1. We have implemented the ability to gift someone a Supporting Membership now! When you access the Upgrade page there is now a 'Gift' button. Once you click that you can enter a username to gift an account Upgrade to. Great way to help support this forum plus give some kudos to anyone who has helped you.
    Fechar Aviso

Postmix na geladeira, pra ir tomando aos poucos

Discussão em 'Envase' iniciado por leandrocosta, 19/8/17.

Ajude o Home Brew Talk Brasil:

  1. 23/11/17 #21

    rmrcarvalho

    rmrcarvalho

    rmrcarvalho

    Well-Known Member

    Afiliado:
    10/12/16
    Mensagens:
    167
    Curtidas Recebidas:
    92
    @Paiakan,

    Quando eu comprei o keg também fiquei com esta dúvida.

    No início eu fazia apenas carbonatação via primming e usava um dispenser com cartucho de CO2 de bicicleta (16g) para servir...

    Nesse tópico abaixo tem um cara que fez até carbonatação forçada com esse sistema do cartucho.

    http://www.homebrewtalk.com.br/showthread.php?t=409516

    Como minha intenção era montar um sistema com cilindro de CO2, entrei em contato com o vendedor/fabricante do produto e ele respondeu que o keg aguenta até 60psi, mas que a válvula de alívio do dispenser aciona em 30psi.

    A resposta completa está nesse tópico que postei o link.

    Eu já fiz carbonatação via primming de uma Weiss nele com 11g/l e não tive qualquer problema (a não ser para servir, porque com o dispenser de cartucho só saia espuma... Rsrs).

    Para a carbonatação forçada acho que o problema é ainda menor, porque a válvula de alívio do dispenser vai limitar a pressão pelo menor valor e, além disso, como fazemos a carbonatação em temperaturas mais baixas, a pressão necessária para atingir o volume de CO2 projetado também deverá ser pequena (em comparação com os limites do keg).

    Tenho utilizado os keg e o sistema de boa até então, confiando na resposta do vendedor/fabricante.

    De todo modo, acho que os limites de pressão desses kegs podem variar de fabricante para fabricante, uma vez que dependem do tipo de metal, do tipo de solda e etc...

    Como esse esquema do Cerveja Fácil é uma compra coletiva, acho que rola entrar em contato com eles para descobrir o contato do vendedor/fabricante e perguntar diretamente para a fonte quais são os limites do produto.

    Se quiser posso passar os links de onde comprei os meus (foi no eBay e veio de Hong Kong, acho), mas eles não entregam direto para o Brasil.

    E se você tiver maiores informações poste aqui para a gente ficar sabendo também!

    Abs.

    Enviado de meu XT1058 usando Tapatalk
     
  2. 23/11/17 #22

    Paiakan

    Paiakan

    Paiakan

    Well-Known Member

    Afiliado:
    8/5/17
    Mensagens:
    364
    Curtidas Recebidas:
    125
    Opa, obrigado pelo ótimo esclarecimento. Eu já tenho o contato do fornecedor chinês do Cerveja Facil. Vou pedir alguns esclarecimentos pra ver e posto depois aqui
     
  3. 24/11/17 #23

    matozo

    matozo

    matozo

    Well-Known Member

    Afiliado:
    24/4/16
    Mensagens:
    300
    Curtidas Recebidas:
    97
    Interessante essa informação, mas fiquei com uma dúvida.

    Você disse que o dispenser aciona o alívio em 30 psi. Essa pressão é geralmente a pressão alcançada em priming de 6g/L, mas vc disse q fez priming de 11g/l. Isso deve ter resultado em pressão bem maior que 30 psi. Não teve problema com o alívio do dispenser?
     
  4. 24/11/17 #24

    Paiakan

    Paiakan

    Paiakan

    Well-Known Member

    Afiliado:
    8/5/17
    Mensagens:
    364
    Curtidas Recebidas:
    125
    Ele comentou que faz a carbonatacao com o sistema já refrigerado e aí para temperaturas mais baixas a pressão diminui.
     
  5. 24/11/17 #25

    rmrcarvalho

    rmrcarvalho

    rmrcarvalho

    Well-Known Member

    Afiliado:
    10/12/16
    Mensagens:
    167
    Curtidas Recebidas:
    92
    Não sei se me expressei bem, mas a válvula de alívio fica somente no dispenser.

    Quando eu faço carbonatação por primming uso a tampa simples do keg, que não tem nenhuma abertura (nem para gás, nem para líquido, nem alívio)... E é nessa configuração que o keg suportaria, em tese, até 60psi.

    Quando faço a carbonatação dessa forma eu deixo o keg ou na temperatura de fermentação (18o aprox.) ou em temperatura ambiente... Ou seja, a pressão dentro dele deve ser bem alta mesmo... Nesse esquema, entro com o dispenser (onde estão as entradas de gás e líquido + a válvula de alívio) somente na hora de servir... Ou seja, abro a tampa do keg (o que alivia toda a pressão interna) e logo em seguida fecho com o dispenser (e se demorar muito começa jorrar espuma)... Daí ligo o keg no sistema de CO2, na torneira/chopeira e começo o serviço...

    Quando faço a carbonatação forçada é diferente. Eu não uso a tampa do keg em momento nenhum. Eu encho ele com a cerveja sem carbonatação e fecho o keg com o dispenser. Daí procedo como se ele fosse um PostMix. Colocando pressão, chacoalhando e medindo a pressão... Nesse sistema é que a válvula de alívio vai servir como limitador... Ou seja, se você quiser botar mais de 30psi no keg o alívio, em tese, vai funcionar liberando a pressão...

    Como nesse segundo caso eu costumo fazer o processo de carbonatação em temperaturas mais baixas (4-6o graus), a pressão utilizada não costuma ser grande... Portanto, nunca atingi o limite de 30psi para ver se a válvula de alívio funciona mesmo.

    Só para deixar claro, então, são duas situações/configurações diferentes:

    1- keg + tampa (sem aberturas): o keg funciona como um growler, você pode armazenar a cerveja pronta nele ou fazer a carbonatação por primming... Limite de pressão, segundo o fabricante, é de 60psi... Para beber basta abrir e servir como uma grande garrafa ou usar o dispenser para transformar o keg num PostMix.

    2- keg + dispenser (com duas entradas Ball Lock e a válvula de alívio): o keg funciona como um PostMix (ou um barril de chope)... O limite de pressão, segundo o fabricante, será de 30psi, limitado pela válvula de alívio... Para beber será necessário/ideal um sistema de pressão (seja o cartucho de 16g, seja o cilindro) compatível com as saídas do dispenser.

    Quando fiz o primming de 11g/l fiz com a primeira configuração, valendo, portanto, o maior limite de pressão.

    Desculpe se fiz alguma confusão antes, mas espero que tenha ficado mais claro agora.

    Enviado de meu XT1058 usando Tapatalk
     
    De Niro e Valmir.Santos curtiram isso.
  6. 25/11/17 #26

    matozo

    matozo

    matozo

    Well-Known Member

    Afiliado:
    24/4/16
    Mensagens:
    300
    Curtidas Recebidas:
    97
    Cara, perfeito, baita resposta detalhada, muito obrigado.

    Dessa forma se for usar o dispenser pra fazer priming (talvez pra não ter q trocar a tampa depois) o limite seria um priming q estabilize em no máximo 30 psi, mais que isso seria desperdício de açúcar, já que o excedente sairia pelo alívio.

    Tudo isso considerando o que o fabricante disse né, que o alívio aciona nos 30 e o limite do keg é 60 psi.
     
  7. 27/11/17 #27

    Paiakan

    Paiakan

    Paiakan

    Well-Known Member

    Afiliado:
    8/5/17
    Mensagens:
    364
    Curtidas Recebidas:
    125
    Pessoal, segue conversa que tive com o fornecedor dos mini kegs que o pessoal do Cerveja Fácil está importando.

    Algumas coisas saem meio truncadas mas acho que deu pra pegar.

    tl;dr: O mini keg aguenta pressões superiores a 200 psi (eu não acredito, mas ela falou) e a válvula da tampa é configurada para abrir quando a pressão atingir 30 psi, mas que pode ser customizada "a gosto do freguês", desde que o pedido mínimo de 300 peças seja atingindo.
     
    3 pessoas curtiram isso.
  8. 28/11/17 #28

    matozo

    matozo

    matozo

    Well-Known Member

    Afiliado:
    24/4/16
    Mensagens:
    300
    Curtidas Recebidas:
    97
    Poxa, legal compartilhar isso aqui.

    Eu considero 30 psi um limite de segurança muito conservador. Se aguenta os 200 psi mesmo, legal seria deixar pra acionar só lá pelos 50, 60 psi.

    Quem faz burst carbonation, por exemplo, tipo o Brulosophy explica no site deles, pode precisar de algo em torno de 50 psi.

    Quem quer carbonatar (priming ou forçada) em temperatura ambiente (vamos colocar 25ºC) uma cerveja de carbonatação mais elevada (vamos colocar uma german wheat com 3,5 volumes de CO2) precisaria estabilizar a pressão em mais de 50 psi.
     
  9. 13/8/19 #29

    andre.eh

    andre.eh

    andre.eh

    Member

    Afiliado:
    13/8/19
    Mensagens:
    8
    Curtidas Recebidas:
    7
    Localização:
    Olinda

Compartilhe esta Página