• We have implemented the ability to gift someone a Supporting Membership now! When you access the Upgrade page there is now a 'Gift' button. Once you click that you can enter a username to gift an account Upgrade to. Great way to help support this forum plus give some kudos to anyone who has helped you.

NEIPA - A MISSÃO

Ajude o Home Brew Talk Brasil:

Wilson Souza Lima Neto

Active Member
Afiliado
19/1/19
Mensagens
26
Localização
São Paulo SP
Minha fez duas semanas de envase, nas primeiras provas tava picante e o aroma não tava muito presente. Agora mudou bastante. Amargor bem baixo, aroma bem perceptível e muito alcoólica, tá boa de beber, mas o álcool vai lá na mente.
Oi Maurício vc fez quanto g/L e qto tempo de DH? Tô com uma q tá saborosa tem aroma mas não tá pulando do copo... vou envasar hj... Abç
 

rdinallo

Well-Known Member
Afiliado
8/9/16
Mensagens
126
Isso é o metabissulfito de potassio que eu falei
So que ta mto mais caro no lamas kkk
No lamas 50 gramas ta 17 reais
No mercado livre vc compra 1kg com 17 reais
Dura pra vida toda pq a dose é mto baixa
fui comprar o tal do metabissulfito de potacio no mercado livre, porem fiz confusao e acabei comprando o metabissulfito de sódio. Sabe me dizer se pode ser usado, comprei em uma loja que vende produtos para analises laboratoriais, esses produtos precisam ser especificos para alimento? Sou totalmente leigo nisso.
 

marceloforpresident

Well-Known Member
Afiliado
20/10/16
Mensagens
78
fui comprar o tal do metabissulfito de potacio no mercado livre, porem fiz confusao e acabei comprando o metabissulfito de sódio. Sabe me dizer se pode ser usado, comprei em uma loja que vende produtos para analises laboratoriais, esses produtos precisam ser especificos para alimento? Sou totalmente leigo nisso.
Pelo que leio, na gringa, eles usam mais SMB (sodium metabissulfite). Então creio que tu deu pé quente.
É o que o Brulosophy usou em todos testes que fez.

Eu não achei e comprei o de potássio mesmo.





Pelo que reli, só precisa de 0.3gr para cada ~18Litros (ou 5 gal, como quiser)
 

faiper

New Member
Afiliado
10/2/21
Mensagens
3
Localização
SSA
@marcelo_r_a eu ando perseguindo uns sabores que as vezes aparece mas acho que a oxidação não é bem uma realidade a nível da contaminação por exemplo... ou é? 🤔 rsss
@Robinho ...essa ai acho q é a que o Jamal fala no video Hakeando O Lúpulo...eu ia usar nessa NEIPA minha ..mas nao ia diminuir a carga dos verdinhos🙈....meu intento com enzimas é materializar o que nao existe pois essa enzima desprende dos açúcar es do lupulo moléculas de aroma mocozadas!
Como o amigo @EvandroLS falou e ja falou la acima tb.... eu não faço mais dry hop e pela minha NEIPA posso dizer que com certeza ocorre algo ali na fermentação intensa... o Aroma e Sabor que consegui foi muito foda! Ou fui extremamente cagado na mistura continental de lúpulos 😜🙈🙈
Tenho acesso as enzimas da LNF... tk com k Ultraflo e uma Alfa amilase mas to decedindo se uso.... a betaglucosidase não to tendo ...mas eles tem...
Qual fermentador você usa e quais cuidados você tem no Dryhop ?
 

Budha

Well-Known Member
Afiliado
17/10/16
Mensagens
123
Qual fermentador você usa e quais cuidados você tem no Dryhop ?
Fermentadores cônicos de polipropileno (acho q é) , meus cuidados no Dry é quanto a sanitização e escolha do perfil, acho que sempre usei tb espécies com pouco óleo.

O Figurino ia mandar fazer dry em temperaturas em torno de 18ºC, podendo até dar uma subidinha a uns 20ºC ao final da fermentação primaria e deixar o máximo 7 dias para não "gramear".... Mas no meu caso nunca fiz se pá, lembrando bem poderia ser este o problema? Eu carco no máximo após uns 4 dias, por varios motivos mas dentre eles medo de contaminar...ai gosto de aproveitar a intensa atividade fúngica.
 

marceloforpresident

Well-Known Member
Afiliado
20/10/16
Mensagens
78
Qual fermentador você usa e quais cuidados você tem no Dryhop ?
Só complementando a resposta do amigo, os cuidados principais, não só na hora do Dry Hopping, mas em TODA PARTEE FRIA - é o OXIGÊNIO.

Se vai abrir a tampa pra fazer o DH, joga um pouco (eu diria bastante) de CO2 depois que fizer a adição.

A escolha do lúpulo varia MUITO. O melhor a fazer é testar.

Pra não errar, usa os "novos clássicos":
- Galaxy
- Mosaic
- Ekuanot
- Simcoe
- Nelson
- Sabro
- Idaho 7
- a lista continua

Na hora do cold é outra preocupação, pq quando baixa a temperatura, a pressão interna do fermentador diminui, "obrigando" ele a puxar ar de fora.

Se quiser mais informação, tem nesse podcast aqui:
 

gabrielskin

Well-Known Member
Afiliado
15/9/20
Mensagens
77
Localização
Niterói
Só complementando a resposta do amigo, os cuidados principais, não só na hora do Dry Hopping, mas em TODA PARTEE FRIA - é o OXIGÊNIO.

Se vai abrir a tampa pra fazer o DH, joga um pouco (eu diria bastante) de CO2 depois que fizer a adição.
Dando um up nesse post pois brassei ontem a minha primeira NEIPA. Tá fermentando com a Verdant IPA, foram 10g/L de lúpulo no hopstand (entre citra, mosaic, amarillo e el dorado) e vão 10g/L no DH, sendo 3g/L de amarillo amanhã (2º dia de fermentação) e outros 7g/L dos demais 3 lúpulos no momento em que costumo fazer DH nos demais estilos (finzinho da fermentação primária, faltando 1ºP a 1,5ºP pra terminar). Grist foi 76% maris otter, 14% aveia e 10% malte de trigo.

Como não uso fermentador pressurizado (estou fermentando num balde alimentício), pretendo dar banho de CO2 nos dois DH pra purgar o oxigênio. Porém estou com uma dúvida: na opinião de vcs devo apenas jogar CO2 no headspace ou introduzir CO2 pela torneirinha do balde, de baixo pra cima, atravessando o CO2 pela cerveja e expulsando pela blow off?
 

Luminos

Well-Known Member
Afiliado
1/4/20
Mensagens
112
Localização
Mairiporã
Dando um up nesse post pois brassei ontem a minha primeira NEIPA. Tá fermentando com a Verdant IPA, foram 10g/L de lúpulo no hopstand (entre citra, mosaic, amarillo e el dorado) e vão 10g/L no DH, sendo 3g/L de amarillo amanhã (2º dia de fermentação) e outros 7g/L dos demais 3 lúpulos no momento em que costumo fazer DH nos demais estilos (finzinho da fermentação primária, faltando 1ºP a 1,5ºP pra terminar). Grist foi 76% maris otter, 14% aveia e 10% malte de trigo.

Como não uso fermentador pressurizado (estou fermentando num balde alimentício), pretendo dar banho de CO2 nos dois DH pra purgar o oxigênio. Porém estou com uma dúvida: na opinião de vcs devo apenas jogar CO2 no headspace ou introduzir CO2 pela torneirinha do balde, de baixo pra cima, atravessando o CO2 pela cerveja e expulsando pela blow off?
Nunca fiz algo parecido, mas considerando que o CO2 é mais pesado que o O2, creio que basta "dar banho" de CO2 por cima.
Talvez alguém possa indicar algo melhor.
 

marceloforpresident

Well-Known Member
Afiliado
20/10/16
Mensagens
78
Dando um up nesse post pois brassei ontem a minha primeira NEIPA. Tá fermentando com a Verdant IPA, foram 10g/L de lúpulo no hopstand (entre citra, mosaic, amarillo e el dorado) e vão 10g/L no DH, sendo 3g/L de amarillo amanhã (2º dia de fermentação) e outros 7g/L dos demais 3 lúpulos no momento em que costumo fazer DH nos demais estilos (finzinho da fermentação primária, faltando 1ºP a 1,5ºP pra terminar). Grist foi 76% maris otter, 14% aveia e 10% malte de trigo.

Como não uso fermentador pressurizado (estou fermentando num balde alimentício), pretendo dar banho de CO2 nos dois DH pra purgar o oxigênio. Porém estou com uma dúvida: na opinião de vcs devo apenas jogar CO2 no headspace ou introduzir CO2 pela torneirinha do balde, de baixo pra cima, atravessando o CO2 pela cerveja e expulsando pela blow off?
Os 2 métodos são eficientes.
Se for botar por cima, fique uns bons segundos lançando co2.
Se for fazer por baixo, a mesma coisa, mas na hora do segundo DH, tu vai promover um pequeno ganho por essa "agitação" toda - quase como se fosse um mini DH Dinâmico.

TOME CUIDADO NA HORA DO COLD!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Se tu não tiver como minimizar a sucção de O2 que vai ocorrer (só não ocorrer sucção quando o Fermentador deforma) - cogite não fazer COLD, faça o cold no barril (que vai estar previamente purgado, como manda o figurino).
 

gabrielskin

Well-Known Member
Afiliado
15/9/20
Mensagens
77
Localização
Niterói
Fala pessoal,

Valeu pelo feedback. Fiz o primeiro DH hoje (3g/L amarillo) no high krausen. Acabei não fazendo purga pq a atividade ainda está à toda: ou a levedura vai metabolizar o O2 inserido ou vai arrastar pela própria blow off mesmo.

Para o segundo estou tendendo a fazer por baixo, mas uma dúvida pertinente: não acham que borbulhar CO2 pela cerveja poderia, em alguma proporção, promover o arraste das moléculas de aroma já solubilizadas nela? Acarretando numa "jogada fora" de aroma de lúpulo pelo CO2, por assim dizer.

Sobre o cold: farei um cold breve (uns 2 dias) no balde. A vedação não é tão boa quanto minha bombona, mas tenho uma rolha de silicone do tamanho exato do buraco da blow off que uso junto com papel filme. Costuma fazer bem o serviço. Depois é transferência (aberta, infelizmente, via autosifão) pro barril purgado.
 

Thiago Borges Gonçalves

Active Member
Afiliado
5/1/19
Mensagens
39
Localização
Uberlândia
Dando um up nesse post pois brassei ontem a minha primeira NEIPA. Tá fermentando com a Verdant IPA, foram 10g/L de lúpulo no hopstand (entre citra, mosaic, amarillo e el dorado) e vão 10g/L no DH, sendo 3g/L de amarillo amanhã (2º dia de fermentação) e outros 7g/L dos demais 3 lúpulos no momento em que costumo fazer DH nos demais estilos (finzinho da fermentação primária, faltando 1ºP a 1,5ºP pra terminar). Grist foi 76% maris otter, 14% aveia e 10% malte de trigo.

Como não uso fermentador pressurizado (estou fermentando num balde alimentício), pretendo dar banho de CO2 nos dois DH pra purgar o oxigênio. Porém estou com uma dúvida: na opinião de vcs devo apenas jogar CO2 no headspace ou introduzir CO2 pela torneirinha do balde, de baixo pra cima, atravessando o CO2 pela cerveja e expulsando pela blow off?
Se você for fazer no momento da fermentação que vc disse pode fazer qualquer um dos métodos, no meu ponto de vista esse segundo método só dá mais trabalho. Uma viz fiz isso, só que faço o último dry hop depois que a fermentação termina, faltando três dias para engarrafar, nunca mais fiz isso, pq a quantidade de lúpulo e levedura que eu suspendi foi enorme. Nunca tive problema com esse oxigênio que entra no dry hop, o grande problema é no priming, não faça, se fizer beba a cerveja em uma semana.
 

gabrielskin

Well-Known Member
Afiliado
15/9/20
Mensagens
77
Localização
Niterói
Sucesso galera! A cerveja ficou ótima. Passando pra agradecer pelas dicas, a oxidação foi mínima, zero impacto em cor/aroma/sabor.

PS: A verdant é realmente incrível! Pra além das notas de maracujá e manga esperados do lúpulo, deu um toque de pêssego e o que achei mais marcante - um toque lácteo na cerveja, de leite mesmo, que mesclando com o dulçor, frutado e corpo alto lembrou uma belíssima vitamina rs (alguns dirão que é baunilha, mas fico com leite mesmo ahahah)

Abraços!

1.jpeg2.jpeg
 

Filipe Quati

Well-Known Member
Afiliado
29/3/20
Mensagens
145
Localização
Brasília, DF

Budha

Well-Known Member
Afiliado
17/10/16
Mensagens
123
Paasando tb para deixar a fotinha de uma que meti próximos 12% de polpa de manga em 5 min do final... seus sabores estão aumentando para o lado do frutado tb... mas a mulhé não aprovou pois mesmo em adições de 9 mim pro final seu amargor ficou considerável.

A cor é APAIXONANTE 🥰 e o sabor irá agradar os ipeiros mais árduos hehe...

1617736480352.png
 

Budha

Well-Known Member
Afiliado
17/10/16
Mensagens
123
Brulosophy postou hoje um experimento sobre o impacto de no-boil em NEIPA, acho que vale a leitura!

Essa idéia ai eu não assino embaixo não... Magnum em 60 min, pode tacar fervura a 50ºC, vai dar um amargor que a mulherada que gosta de NEIPA tipo a Tiki Punck da locomotive aqui de Rio Negrinho vai reprovar rsss.... Já fiz...

Há.... uma deixa ai que a galera posto e eu fiz e parece que deu bastante efeito foi diminuir a temperatura para a adição de 0 min.
 
Topo