• We have implemented the ability to gift someone a Supporting Membership now! When you access the Upgrade page there is now a 'Gift' button. Once you click that you can enter a username to gift an account Upgrade to. Great way to help support this forum plus give some kudos to anyone who has helped you.

FG alta em cerveja com melaço de cana

Ajude o Home Brew Talk Brasil:

andrecelarino

Active Member
Afiliado
23/5/14
Mensagens
40
Boa noite a todos,

Estou com uma dúvida, fiz uma cerveja tentado fazer uma trippel utilizando 200g de melaço de cana para 5L. Brassagem OK e O.G bateu com o beersmith, que era de 1084.

Pra fermentar usei 17g do fermento t 58. Era pra ter chegado a 1019, mas após 14 dias estagnou em 1030.

Como uso pra testes esse set de 5L, não controlo a temperatura com termostato mas uso uma caixa térmica e consigo começar a fermentar a 18 graus e depois vou deixando subir naturalmente até 23.

Coloquei ela na geladeira a 6 graus pra baixar o fermento e depois engarrafar. Mas estou em dúvida se não deveria colocar por exemplo uma solução com açúcar fervido pra ver se o fermento não terminaria o trabalho.

Engarrafo ou adiciono mais açúcar?

Abraço
 

tiefensee

Well-Known Member
Afiliado
13/10/14
Mensagens
883
Eu manteria em uma temperatura mais alta, e se depois de uns 2 ou 3 dias não mudasse nada, hidrataria mais um pacote de fermento e colocaria na cerveja.

Mais açúcar acredito que pouco vai ajudar. O teu problema não é falta de alimento. É que teu fermento parou de trabalhar por algum motivo. Pode ser oscilação de temperatura aliada a graduação alcoólica que a cerveja já possui. Sempre é bom lembrar que a temperatura externa não é igual à interna. E no teu caso, tu tinha uma boa taxa de fermento, um fermento de ação rápida e muito alimento. Então a atividade deve ter sido bem grande, o que deve ter elevado muito a temperatura da cerveja em relação à do ambiente externo.

Outra coisa. O indicado é não fracionar/guardar fermento em pó. Se abriu o pacote, usa todo. Não sei se os 6 g de fermento que tu usou foram de um pacote novo ou de um pacote antigo já guardado, mas se foi a segunda opção, ele poderia estar com viabilidade bem abaixo do esperado, causando underpitcing.
 

andrecelarino

Active Member
Afiliado
23/5/14
Mensagens
40
Então, usei os 6g exatamente porque tinha sobrado de uma outra cerveja que tinha feito. No entanto, pelos meus cálculos, apenas um pacote (11g) teria dado para os 5Ls.
Usando as calculadoras da internet, para 5L (O.G 1084) seriam necessários aproximadamente 101 bilhões de células. Imaginando que cada pacote tenha 10 bilhões de células viáveis, (acho que a calculadora do Brewers friend considera isso), 11 gramas do fermento que inoculei que estava fechado teriam dado conta.

Há a possibilidade de que parte dos açúcares adicionados pelo melaço não sejam fermentáveis e por isso a densidade tenha ficado alta?

Joguei o melado durante a fervura, vi que alguém por aí escreveu que isso pode fazer com que o fermento consuma tudo isso rápido e deixe pra trás alguns tipos de açúcar mais complexos.
 

jalexandre

Well-Known Member
Afiliado
15/11/14
Mensagens
1,468
Então, usei os 6g exatamente porque tinha sobrado de uma outra cerveja que tinha feito. No entanto, pelos meus cálculos, apenas um pacote (11g) teria dado para os 5Ls.
Usando as calculadoras da internet, para 5L (O.G 1084) seriam necessários aproximadamente 101 bilhões de células. Imaginando que cada pacote tenha 10 bilhões de células viáveis, (acho que a calculadora do Brewers friend considera isso), 11 gramas do fermento que inoculei que estava fechado teriam dado conta.

Há a possibilidade de que parte dos açúcares adicionados pelo melaço não sejam fermentáveis e por isso a densidade tenha ficado alta?

Joguei o melado durante a fervura, vi que alguém por aí escreveu que isso pode fazer com que o fermento consuma tudo isso rápido e deixe pra trás alguns tipos de açúcar mais complexos.

Fez oxigenação primária (og alta pede oxigenação, mesmo com fermento seco) e depois outra oxigeanção após 12 horas?

Hidratou o fermento corretamente antes de inocular?

Como foi o krausen e a fermentação? Foi vigorosa ou fraquinha?

Pode ser que seu fermento não tenha se reproduzido legal pela falta de oxigênio. Se não hidratou, a pressão do liquido matou outra parte.

Sobre os açucares, o que você diz procede. Se o melaço tiver a mesma composição molecular do açucar refinado (sucrose), a molecula vai precisar se readaptar geneticamente para quebra de maltose, e isso leva um tempo, mas no geral, isso só é preocupante a partir de 10% da composição da receita.
 

andrecelarino

Active Member
Afiliado
23/5/14
Mensagens
40
Eu hidratei o fermento mas não fiz oxigenação imaginando que o fermento seco não exigia isso. Não sabia que para cervejas de alta densidade era necessário.

Ela está em maturação, experimentei ela alguns dias atrás e estava boa, apesar de um gosto ainda adocicado.

O mais prudente seria aumentar a temperatura (que está a 6 graus) e inocular mais um pacote de fermento (T58)?
 

tiefensee

Well-Known Member
Afiliado
13/10/14
Mensagens
883
Eu hidratei o fermento mas não fiz oxigenação imaginando que o fermento seco não exigia isso. Não sabia que para cervejas de alta densidade era necessário.

Ela está em maturação, experimentei ela alguns dias atrás e estava boa, apesar de um gosto ainda adocicado.

O mais prudente seria aumentar a temperatura (que está a 6 graus) e inocular mais um pacote de fermento (T58)?
Vamos por partes:
- melaço, se der, vai dar pouco açúcar não fermentável, a maioria fermentável
- quanto de malte tu usou? Se o açúccar for pouco em relação ao total de malte, não tem muito risco de interromper a fermentação por causa disso.
- Sobre adicionar mais fermento: sim, eu acredito que seja a melhor alternativa. Mais um pacote inteiro é mais seguro. não é indicado guardar fermento seco.
 

andrecelarino

Active Member
Afiliado
23/5/14
Mensagens
40
Adicionei mais um pacote ontem. Como não tinha o t58 comprei o belgian ale da mangrove. Até agora sem sinal atividade pelo airlock, embora tenha visto algumas pequenas bolhas no topo do mosto. Vou aguardar mais uma semana e medir a densidade.
Se não baixar não sei muito bem o que fazer, já que a densidade estará muito alta para engarrafar a breja (1030), certo?
 

BrunoMiguell

Well-Known Member
Afiliado
18/9/13
Mensagens
58
Como tu está medindo a densidade? Densímetro ou refratômetro?
Se for refratômetro, está fazendo a correção?
 

Danny

Active Member
Afiliado
13/4/15
Mensagens
35
Adicionei mais um pacote ontem. Como não tinha o t58 comprei o belgian ale da mangrove. Até agora sem sinal atividade pelo airlock, embora tenha visto algumas pequenas bolhas no topo do mosto. Vou aguardar mais uma semana e medir a densidade.
Se não baixar não sei muito bem o que fazer, já que a densidade estará muito alta para engarrafar a breja (1030), certo?
Aproveito a oportunidade e gostaria de saber qual o problema de engarrafar uma cerveja que não atingiu a a gravidade final desejada? Algumas levas que fiz não atingiram a densidade e nem a quantidade de liquido que levei para o balde fermentador e eu engarrafei. Na verdade ela não ficaria apenas mais encorpada? Tem alguma relação de igualdade, uma OG mais alta inicial e uma OF mais baixa(Indicados pelo BeerSmith) mas dando o mesmo coeficiente de queda do previsto?
 

karkassa

Well-Known Member
Afiliado
11/3/15
Mensagens
279
Aproveito a oportunidade e gostaria de saber qual o problema de engarrafar uma cerveja que não atingiu a a gravidade final desejada? Algumas levas que fiz não atingiram a densidade e nem a quantidade de liquido que levei para o balde fermentador e eu engarrafei. Na verdade ela não ficaria apenas mais encorpada? Tem alguma relação de igualdade, uma OG mais alta inicial e uma OF mais baixa(Indicados pelo BeerSmith) mas dando o mesmo coeficiente de queda do previsto?
Depende do motivo de não ter alcançado a FG. Ficaria só mais encorpada se o motivo for açúcares não fermentáveis acima do previsto.
Quando há açúcares fermentáveis e cerveja pode ficar doce (não lembro quais tamanhos de cadeia são fermentáveis e quais sentimos sabor doce, mas é uma tendência), e em caso carbonatação com refermentação na garrafa pode ocorrer supercarbonatação e explosão de garrafas.
 

jalexandre

Well-Known Member
Afiliado
15/11/14
Mensagens
1,468
Eu hidratei o fermento mas não fiz oxigenação imaginando que o fermento seco não exigia isso. Não sabia que para cervejas de alta densidade era necessário.

Você pode pesquisar em várias fontes e livros para entender o motivo e ciência por trás da coisa, o resumão básico sobre cervejas de alta densidade tá bem coberto nesses links.

http://beerandwinejournal.com/big-beers-tips-1/
http://beerandwinejournal.com/5-more-big-tips/
http://byo.com/hops/item/1882-fermenting-high-gravity-beers-techniques
 
Topo