1. We have implemented the ability to gift someone a Supporting Membership now! When you access the Upgrade page there is now a 'Gift' button. Once you click that you can enter a username to gift an account Upgrade to. Great way to help support this forum plus give some kudos to anyone who has helped you.
    Fechar Aviso

LEVEDURA PARA PAO

Discussão em 'Fermentação' iniciado por felipefagnani, 17/9/18.

Ajude o Home Brew Talk Brasil:

  1. 17/9/18 #1

    felipefagnani

    felipefagnani

    felipefagnani

    Member

    Afiliado:
    26/1/18
    Mensagens:
    12
    Curtidas Recebidas:
    3
    Bom dia,

    Esqueci de pedir nas minhas compras as leveduras e estou pensando muito em fazer ocm o Fermento Flash ou Dona Benta, em uma leva de 20 litros estou pensando em usar 2 saquinhos para garantir,

    Estou pensando em fazer uma APA ou IPA bem leve, com malte Pilsen 65% 20% pale ale e 10% Munich, 5% de aveia,

    Dos lupulos usar o galena e chinook, mas nao decidi ainda quanto, o galena para amargor e o chinook pra aroma e sabor...
    O que vcs acham? da para fazer, vou me ferrar? alguem ja tentou? Criticas, soluções, ou mais duvidas,,, me ajudem
     
  2. 17/9/18 #2

    Geo

    Geo

    Geo

    Well-Known Member

    Afiliado:
    1/4/16
    Mensagens:
    57
    Curtidas Recebidas:
    4
    Dá uma olhada nesse video do cerveja facil.

     
  3. 18/9/18 #3

    bruno12345

    bruno12345

    bruno12345

    Well-Known Member

    Afiliado:
    5/6/16
    Mensagens:
    255
    Curtidas Recebidas:
    113

    A diferença do fermento seco para pão e a levedura seca que compramos pra nossas cervejas, fazendo uma analogia tosca, seria como o cão vira-lata e o cão de raça. Assim como o vira-lata, a o fermento de pão não tem nenhum tipo de seleção de cepa. Resumindo: vai sair cerveja. Cerveja boa: não sabemos. Por que? Simplesmente porque não tem nenhum controle quanto à cepa utilizada pra fazer pão (pode até ter varias cepas juntas... variar de um lote pra outro...etc). Já as leveduras secas pra cerveja passam por todo um controle destinado a esse fim.

    Resumindo: vale a experiência (eu mesmo vi o vídeo do Cerveja Fácil e estou na pilha de fazer essa doideira... só pra ver qual é)... mas assim... esqueça todas as previsões quanto ao estilo (segundo bjcp) e esqueça os cálculos relativos a atenuação no beersmith. Pode até utilizar esses parâmetros para se guiar, mas dificilmente vai obtê-los.
     
  4. 19/9/18 #4

    felipefagnani

    felipefagnani

    felipefagnani

    Member

    Afiliado:
    26/1/18
    Mensagens:
    12
    Curtidas Recebidas:
    3
    Vou aproveitar q essa semana tem feriado municipal e vou fazer, de modo a testar, estou pensando em fazer 4 fermentadores de 5 litros, fazer 20 litros de mostro como se fosse uma leva normal, em 1 utilizar o dona benta(meio pacote), no 2 usar flash(meio pacote), no 3 utilizar a lama lavada e no 4 usar o dobro da levedura de pao (1 pacote), ,,,, semana q vem comeco a postar os parametros q obtive..
    Ps. vou buscar uma cerveja mais leve, como uma apa ou uma inglesa, onde o fermento eh teoricamente neutro, usar o mesmo lupulo e quantia e tempo em tds,,, talvez um galena para amargor, mas bem pouco para testar mesmo o fermento...
     
  5. 19/9/18 #5

    JoaoJuliano

    JoaoJuliano

    JoaoJuliano

    Well-Known Member

    Afiliado:
    25/11/16
    Mensagens:
    72
    Curtidas Recebidas:
    34
    Excelente experimento!

    Nos mantenha atualizado das tuas aventuras!
     
  6. 19/9/18 #6

    tomazela

    tomazela

    tomazela

    Well-Known Member

    Afiliado:
    12/1/16
    Mensagens:
    1,679
    Curtidas Recebidas:
    453
    Soma-se a isso, os fermentos secos cervejeiros, possuem nutrientes para que não seja necessário por exemplo, oxigenar o mosto.

    Não sei como funciona com relação à levedura de pão.
     
  7. 19/9/18 #7

    bruno12345

    bruno12345

    bruno12345

    Well-Known Member

    Afiliado:
    5/6/16
    Mensagens:
    255
    Curtidas Recebidas:
    113
    Verdade! Ainda tem isso.
     
  8. 20/9/18 #8

    pwiens

    pwiens

    pwiens

    Well-Known Member

    Afiliado:
    22/3/18
    Mensagens:
    60
    Curtidas Recebidas:
    15
    Eu sempre usei fermento de pão.
    Se fica bom? Fica. Se fica o melhor possível? Não.
    Eu uso pra receitas mais despretensiosas. Quando quero caprichar mesmo, aí compro um fermento adequado.
    A dica que eu dou é fermentar em temperaturas mais baixas e quando terminar, aumentar um pouco por uns 2 dias pra ver se elimina o que ficou de desagradável.
    Acho que a maior parte faz cerveja é por curiosidade mesmo, então, experiências são sempre bem-vindas, acho engraçado o pessoal que fica com medo de fazer as coisas.
     
    Jose Coratto e (deletar usuário) curtiram isso.
  9. 20/9/18 #9

    EngRocha

    EngRocha

    EngRocha

    Well-Known Member

    Afiliado:
    19/5/17
    Mensagens:
    131
    Curtidas Recebidas:
    29
    Qual temperatura você usou? Atenuou legal?
     
  10. 20/9/18 #10

    bruno12345

    bruno12345

    bruno12345

    Well-Known Member

    Afiliado:
    5/6/16
    Mensagens:
    255
    Curtidas Recebidas:
    113
    Vc fermenta a qual temperatura quando usa fermento de pão?
    Sábado agora vou fazer essa experiencia. Vou aproveitar que vou me mudar mês que vem pra zerar meu estoque de insumos. Vou fazer uma Cerveja Frankenstein. Pilsen, trigo não maltado, candy sugar (caseiro q fiz baseado num video q vi no youtube), lupulo warrior (só pra amargor mesmo) e a levedura, vou fazer um blend maluco. Tenho duas cepas que eu tinha guardado de levas anteriores para reaproveitar depois (eu faço sempre um starter maior do que preciso e guardo a sobra): Uma Vermont Ale da yeastlab e uma english ale da levtek. Como não estou nem um pouco afim de fazer starter dessa vez, vou misturar com 2 pacotes de fermento de pão e fazer um blend mais que aleatório.
    Se vai ficar bom eu não sei, mas com certeza, melhor q brahma vai ficar! hahahahaha
     
  11. 21/9/18 #11

    cerveja73

    cerveja73

    cerveja73

    Well-Known Member

    Afiliado:
    6/12/16
    Mensagens:
    52
    Curtidas Recebidas:
    16
    Eu estou com uns 10 kg de malte mais antigo, um lúpulo bem próximo ao vencimento e uma amoreira carregada. Acho que esse final de semana vou misturar tudo numa Fruit Beer e fermentar com fermento de pão... depois conto aqui...
     
    1 pessoa curtiu isso.
  12. 21/9/18 #12

    pwiens

    pwiens

    pwiens

    Well-Known Member

    Afiliado:
    22/3/18
    Mensagens:
    60
    Curtidas Recebidas:
    15
    Fermento a uns 15ºC de ambiente, depois subo por uns 22º por uns dois dias aí faço o cold crash.
     
  13. 26/10/18 #13

    PauloPRO

    PauloPRO

    PauloPRO

    Well-Known Member

    Afiliado:
    17/1/18
    Mensagens:
    123
    Curtidas Recebidas:
    24
    tem novidades? estou curioso kkkk
     
  14. 26/10/18 #14

    EngRocha

    EngRocha

    EngRocha

    Well-Known Member

    Afiliado:
    19/5/17
    Mensagens:
    131
    Curtidas Recebidas:
    29
    Ontem fiz um teste de uma Toast Beer com pão amanhecido torrado.

    Para 6 litros no fermentador:
    650g Pilsen
    150g Vienna
    50g Diastático
    250g pão amanhecido tostado a 200 graus por 20 min.
    7 + 7 + 7 + 7 gramas de liberty (já tinha e ia vencer logo). 60min, 15min, 7 min, 0 min.
    1/2 sache de fermento Fleischmann pré-hidratado.

    Moí o malte, ralei o pão e mosturei a 68 graus por 90 min.
    Fervi por 80min. Esfriei até 19 graus para por o fermento.
    Deixei fermentando a 20 graus, e vou subir um grau por dia até 25 graus (aproveitei o freezer onde está fermendando uma belgian blonde ale). Vou deixar 8 dias e depois fazer o cold crash por uma semana, antes do priming.

    Quis usar um lúpulo mais neutro pra sentir o sabor que o pão e o fermento de pão deixaram.

    Assim que estiver pronta posto minhas impressões sobre a aventura.
     
    1 pessoa curtiu isso.
  15. 26/10/18 #15

    fknaesel

    fknaesel

    fknaesel

    Member

    Afiliado:
    31/3/18
    Mensagens:
    14
    Curtidas Recebidas:
    11
    Eu fiz uma experiência usando 4 leveduras diferentes: Bruggeman, Lasafre Saf-Instant, Dr. Oetker e Fleischmann.
    Os 25l de mosto fiz com 4Kg de Pilsen, 0.5Kg de Munich 0.5Kg de CaraPils, 75 minutos em 65º, 10 minutos a 78º, 60 minutos de fervura com 20g de Northern Brewer. Dividi em 4 baldes pequenos 6 litros de mosto em cada aproximadamente e 8g de fermento. Fermentei por uns 7 dias a 18º, uns 3 dias a 23º e 3 dias de cold crash. Engarrafei dia 24 com 5g de açúcar por garrafa de 600ml (deu 10 garrafas de cada).
    Ainda não degustei, pretendo fazer isso daqui +7 dias e aí posto os resultados.
     

    Arquivos Anexados:

    3 pessoas curtiram isso.
  16. 26/10/18 #16

    PAULOBELO

    PAULOBELO

    PAULOBELO

    Member

    Afiliado:
    15/9/17
    Mensagens:
    11
    Curtidas Recebidas:
    1
    Fiz uma APA baseada nessa Toast Ale: 20Lts
    Malte pale ale - 1kg
    Malte pilsen - 2kg
    Malte trigo - 1kg (substituindo o pão... kkk)
    Carared - 250g
    *Açúcar 250g (esquecido)

    Mostura à 66ºC por 60 min

    60' - Zeus - 15g
    10' - Zeus - 10g
    00' - Citra - 25g
    IBU: 32

    Levedura de pão : 1g/Lt
    Fermentação a 18°C (estabilizou em 7 dias)
    Cold Crash a 0°C 10dias
    Gelatina por + 3dias
    Prime 6g/Lt

    OG:1045 FG: 1012 (queria mais seca, mas esqueci do açúcar)
    Abv: 4,5%

    OBS: Ficou corpo leve, media carbonatação, equilibrada no amargor e neutra na levedura. Aroma intenso cítrico (Citra é VIDA).
    Já havia feito com US-05 e não ficou melhor que essa.

    APA_2_BELOS.jpg
     
  17. 26/10/18 #17

    bruno12345

    bruno12345

    bruno12345

    Well-Known Member

    Afiliado:
    5/6/16
    Mensagens:
    255
    Curtidas Recebidas:
    113
    Minha cerveja Frankenstein fermentou a 20ºC subi para 23ºC na secundária....depois... cold crash...gelatina... barril e carbonatação forçada.

    Ficou bem parecido com levedura belga (bem parecido, não identico) A cerveja ficou muito parecida com uma Belgian Dubbel (exceto pelo teor alcoolico)... A próxima leva vou fazer uma base SMASH bem simples (100% pilsen e lupulo so no FHW para amargor) e só inocular fermento de pão pra ver qual as caracteristicas dele puro.

    Outra coisa que vou fazer é utilizar a "esponja" (cultura de leveduras "selvagens" que coletei no ambiente) que uso pra fazer pão para fermentar uns 5 litros de mosto pra ver no que dá.... (vamos ver se sai cerveja... pão eu sei que sai kkkk)
     
  18. 29/10/18 #18

    pwiens

    pwiens

    pwiens

    Well-Known Member

    Afiliado:
    22/3/18
    Mensagens:
    60
    Curtidas Recebidas:
    15
    Cara, orgulho e respeito por voces! Muito massa as experiências. fknaesel, não vejo a hora de ver os resultados de qual levedura fica melhor. Eu já testei Fleischman e essa Lasafre, a Lasafre em minha opinião é mais puxada pra levedura de cerveja.
    bruno12345, levedura selvagem? Agora paguei um pau.
    Até fiquei com vontade de postar minhas experiências fazendo malte e cerveja sem alcool.
     
  19. 29/10/18 #19

    bruno12345

    bruno12345

    bruno12345

    Well-Known Member

    Afiliado:
    5/6/16
    Mensagens:
    255
    Curtidas Recebidas:
    113
    Sim... eu fiz uns pães com fermentação espontânea, ou seja, sem usar levedura pronta... simplesmente misturei a farinha com água e deixei um tempo ate que fermentasse sozinha. Depois misturei mais farinha e o sal (com metade da farinha fermentada, a outra metade eu guardei para não ter q fazer tudo de novo depois) e deixei descansar para refazer a fermentação com a cultura de leveduras coletadas do ambiente. O nome disso em panificação é levain.

    Existem cervejas que tb fermentam ao ar livre coletando leveduras do ambiente tais como as Lambics Belgas. Só o resultado disso é bastante imprevisível e praticamente impossível de repetir. Portanto, na tentativa de "domesticar as leveduras selvagens" coletadas no ambiente, eu vou utilizar a cultura de leveduras que eu já fiz para os pães para tentar fazer cerveja. Não sei se vai dar certo, mas a ideia é utilizar parte da cultura de leveduras e manter a outra parte guardada. Se der certo, sempre terei mais levedura pra repetir a cerveja.
     
    1 pessoa curtiu isso.
  20. 22/11/18 #20

    fknaesel

    fknaesel

    fknaesel

    Member

    Afiliado:
    31/3/18
    Mensagens:
    14
    Curtidas Recebidas:
    11
    Buenas, sobre a minha experiência com as Leveduras Fleischmann, Brugemann, Lasafre e Dr.Oetker.
    1º Lugar - Dr.Oetker gostei, ficou a mais neutra de todas, bastante bebível
    2º Lugar - Brugemann ficou mais frutada, mas não enjoativa (foi a que meus familiares mais gostaram), lembra uma Blonde Ale?!
    3º Lugar - Lasafre ficou razoável, dá pra beber de boa
    4º Lugar - Fleischmann ficou bem meia boca, não utilizaria novamente.
    Todas elas foram fermentadas a 18º usando 8g para 6l de mosto.
    Pretendo fazer um novo experimento (Cream Ale) usando apenas Dr. Oetker, Brugemann e Dona Benta.
     

Compartilhe esta Página