenther

Administrador
Moderador
Admin
Afiliado
23/4/13
Mensagens
3,828
Cara, ela tinha que estar fermentando em torno de 19/20 graus. Ou seja, coloque a lampada pra evitar fermentação incompleta e doçura excessiva.

Abraço,
 

Lucas-Limeira

Active Member
Afiliado
19/3/15
Mensagens
32
Cara, ela tinha que estar fermentando em torno de 19/20 graus. Ou seja, coloque a lampada pra evitar fermentação incompleta e doçura excessiva.

Abraço,
Guenther

Corrigi a temperatura, meu fullgalge agora liga aos 19 e desliga no 20.

Tem algum problemas essas primeiras horas de fermentação que se passou ter ficado na casa dos 16?

abração

at
 

jalexandre

Well-Known Member
Afiliado
15/11/14
Mensagens
1,468
Galera, fiquei com duvida no fermento, sera que coloquei demais? fiz 8 litros de cerveja e utilizei 8 gramas de fermento.
O consenso entre os cervejeiros, quando o assunto é fermento seco, é 1 pacote para cada 10 litros de cerveja, devidamente hidratado.

A informação do fabricante é funcional, mas não ideal.

Sobre a fermentação ter iniciado a 16ºC, não há prejuizos para a cerveja. Pelo contrário, inciar em temperaturas mais baixas e subir para a temperatura correta inibe a formação exagerada de percursores de diacetil, ou seja, menor possibilidade de off flavour. :)

Resumindo: Mandaste bem na temperatura inicial e na quantidade. Só não ficou claro se hidratou ou não o fermento.

Meus dois centavos.
 

Lucas-Limeira

Active Member
Afiliado
19/3/15
Mensagens
32
O consenso entre os cervejeiros, quando o assunto é fermento seco, é 1 pacote para cada 10 litros de cerveja, devidamente hidratado.

A informação do fabricante é funcional, mas não ideal.

Sobre a fermentação ter iniciado a 16ºC, não há prejuizos para a cerveja. Pelo contrário, inciar em temperaturas mais baixas e subir para a temperatura correta inibe a formação exagerada de percursores de diacetil, ou seja, menor possibilidade de off flavour. :)

Resumindo: Mandaste bem na temperatura inicial e na quantidade. Só não ficou claro se hidratou ou não o fermento.

Meus dois centavos.

Boas,

Não hidratei. Não sabia desta necessidade, mas na proxima brassagem vou fazer.
quanto ao fermente da embalagem foi direto pro fermentador, depois de uma hora ja havia sinal de fermentação.

obrigado
 

Raisoshi

Well-Known Member
Afiliado
9/1/15
Mensagens
838
1 grau pra gente não é nada, mas pro fermento, é bastante coisa, se a temperatura que você quer fermentar é 20, eu colocaria pra ligar em 19.9(ou o menor diferencial que seu termostato permitir) e desligar em 20.

Quando é a geladeira ligando e desligando eu costumo colocar 10min de espera mínima pra ligar de novo, não sei se realmente preserva o eletrodoméstico mas preferi prevenir.

O ideal na fermentação é ter o mínimo de variação de temperatura possível, e quando for mudar a temperatura, fazer isso devagar, por exemplo, se você quiser subir de 20 para 22, faça isso a 1 grau por dia, levando dois dias todo o processo(eu subo 0.5 a cada 12h quando tenho tempo).

Quando o fermento sente uma mudança de temperatura ele tem que se defender desse choque, ao invés de focar na fermentação, então melhor manter eles felizes sem se preocupar com mudanças bruscas de temperaturas!
 

Lucas-Limeira

Active Member
Afiliado
19/3/15
Mensagens
32
1 grau pra gente não é nada, mas pro fermento, é bastante coisa, se a temperatura que você quer fermentar é 20, eu colocaria pra ligar em 19.9(ou o menor diferencial que seu termostato permitir) e desligar em 20.

Quando é a geladeira ligando e desligando eu costumo colocar 10min de espera mínima pra ligar de novo, não sei se realmente preserva o eletrodoméstico mas preferi prevenir.

O ideal na fermentação é ter o mínimo de variação de temperatura possível, e quando for mudar a temperatura, fazer isso devagar, por exemplo, se você quiser subir de 20 para 22, faça isso a 1 grau por dia, levando dois dias todo o processo(eu subo 0.5 a cada 12h quando tenho tempo).

Quando o fermento sente uma mudança de temperatura ele tem que se defender desse choque, ao invés de focar na fermentação, então melhor manter eles felizes sem se preocupar com mudanças bruscas de temperaturas!
Obrigado amigo.
 

Guenther

Administrador
Moderador
Admin
Afiliado
23/4/13
Mensagens
3,828
O consenso entre os cervejeiros, quando o assunto é fermento seco, é 1 pacote para cada 10 litros de cerveja, devidamente hidratado.

A informação do fabricante é funcional, mas não ideal.

Sobre a fermentação ter iniciado a 16ºC, não há prejuizos para a cerveja. Pelo contrário, inciar em temperaturas mais baixas e subir para a temperatura correta inibe a formação exagerada de percursores de diacetil, ou seja, menor possibilidade de off flavour. :)

Resumindo: Mandaste bem na temperatura inicial e na quantidade. Só não ficou claro se hidratou ou não o fermento.

Meus dois centavos.
Começar em 16 até não tem problema, mas pra uma cerveja fraca não tem porque. E diacetil em Ale, se bem fermentada e com uma boa fermentação secundária, é algo muito difícil, por isso que a geração demasiada de precursores de diacetil nunca é um problema se posteriormente a fermentação secundária é bem feita, tanto que no livro Yeast cita-se a técnica de inocular em altas temperaturas, perto dos 30, e ir resfriando até os 18 graus, por exemplo, antes que fase exponencial inicie. Essa técnica é mais que provada.

Ou seja, concordo que iniciar a 16 não tem problema... mas terminar a 16... sim, tem problema, inclusive de diacetil às vezes (pela baixa reabsorção). Ou seja, mesmo iniciando em baixa temperatura, se terminar em baixa, tende a ter mais problemas com diacetil do que se começar em alta temperatura, pelo menos pra Ales.

Abraço,
 

jalexandre

Well-Known Member
Afiliado
15/11/14
Mensagens
1,468
Começar em 16 até não tem problema, mas pra uma cerveja fraca não tem porque. E diacetil em Ale, se bem fermentada e com uma boa fermentação secundária, é algo muito difícil, por isso que a geração demasiada de precursores de diacetil nunca é um problema se posteriormente a fermentação secundária é bem feita, tanto que no livro Yeast cita-se a técnica de inocular em altas temperaturas, perto dos 30, e ir resfriando até os 18 graus, por exemplo, antes que fase exponencial inicie. Essa técnica é mais que provada.

Ou seja, concordo que iniciar a 16 não tem problema... mas terminar a 16... sim, tem problema, inclusive de diacetil às vezes (pela baixa reabsorção). Ou seja, mesmo iniciando em baixa temperatura, se terminar em baixa, tende a ter mais problemas com diacetil do que se começar em alta temperatura, pelo menos pra Ales.

Abraço,
Confesso que não absorvi muita informação do livro Yeast. O livro é excelente, de verdade, mas é muita informação, muito detalhe pra pegar em uma lida só.

Vou reler quando tiver um tempo, e mais uma vez, obrigado pelos esclarecimentos.

Abraços!
 

Lucas-Limeira

Active Member
Afiliado
19/3/15
Mensagens
32
Começar em 16 até não tem problema, mas pra uma cerveja fraca não tem porque. E diacetil em Ale, se bem fermentada e com uma boa fermentação secundária, é algo muito difícil, por isso que a geração demasiada de precursores de diacetil nunca é um problema se posteriormente a fermentação secundária é bem feita, tanto que no livro Yeast cita-se a técnica de inocular em altas temperaturas, perto dos 30, e ir resfriando até os 18 graus, por exemplo, antes que fase exponencial inicie. Essa técnica é mais que provada.

Ou seja, concordo que iniciar a 16 não tem problema... mas terminar a 16... sim, tem problema, inclusive de diacetil às vezes (pela baixa reabsorção). Ou seja, mesmo iniciando em baixa temperatura, se terminar em baixa, tende a ter mais problemas com diacetil do que se começar em alta temperatura, pelo menos pra Ales.

Abraço,
Guenter,

Obrigado pelas informações.

Vou fazer conforme seu texto nos topico fermentação. Vou esperar a fermentação primaria terminar e depois iniciar a 2 fermentação com aumento de temperatura em 1 grau dia. (de 0,5° a 0,5 dia). terminando a 2 parte da fermentação, vou entrar com a gelatina e depois de uns dias de maturação (nao sei quanto ainda, estou lendo mais para ter uma ideia) vou envasar.

abração
 

Lucas-Limeira

Active Member
Afiliado
19/3/15
Mensagens
32
Boas amigos cervejeiros.

Acredito que a fermentação primaria esta findando. (airlock borbulha bem pouco depois de 2-3 minutos)

Aproveitando tirei uma amostra (não me tenha por miseravel, a torneira entupiu kkk) e tirei foto para mostrar a voces para saber o que acham da cor. Experimentando esta amostra, gosto e cheiro de cerveja tem !!!! Mas tem bastante flocos de fermento nadando tambem.

 

jalexandre

Well-Known Member
Afiliado
15/11/14
Mensagens
1,468
A apresentação tá legal mesmo, mas o sabor ainda precisa ser trabalhado. Nada que mais uma ou duas brassagens não resolva.

Abraços!!
 

Guenther

Administrador
Moderador
Admin
Afiliado
23/4/13
Mensagens
3,828
A apresentação tá legal mesmo, mas o sabor ainda precisa ser trabalhado. Nada que mais uma ou duas brassagens não resolva.

Abraços!!
Isso, em 90% dos casos, é fermentação. A imensa maioria dos motivos pelo qual uma cerveja fica com gosto "estranho" é questão de fermentação.

Uma cerveja bem fermentada estará melhor em 1 semana de maturação do que outra mal fermentada com 3 meses de maturação.

Abraço,
 

jalexandre

Well-Known Member
Afiliado
15/11/14
Mensagens
1,468
Isso, em 90% dos casos, é fermentação. A imensa maioria dos motivos pelo qual uma cerveja fica com gosto "estranho" é questão de fermentação.

Uma cerveja bem fermentada estará melhor em 1 semana de maturação do que outra mal fermentada com 3 meses de maturação.

Abraço,
Sim, esse é um dos aspectos que pretendo melhorar mesmo.

É perceptivel a diferença dos primeiros lotes, onde eu usava uma caixa térmica com gelo, para o método que eu uso hoje, que consiste em uma caixa térmica com gelo e um aquecedor ligado a um termostato. Está melhor que antes, mas ainda está longe do ideal. Tenho espaço restrito em casa, o que me impede de adquirir uma geladeira pelos próximos meses.

Quando me referi ao gosto, estava falando da minha espectativa em relação a receita. Quando eu formulei ela, usei pouco malte e muito lúpulo, acabou ficando com o corpo abaixo do que eu esperava, acentuando o Cascade.

Agora que estou conhecendo melhor meu equipamento e processos, esses pequenos erros estão diminuindo.

Abraços!
 
Topo