Minha esposa não deixa eu fazer cerveja...

Discussão em 'Boteco' iniciado por tulioneves, 8/11/18.

Ajude o Home Brew Talk Brasil:

  1. 8/11/18 #1

    tulioneves

    tulioneves

    tulioneves

    Active Member

    Afiliado:
    2/6/18
    Mensagens:
    44
    Curtidas Recebidas:
    7
    Localização:
    Araguaína
    Bom dia pessoal,


    Quis criar esse tópico porque sei que muitos colegas - casados - passam pelo "problema" da esposa não DEIXAR fazer cerveja em casa.


    Bem, vou separar dois cenáriosque considero comuns e possíveis medidas de solução, afim de tentsr convencer as suas parceiras.


    Seria muito divertido se todos pudessem compartilhar como conseguiram tal façanha heheheh


    PS: os nomes utilizados nos cenários são fictícios. Qualquer semelhança com a realidade é mera coincidência.


    Cenário 1 - PLACAR DESIGUAL


    John é um homem trabalhador, ele acorda cedo todos os dias e trabalha de segunda a sabado. Às quartas feiras joga futebol, sexta sai com os amigos para beber um chopp Artesanal e aos domingos gosta de dormir o dia todo.


    Mary, sua esposa, é mãe de dois filhos e do lar. Eles decidiram que ela deveria largar o emprego para cuidar das crianças e desde então essa tem sido sua vida.


    Como John trabalha pesado e o dia todo, muitas vezes chega em casa, janta e vai dormir - nem o prato da janta ele lava, já que trabalhou o dia todo.


    Na última semana, Mary pegou John escolhendo um Kit BIAB 20L do Cerveja fácil por 700 reais e o barraco foi construído! Gritos! Briga! John foi dormir no sofá.


    Vamos entender os dois lados agora:


    John se sente no direito de comprar o KIT pois tem trabalhado muito e precisa de um Hobby. O que é compreensível.


    Por outro lado, Mary abdicou de seu emprego, passa o dia todo cuidando de duas crianças pequenas e da casa. E trabalho de casa não tem salário, não tem fim e não termina às 18h. O fato dela não ser reconhecida por John, que nunca elogiou a limpeza, nunca elogiou como ela é uma boa mãe e já tem 3 meses que não leva ela pra jantar sem as crianças, tem feito o placar de John ficar negativo. Então, ao ver surgir mais uma distração, Mary ficou irritada e reativa.


    Bem, aqui vai uma possível "solucao" para John.


    Meu rapaz, prepare o meio de campo. Pontue com sua esposa e evite brigas. Só não adianta ser no momento que ela está reativa. Espere a poeira baixar e adicione algumas rotinas de compensação.


    Rotinas de compensação são comportamentos neurolinguísticos que fazem com que as pessoas te dêem "moral" para fazer as coisas.


    No caso de John, cumprimentar a esposa antes de falar com os filhos, ao chegar em casa; levar a patroa para jantar (não precisa ser caro), uma vez a cada duas semanas, sem as crianças - e aqui também tem que conseguir alguém para ficar com elas (não deixe isso para Mary resolver); comprar aquela sandália que ela não para de falar; um mimo ou outro para relembrar os tempos de namorados; começar a lavar umas louças - como você pretende que ela queira que vir faça Cerveja se depois a sujeira fica toda pra ela?! Pensa nisso rspaz!!!


    Acho que o cenário do John é o mais comum. De longe!!! As mulheres pontuam os homens diferente de como os Homens pontam as mulheres.


    Quanto mais tempo emplacar de um homem passa negativo mais tempo vai demorar para ele se tornar positivo então se sua mulher está reativa a muitos anos não vai ser em duas semanas que você irá zerar esse placar. muito pelo contrário Pode ser que ao tentar gerar o placar ela se torne mais reativa porque irá perceber que as suas atitudes tem somente uma segunda intenção.


    Cenário 2 - VENDENDO O ALMOÇO PARA COMPRAR A JANTA


    Paulo está desempregado a 2 anos, por mais que ele seja engenheiro civil e trabalhasse em uma empresa de renome atualmente ele não conseguiu emprego.


    Mariana por outro lado, é médica e trabalha em um hospital reconhecido. Ela é especialista e ganha bem o que dá para poder pagar as contas de casa apesar do alto padrão dos dois.


    Porém, nos últimos meses, Os dois têm passado apertado devido ao cheque especial que eles estão utilizando.


    Paulo se nega a aceitar as propostas de outras empresas menores das quais ele já trabalhou. Mesmo que isso significasse melhorar as condições financeiras em casa e principalmente sair do cheque especial.


    No meio de toda essa turbulência Paulo surgiu com kit biab de 50 litros, que o mesmo comprou com o dinheiro que ele tinha guardado na poupança o qual não comentou com Mariana.


    Obviamente a reação de Mariana não poderia ser diferente, ela se sentiu traída e enganada por Paulo. Tornando-se reativa.


    Então aqui vai a possível solução para que Paulo reconquiste a confiança de Mariana.


    O primeiro passo é enxergar que o mais importante é conseguir a estabilidade financeira do casal, mesmo que isso signifique apagar o orgulho e aceitar empregos que pagam menos e empresas menos reconhecidas. Também é importante considerar trabalhar fora da área de formação.


    O segundo passo seria conversar com Mariana a respeito daquele fundo financeiro que não foi esclarecido ee estav escondido. Aceitar o fato de que isso poderia causar transtornos caso fosse o contrário, ou seja Mariana escondendo dinheiro de Paulo.


    Com a estabilidade financeira atingida, aí sim seria um momento de retomar o desejo de fazer cerveja em casa.

    Deixar claro que será aberto um "fundo cerveja em casa" e que isso não irá comprometer as finanças domésticas.


    ------

    Outras dicas

    Dica 1 - MULHERES ADORAM ANTECIPAÇÃO

    Mulheres adoram antecipação: Se você pretende começar algo novo, não peça permissão. Nunca! Apenas fale que você "irá fazer aquilo em tantos dias (os estudos mostram que 14 dias é o ideal)".

    Por exemplo:
    Amor, estou muito interessado em fazer cerveja aqui em casa. Marquei pra fazer dia 15/12, já sei dos equipamentos, quanto custa e vai Levar o dia todo. A sujeira que eh fizer eu vou limpar - E LIMPE MESMO CACETE!

    Dica 2 - MULHERES ODEIAM DISPUTA

    Isso mesmo! Não fique falando só de cerveja artesanal, o quanto isso te faz feliz etc... Na real, pelo menos na minha experiência, quanto menos você for empolgado demais com uma coisa, mas demonstrar um interesse assim... Melhor. Elas odeiam que exista um assunto mais importante que elas hahahahah

    Exemplo:
    Nossa amor! Agora você só fala de cerveja cerveja cerveja!!!

    É verdade, estou bem empolgado com isso, mas quer saber, reconheço que tenho falado muito sobre isso, então vou tentar mudar meu foco para outros assuntos que são de muito maior importância, tipo, você!

    Dica 3 - NÃO RIVALIZE SEU HOBBY

    Pode parecer a mesma coisa que a disputa, mas tem um diferencial:

    Rivalizar é transformar aquilo que deveria ser legal em algo que causa brigas.

    Se toda brassagem for motivo de confusão, mude sua estratégia!

    De vez em quando, adie propositalmente uma Brassagem para fazer outra coisa de interesse dela.

    Exemplo:
    No dia anterior da brassagem diga - nossa amor, eu tava tão afim de fazer a brassagem amanhã, mas sabe o que é, vi esse filme aqui no cinema e prefiro levar você pra sair. O filme é as 16:00 ... Veste aquele vestido tal... Vai ficar linda.

    Dica 4 meio fora do assunto:

    A maioria das mulheres não gostam muito de decidir os programas.

    Já perceberam como tem casais que brigam na hora da escolha do restaurante?!

    "Amor decide você; a não decide você; ahhhhhh não!!! Decide você!!!!"

    Pois é malandro! O jeito é usar a velha tática do "adivinha onde vou te levar" ou a técnica dos três lugares.

    Exemplo:
    Amor eu quero te levar para comer japonês, pensei no restaurante A B C. Você tem alguns preferência ou posso decidir?

    Ahhhhhhhhhhh não sei, acho que no A.

    Ok então vamos no A, umas 20 h tudo bem ?

    Certo!

    ----

    Plus: se você decidir algo e ela ficar reclamando do lugar, pode ser uma projeção de alguma frustração prévia. Apenas escute, acene e tente entender segurando aquela vontade louca de dar soluções.

    -&&-&


    Valeu pessoal! Nesse papo de boteco quis trazer algumas coisas que muitos têm vergonha de assumir, conversar e discutir.

    Compartilhem suas experiências, digam o que acharam e se eu devo continuar falando sobre isso. Abraços!

    Esposa feliz, vida tranquila.
     
    AprendizDeCervejeiro curtiu isso.
  2. 8/11/18 #2

    mvrinaldi

    mvrinaldi

    mvrinaldi

    Well-Known Member

    Afiliado:
    6/1/16
    Mensagens:
    197
    Curtidas Recebidas:
    36
    @tulioneves

    Bom demais teu texto!!! Ri um monte!!! Eu felizmente não tive problemas mas inconscientemente fiz muitas das dicas que vc deu!!!

    Legal mesmo!!!
     
  3. 8/11/18 #3

    jaumbira

    jaumbira

    jaumbira

    Member

    Afiliado:
    1/9/18
    Mensagens:
    18
    Curtidas Recebidas:
    3
    Localização:
    Santa Cruz do sul

    comecei a ler mas n terminei...

    se a mulher não te apoia nas suas empreitadas... largue ela... simples...

    falando sério.. negocio comprar e deu... se ela quiser aceita e pronto... ainda mais se vc vai comprar com seu dinheiro... ela tem q aceita e pronto ou rua...
     
    Max André curtiu isso.
  4. 8/11/18 #4

    tulioneves

    tulioneves

    tulioneves

    Active Member

    Afiliado:
    2/6/18
    Mensagens:
    44
    Curtidas Recebidas:
    7
    Localização:
    Araguaína
    Que bom que gostou!!!


    É um tipo de atitude. Mas acredito que nem todos pensam assim, ou estão afim de acabar um relacionamento simplesmente pq a mulher não apoiou em um hobby.

    Apesar disso concordo que se a mulher não te apoiar em NADA é melhor meter o pé na bunda mesmo....

    Que pena que não leu, ficaria contente em ter um feedback depois da leitura completa, se der.
     
  5. 8/11/18 #5

    bruno12345

    bruno12345

    bruno12345

    Well-Known Member

    Afiliado:
    5/6/16
    Mensagens:
    246
    Curtidas Recebidas:
    106
    Hahahahahaha... ótimo texto
    Ainda bem q aqui em casa tenho muito menos trabalho... Eu simplesmente faço as cervejas e, se der mole, ela bebe mais do que eu!!!!
    Agora falando sério: Ainda bem... aqui em casa não tem problema quanto à cerveja... a patroa reconhece q é o único hobby q tenho (já q não tenho mais jogado futebol pois preciso perder um pouco de peso para voltar a exibir minha arte nos gramados!) e q isso é bem saudável. A única questão que rola é a mea culpa quando detonamos 40 litros de cerveja em 15 dias (mas ela ajuda bastante nessa tarefa).
     
  6. 27/11/18 #6

    leandrogmachado

    leandrogmachado

    leandrogmachado

    Active Member

    Afiliado:
    12/10/18
    Mensagens:
    42
    Curtidas Recebidas:
    5
    Localização:
    Aparecida de Goiânia
    Comprei, gastei 1600,00.
    2 meses depois falei pra minha esposa o preço.

    Ta compro e pago.

    hahahahahaah
     
  7. 28/11/18 #7

    ClaudioPong

    ClaudioPong

    ClaudioPong

    New Member

    Afiliado:
    20/11/18
    Mensagens:
    3
    Curtidas Recebidas:
    1
    Localização:
    Curitiba
    chorei de rir ahusuahushuasas a minha com a cerveja foi de boa, mas muto do seu texto fez lembrar em outros pontos kkkkkkk na hora de decidir uma coisa, falar de mais quando estou empolgado com algo, nao tentar achar solução para as reclamações dela auhhauhsuahs boa!
     
    tulioneves curtiu isso.
  8. 28/11/18 #8

    Jubelezo

    Jubelezo

    Jubelezo

    Member

    Afiliado:
    2/3/18
    Mensagens:
    10
    Curtidas Recebidas:
    4
    Vou falar a real, eu não admito que proíbam de nada, a menos que tenha um motivo plausível como contas atrasadas, dividas, não está colocando a comida na mesa, etc. Se estiver tudo certo, pode e deve fazer um hobby!
     
    tulioneves curtiu isso.
  9. 30/11/18 #9

    ANTONIO MARIA ALVES

    ANTONIO MARIA ALVES

    ANTONIO MARIA ALVES

    New Member

    Afiliado:
    24/11/18
    Mensagens:
    2
    Curtidas Recebidas:
    0
    Localização:
    GUARACI - SP
    KKKKKKKKKKK Muito legal, Em casa não tenho problema com isso, minha esposa reconhece que não tenho Hobby nenhum e aceitou de boa,(apesar de não ter adquirido meu equipamento ainda, mais ela aceitou), Mais uma das estrategia de convencimento foi que iria batizar as cervejas com o nome dela, KKK ai foi batata. Abraço a todos !!!!
     
  10. 1/12/18 #10

    tulioneves

    tulioneves

    tulioneves

    Active Member

    Afiliado:
    2/6/18
    Mensagens:
    44
    Curtidas Recebidas:
    7
    Localização:
    Araguaína
    Faaaaala pessoal!

    Fico contente com os feedbacks de vocês.

    Os homens tem muita dificuldade de falar sobre relacionamento, pois se acham os fodões ou pq simplesmente não querem mostrar que mutias vezes a mulher tá alí gerenciand oa casa sozinha.

    Aqui em casa também não tive problemas, mas muitos amigos meus passam por isso e resolvi escrever o que aprendi com eles.

    Abraços!
     
  11. 1/12/18 #11

    Gustavo Lago

    Gustavo Lago

    Gustavo Lago

    Active Member

    Afiliado:
    20/11/18
    Mensagens:
    41
    Curtidas Recebidas:
    12
    Localização:
    Buenos Aires
    A minha esposa é minha companheira de brassagem.
    Por sorte!
     
    AprendizDeCervejeiro e tulioneves curtiram isso.
  12. 3/12/18 #12

    gustavolwalker

    gustavolwalker

    gustavolwalker

    New Member

    Afiliado:
    3/5/16
    Mensagens:
    3
    Curtidas Recebidas:
    2
    Muito bom o texto Tulio, algumas situações podem até ser observadas quando já passou esse período de começar com o Hobby, pois vejo as vezes que a minha mulher me cobra em certos momentos que gasto muito tempo com a cerveja, é o caso de quando o Hobby de final de semana vira algo que leva muito mais tempo, pois cerveja precisa de muito tempo de aprendizado e é preciso dedicação, ai entra a questão "Você só liga para a cerveja" mas se observarmos bem seu texto volta ao caso dos mimos para ela, um jantar aqui, um presente ali.

    Outra coisa que me ajuda bastante é que o jantar pode ser em um pub que serve aquela cerveja que você sempre queria experimentar, fica a dica.
     
    tulioneves e (deletar usuário) curtiram isso.
  13. 3/12/18 #13

    mjay

    mjay

    mjay

    Well-Known Member

    Afiliado:
    4/1/17
    Mensagens:
    76
    Curtidas Recebidas:
    26
    Ela, Amor vc so pensa em cerveja.
    Ele, ta bom vou te levar para almoçar.
    Ela, vamos aonde?
    Ele, tem uma cervejaria com um restaurante ótimo.
    :cool:

    Morrendo de rir com esse tópico, felizmente ou não minha esposa bebe mais que eu, resolvo qualquer "problema" fazendo a porter dela a cada três levas.
     
    tulioneves curtiu isso.
  14. 3/12/18 #14

    AlexCorsato

    AlexCorsato

    AlexCorsato

    Well-Known Member

    Afiliado:
    10/2/14
    Mensagens:
    99
    Curtidas Recebidas:
    19
    Fiquei espantado com algumas respostas, quanto machismo...
    Na minha opinião casamento é uma parceria e como qualquer parceria tem que ser harmoniosa, ou então vai se desgastar e acabar.
    E só pra deixar claro que eu detesto o machismo e o feminismo do mesmo jeito...

    No lugar do seu amigo eu iria procurar um equilíbrio para resolver a situação... como achar o equilíbrio? com boas conversas pacíficas..

    O amigo do cenário 1: oriente ele a participar mais do dia a dia da casa, afinal acompanhar o crescimento dos filhos e educa-los é sim obrigação do pai tanto quanto é da mãe.
    Aqui na minha casa, por exemplo, eu que dou banho nele.. e faço disso o meu momento precioso com ele.. ele tem 2 anos, então eu entro junto no banho e curto aquele tempo e ensino que tem que limpar tudo certinho.
    Minha esposa até me cobra para fazer ele dormir, mas ele não gosta muito que eu faça.. deu até umas discussões entre eu e ela, mas no final ela entendeu que hora do banho é comigo e hora de dormir é com ela.

    No cenário 2 é isso que você falou mesmo.. ou estão juntos no mesmo barco e remando pro mesmo lado sincronizadamente, ou esse barco não sai do lugar.
     
  15. 3/12/18 #15

    Gustavo Lago

    Gustavo Lago

    Gustavo Lago

    Active Member

    Afiliado:
    20/11/18
    Mensagens:
    41
    Curtidas Recebidas:
    12
    Localização:
    Buenos Aires
    Isso era o que no Rei Leao eles queria dizer com: Hakuna Matata!
     
    tulioneves curtiu isso.
  16. 4/12/18 #16

    pwiens

    pwiens

    pwiens

    Well-Known Member

    Afiliado:
    22/3/18
    Mensagens:
    46
    Curtidas Recebidas:
    12
    Cara, minha mulher pega no meu pé um monte por causa da cerveja, sendo que ela mesma que me empurrou pra isso não sei porque, mas na boa, nesses exemplos o cara é bem FDP!!!
    Por um lado é bom que ela pegue, porque senão eu já tinha comprado um monte de coisa a toa... uma vez ela não me freou e eu comprei um fermentador conico sendo que eu nem tinha geladeira :confused:
    De resto ela bebe também, mas estamos com uma menina de 2 meses amamentando e aí ela não pode beber... aí fica mais brava né.
    É como disseram, "happy wife, happy life", mas tem mulher que é simplesmente impossível fazer feliz... se alguém tiver alguma solução (que não seja separação) ganha um nobel da paz.
     
    tulioneves curtiu isso.
  17. 4/12/18 #17

    Cassio.pg

    Cassio.pg

    Cassio.pg

    Member

    Afiliado:
    14/5/18
    Mensagens:
    6
    Curtidas Recebidas:
    3
    Localização:
    Rio Grande do Sul, São Leopoldo
    Cara, não sou casado, mas dei boas risadas!!!
    Parabéns pelo texto!
     
    tulioneves curtiu isso.
  18. 6/12/18 #18

    Eliseu

    Eliseu

    Eliseu

    Well-Known Member

    Afiliado:
    14/5/14
    Mensagens:
    46
    Curtidas Recebidas:
    17
    Melhor resposta! Casamento tem que ser parceria. Aqui em casa nunca tive esses tipos de problema com minha mulher (mas vale ressaltar que nunca passamos por crise financeira, ou o caso de um ter que sustentar o outro). Todas as tarefas da casa são divididas por nós 2.
    Além disso, sempre fazemos coisas juntos. Temos um tempo para atividades do casal e temos um tempo para atividades individuais de cada um. Acho isso muito importante e recomendo.

    Um bom começo é tentar estabelecer esses tempos, que acho que a aceitação do hobbie da cerveja passaria ser mais fácil. Por exemplo, tem algumas séries que ela gosta de ver na Netflix, mas eu não gosto. Enquanto ela assiste essas séries, eu fico lendo sobre coisas de cerveja, ou mexendo nos meus equipamentos... ou outras coisas que me interessem. Mas também temos as séries que gostamos de ver juntos, fazemos o jantar juntos, vamos ao cinema, ou algum show, etc. Acho que tirando algumas horas do domingo ou sábado para cuidar sozinho das crianças, liberando um tempo para ela fazer atividades individuais dela, também seria um fator facilitador.

    Não peço autorização, mas também não imponho, as datas das minhas brassagens. Geralmente, quando estou programando uma brassagem (sempre faço aos sábados ou domingos), pergunto a ela se temos alguma programação para determinado dia, avalio quando vai ser melhor fazer e aviso do dia que achei melhor. Geralmente, ela concorda, ou coloca algum argumento sensato para eu fazer em outro dia.

    Outra dica que tenho, é tentar envolver sua parceira de alguma forma na produção da cerveja. Minha mulher não gosta muito de cerveja (gosta só de alguns estilos específicos e bebe muito pouco); mas, mesmo assim, de tanto eu pedir opinião a ela sobre as cervejas que eu faço, ela já desenvolveu um senso crítica e sabe dar boas opiniões sobre tudo quanto é estilo. Ela também às vezes me ajuda a suspender o cesto de malte (Rs), fazemos pão de malte juntos e ela me dá algumas dicas sobre os processos de fermentação (por sorte, rs, ela trabalha com biotecnologia).
    Ela me ajuda um pouco no meu hobbie da cerveja e eu a apoio nos hobbies dela (hoje, plantas e corrida).

    Como o colega falou, equilíbrio é a chave.
     
    AprendizDeCervejeiro e tulioneves curtiram isso.

Compartilhe esta Página