1. We have implemented the ability to gift someone a Supporting Membership now! When you access the Upgrade page there is now a 'Gift' button. Once you click that you can enter a username to gift an account Upgrade to. Great way to help support this forum plus give some kudos to anyone who has helped you.
    Fechar Aviso

Metabissulfito de Potássio

Discussão em 'Brew Science' iniciado por brewjau, 14/3/17.

Ajude o Home Brew Talk Brasil:

  1. 14/3/17 #1

    brewjau

    brewjau

    brewjau

    Well-Known Member

    Afiliado:
    4/10/15
    Mensagens:
    106
    Curtidas Recebidas:
    27
    Boa tarde,

    Alguém teria experiência com a utilização de Metabissulfito de Potássio (conhecido também como Campden Tablets) para a remoção de cloro da água antes da mostura? se sim, qual a medida utilizada?

    Utilizando somente ele já elimina a necessidade de filtração por carvão ativado?

    Obrigado
     
  2. 14/3/17 #2

    matozo

    matozo

    matozo

    Well-Known Member

    Afiliado:
    24/4/16
    Mensagens:
    300
    Curtidas Recebidas:
    98
    Eu uso o metabissulfito de sódio, ambos são eficazes na remoção do cloro.

    Optei pelo NaMeta pois a versão USP (alimentícia) é mais barata, além da contribuição de Sódio ser benéfica.

    Quanto a proporção eu utikizo o recomendado pelo Martin Brungard:

    [​IMG]

    9 miligramas por litro.

    É bem pouco mesmo, tem que ter balança de precisão. Comprei 1kg e deve durar uma vida.
     
    brewjau curtiu isso.
  3. 14/3/17 #3

    brewjau

    brewjau

    brewjau

    Well-Known Member

    Afiliado:
    4/10/15
    Mensagens:
    106
    Curtidas Recebidas:
    27
    Interessante @matozo!

    depois então você considera esses ppm adicionais no balanço de íons quando está ajustando com os sais?
     
  4. 14/3/17 #4

    matozo

    matozo

    matozo

    Well-Known Member

    Afiliado:
    24/4/16
    Mensagens:
    300
    Curtidas Recebidas:
    98
    Sinceramente eu desconsidero, pq a contribuição é bem baixa.

    Se eu fosse usar o NaMeta pra algo tipo brassagem com baixa dissolução de oxigênio (LoDO brewing) aí sim eu consideraria, mas como a concentração quando usado apenas pra remoção de cloro é baixa eu ignoro (o Martin diz pra ignorar também).
     
  5. 14/3/17 #5

    brewjau

    brewjau

    brewjau

    Well-Known Member

    Afiliado:
    4/10/15
    Mensagens:
    106
    Curtidas Recebidas:
    27
    Entendi. A única preocupação então seria com os H+ liberados com a reação que podem abaixar o pH. Você checou se abaixa muito mesmo, levando-se em consideração uma cerveja mais clara, sem maltes escuros?
     
  6. 14/3/17 #6

    tomazela

    tomazela

    tomazela

    Well-Known Member

    Afiliado:
    12/1/16
    Mensagens:
    1,683
    Curtidas Recebidas:
    458
    Amigo, mesmo que utilize para a remoção do cloro, é sempre ideal passar pela filtração. Afinal a água pode conter muitas outras sujidades que vêm desde a estação até a sua casa.

    Eu utilizo o 3M Acqua que praticamente tira todo o cloro e sujidades da água.

    Uma outra forma mais simples e com menos riscos de errar a dosagem e acabar acarretando em alguma mudança de sabor e aroma da suas levas é, no dia anterior à brassagem, filtrar com carvão ativado, aquecer a água a mais ou menos uns 80C e deixar tampada durante a noite.
     
    brewjau curtiu isso.
  7. 14/3/17 #7

    matozo

    matozo

    matozo

    Well-Known Member

    Afiliado:
    24/4/16
    Mensagens:
    300
    Curtidas Recebidas:
    98
    Segundo o AJ Delange (outro fera sobre tratamento de água pra cerveja) essa contribuição de H+ também é tão pequena que pode ser desconsiderada:

     
    brewjau curtiu isso.
  8. 14/3/17 #8

    matozo

    matozo

    matozo

    Well-Known Member

    Afiliado:
    24/4/16
    Mensagens:
    300
    Curtidas Recebidas:
    98
    Eu tenho esse filtro e utilizo ele também (em conjunto com NaMeta), mas infelizmente ele não remove todo o cloro da água. Remove boa parte, mas ainda sobra um pouco e prefiro não arriscar.
     
    magnetu e (deletar usuário) curtiram isso.
  9. 14/3/17 #9

    brewjau

    brewjau

    brewjau

    Well-Known Member

    Afiliado:
    4/10/15
    Mensagens:
    106
    Curtidas Recebidas:
    27
    É acho que o melhor mesmo seria utilizar os dois, para garantir realmente que o cloro e as partículas sejam retirados.

    uma última pergunta @matozo: você comprou esses pacotes de 1kg Metabissulfito de Sódio que vendem para fins alimentícios? achei alguns no mercado livre na faixa de R$14.
     
  10. 14/3/17 #10

    matozo

    matozo

    matozo

    Well-Known Member

    Afiliado:
    24/4/16
    Mensagens:
    300
    Curtidas Recebidas:
    98
    Eu considero um ótimo combo e minha consciência fica bem tranquila quanto a presença de clorofenóis na minha tão suada breja, hahaha.

    Comprei o NaMeta numa revenda especializada em produtos para laboratório aqui da minha cidade. Pedi pra eles a versão USP que é a recomendada para uso alimentício e farmacêutico. O que eles me venderam é importado pelo laboratório Synth (tem venda online mas só pra CNPJ).

    Já rolou uma discussão longa aqui sobre outros graus de pureza e novamente eu prefiro não arriscar, sempre que possível eu compro o U.S.P / F.C.C. Não tem erro.

    Paguei R$36,70 em 1kg (02/02/2017).

    off-topic: tá complicado achar Gypsum (Sulfato de Cálcio) USP, por enquanto venho usando Sal Amargo (Epsom Salt, ou Sulfato de Magnésio).
     
    brewjau curtiu isso.
  11. 14/3/17 #11

    brewjau

    brewjau

    brewjau

    Well-Known Member

    Afiliado:
    4/10/15
    Mensagens:
    106
    Curtidas Recebidas:
    27
    Ok então, vou investir no filtro e na NaMeta futuramente.

    Obrigado pelas respostas @matozo e @tomazela!
     
  12. 14/3/17 #12

    RodrigoSchuch

    RodrigoSchuch

    RodrigoSchuch

    Well-Known Member

    Afiliado:
    28/9/16
    Mensagens:
    282
    Curtidas Recebidas:
    66
    Essa relaçao do martin bruns é a mais simples msm, recomendo

    Eu uso uma relação que tem no Water do Palmer, mas não tenho certeza até hoje se tá certa.. aquele livro tem uns quantos erros, infelizmente

    A tabela que mostra que: neutralizar 1ppm de cloro precisa 1,56ppm de Kmeta; e 1ppm de cloramina 3,12ppm de kmeta..

    Dai depende da sua água... o limite aqui é 5ppm de cloro como máximo.. sendo exagerado.. eu faço a relação

    5 x 1,56 x Litros totais=mg que precisa

    O que não neutralizar o cloro, serve como antioxidante

    Normalmente uso uma solução diluida, pq usa muito pouco, mesmo!
     
  13. 8/12/17 #13

    Osternack

    Osternack

    Osternack

    Well-Known Member

    Afiliado:
    13/2/17
    Mensagens:
    76
    Curtidas Recebidas:
    36
    @matozo , vc compro na Casa da Química na Av. Colombo?
     
  14. 9/12/17 #14

    matozo

    matozo

    matozo

    Well-Known Member

    Afiliado:
    24/4/16
    Mensagens:
    300
    Curtidas Recebidas:
    98
    Opa, não. Foi na Dislab da Av. Mauá. Ótimos preços (mas as vezes demora).
     
  15. 10/12/17 #15

    Osternack

    Osternack

    Osternack

    Well-Known Member

    Afiliado:
    13/2/17
    Mensagens:
    76
    Curtidas Recebidas:
    36
    Ok. Obrigado.
     
  16. 16/12/19 #16

    Marllon Rabbit Beer

    Marllon Rabbit Beer

    Marllon Rabbit Beer

    New Member

    Afiliado:
    16/12/19
    Mensagens:
    1
    Curtidas Recebidas:
    0
    Localização:
    Pindamonhangaba-SP
    Pense por este lado... quanto menos interferir com sais QUÍMICOS desnecessários creio ser melhor.
    remoção de cloro é tão simples, o cloro é volátil, água de torneira tem em torno de 1 ppm de cloro residual, se você colocar a água no seu caldeirão um dia antes ele irá desaparecer, outra forma é ferver a água antes de adicionar os maltes e resfriar para a temperatura de mash.
     

Rascunho Salvo Rascunho deletado

Compartilhe esta Página