• We have implemented the ability to gift someone a Supporting Membership now! When you access the Upgrade page there is now a 'Gift' button. Once you click that you can enter a username to gift an account Upgrade to. Great way to help support this forum plus give some kudos to anyone who has helped you.

Dry Hopping

Ajude o Home Brew Talk Brasil:

RodrigoCampos

Well-Known Member
Afiliado
11/6/13
Mensagens
159
Opa!

Rodrigo, com um duplo dry-hop as cervejas precisam de um pouco de maturação para arredondar e perder aquele gosto de lúpulo verde, principalmente para nós aqui que temos acesso praticamente apenas a lúpulo em pellet, então é perfeito o timing que tu tem no final. Quando a minha fermentação está praticamente no final eu subo a temperatura para uns 22 ou 23 graus, coloco o primeiro dry-hop, espero uns 7 dias e coloco o segundo dry-hop, na mesma proporção. Depois de uns 5 dias eu resfrio a cerveja e coloco algum clarificante (gelatina) e deixo ela assim por mais uns 2 ou 3 dias antes de envasar. Nessa etapa ela precisa arredondar um pouco (uns 15 dias ou mais) para perder a característica forte de lúpulo verde.

Sobre introduzir oxigênio, não acredito ser um problema. É pior quando se usa lúpulo em flor, mas os pellets são tão compactos que não tem como introduzir muito oxigênio com eles. Nunca foi um problema para mim. Eu tenho umas IPAs guardadas por 2 anos ou mais e mesmo assim elas ainda possuem um aroma bem agradável depois de todo esse tempo. Como o lúpulo e o pouco de malte crystal (melanoidinas) que eu uso possuem capacidade redutora eles ajudam a preservar essas cervejas.

E sobre o tipo de lúpulo para usar, eu gosto de seguir a escola da costa oeste dos EUA, que foram os inventores do estilo. Eles sempre dão preferência a lúpulos com % de AA alta. Essas variedades possuem uma quantidade de óleos essenciais mais alta e são muito bons para dry-hop. Essa minha imperial IPA que o Sewald mencionou tinha dry-hop com Simcoe (12,8% AA), Columbus (14,6% AA) e Centennial (9,6% AA).

Dry-hop não tem erro, é só usar os lúpulos certos! E recomendo muito guardar amostras da cerveja para ir provando como ela vai arredondando com o tempo. As melhores cervejas com dry-hop que eu fiz ficaram melhores 3 meses depois de prontas.

Abraço!
Hades, pelo que entendi tu deixa esse gosto de lúpulo verde desaparecer dentro da garrafa mesmo, depois de 15 dias de engarrafada?

Pela tua descrição, o processo inteiro demora menos de 30 dias dias contando fermentação e maturação. Tu disse que deixava somente uns 3 dias a temperatura mais baixa para clarificar. Então a tua maturação seria ao mesmo tempo da fermentação secundária e o dry hopping? Não tem necessidade de maior tempo de maturação a baixas temperaturas?

Tu coloca o lúpulo direto no fermentador ou usa hopbag? Tu deixa o primeiro dry hopping por somente 7 dias e retira o lúpulo ou só faz acrescentar o segundo e deixa tudo junto?

Abraço.
 

hades

Doutrinador
Afiliado
5/6/13
Mensagens
67
Isso, o lúpulo verde desaparece dentro da garrafa ou do barril. Nesses 15 dias o barril e/ou as garrafas ficam geladas, já que eu não faço priming.

Eu não maturo nenhuma IPA.

O lúpulo eu coloco direto no fermentador, sem hop bag nem nada. Depois o lúpulo vai todo pro fundo, mesmo sem gelar! Se colocar gelatina antes de gelar nesses 3 dias ela acaba ajudando a solidificar aquela massa de trub com lúpulo que fica no fundo.
 

RodrigoCampos

Well-Known Member
Afiliado
11/6/13
Mensagens
159
Isso, o lúpulo verde desaparece dentro da garrafa ou do barril. Nesses 15 dias o barril e/ou as garrafas ficam geladas, já que eu não faço priming.

Eu não maturo nenhuma IPA.

O lúpulo eu coloco direto no fermentador, sem hop bag nem nada. Depois o lúpulo vai todo pro fundo, mesmo sem gelar! Se colocar gelatina antes de gelar nesses 3 dias ela acaba ajudando a solidificar aquela massa de trub com lúpulo que fica no fundo.
Hades, e se eu fizer o priming na garrafa? A gelatina seria um problema? Tem perigo de não carbonatar? O que preciso fazer para dar certo usando a gelatina e fazendo o priming em garrafa. Não tenho post mix ainda.
 

david_jr

Well-Known Member
Afiliado
11/6/13
Mensagens
162
Alguém por aqui já utilizou aquela técnica de fazer o dry hopping com chá de lúpulo? Ao invés de adicionar o lúpulo diretamente, ferve-se a água para esterelizar, espera esfriar um pouco e adiona o lúpulo?
Se alguém fez quais foram os resultados?
 

gibikoski

Well-Known Member
Afiliado
10/6/13
Mensagens
84
David,
Utilizei o chá em uma american amber ale. O processo foi esse que vc descreveu, fiz a infusão do lúpulo após a fervura da água, resfriei na geladeira até temperatura ambiente e adicionei na cerveja em maturação.
Inicialmente ficou legal, mas não gostei dos resultados ao longo do tempo porque achei que o aroma volatilizou muito rápido. O lado bom é que é fácil de fazer!
 

david_jr

Well-Known Member
Afiliado
11/6/13
Mensagens
162
Tinha pensado em utilizar o chá pq fermento e maturo em baldes com torneira, e o lúpulo entope geral. Mas acho que vou comprar um sifão e deixar assim como está, lúpulos direto no balde que fora o entupimento dá um resultado muito legal. Obrigado.
 

leosewald

Well-Known Member
Afiliado
22/5/13
Mensagens
90
Alguém por aqui já utilizou aquela técnica de fazer o dry hopping com chá de lúpulo? Ao invés de adicionar o lúpulo diretamente, ferve-se a água para esterelizar, espera esfriar um pouco e adiona o lúpulo?
Se alguém fez quais foram os resultados?
Esse é o método que usamos para fazer o dry hopping da Green Cow... :fro:
 

david_jr

Well-Known Member
Afiliado
11/6/13
Mensagens
162
Esse é o método que usamos para fazer o dry hopping da Green Cow... :fro:
Léo a Green Cow só ou a Holy tb?

A ideia básica é o máximo de lúpulo na menor quantidade de água possível para o chá ficar bem forte?

Se for usar mais de um lúpulo, o ideal seria fazer vários chás, ou uma infusão com todos?

Adicionar de 4 a 5 dias ou como foram extraídos os óleos pode se deixar mais tempo?
 

leosewald

Well-Known Member
Afiliado
22/5/13
Mensagens
90
Léo a Green Cow só ou a Holy tb?

A ideia básica é o máximo de lúpulo na menor quantidade de água possível para o chá ficar bem forte?

Se for usar mais de um lúpulo, o ideal seria fazer vários chás, ou uma infusão com todos?

Adicionar de 4 a 5 dias ou como foram extraídos os óleos pode se deixar mais tempo?
Usamos esse método somente na GC. Na HC o dry hopping é feito no final da fermentação a uma temperatura intermediária entre fermentação/maturação (11ºC), com uma quantidade maior do que a Green Cow.

O chá tem o diferencial de ser como uma essência, logo, se blenda facilmente na cerveja finalizada. Não há necessidade de se aguardar 4-5 dias para o álcool da cerveja fazer qualquer extração pois a mesma já foi feita com o uso da temperatura (água quente). Se o objetivo é apenas extrair aroma e flavor, é importante evitar fazer o chá com água fervendo, pois pode ocorrer alguma isomerização.

Quanto ao uso de um ou mais lúpulos, isso vai depender do tamanho do chá que você vai fazer. Se for muito grande e não couber no recipiente que você está utilizando para filtrar (seja ele um tea bag ou uma prensa francesa), o negócio é dividir.

Uma vez feito o chá, o negócio é adiciona-lo imediatamente à cerveja. Quanto mais tempo se espera, mais óleos serão volatilizados. Dependendo da relação volume de chá versus volume de cerveja, pode-se adicionar o chá quente mesmo, não precisa se preocupar em esfriar pois a quantidade de chá é tão pequena que não vai esquentar a cerveja.

Lembrando que o lúpulo, apesar de ter no máximo 1.5% de sua massa composta de óleos essenciais (ou seja, muito pouco), existem diversos tipos deles e os mesmos são muito intensos. Quando fazemos dry hopping tracicional (pellets no fermentador), quanto mais tarde for este dry hopping, mais estaremos valorizando compostos mais voláteis. Para algumas escolas (como a alemã, por exemplo), esta técnica favorece alguns compostos indesejáveis do lúpulo. Quando fazemos chá hopping, alguns destes compostos são volatilizados em favor de outros compostos que se escondem no segundo plano dos aromas, que teriam dificuldade de aparecer em um dry hopping tradicional. O negócio é experimentar com as variáveis que se tem na mão (temperatura versus tempo de extração no álcool, tempo de extração em água quente, quantidade de lúpulo, variedade de lúpulo utilizada, dry hopping na fermentação ou na maturação). Como disse anteriormente, não há um único jeito "certo" de se fazer. Depende do que se está buscando na cerveja.


Logo, dry hopping é um esforço de experimentação por parte do cervejeiro. Com um resultado sempre amargo :D
 

RodrigoCampos

Well-Known Member
Afiliado
11/6/13
Mensagens
159
Quem tem experiência fazendo dry hopping com o lúpulo jogado direto no bade durante a maturação? Estou fazendo assim numa Black IPA. Até tenho vários voils aqui mas quis experimentar. Pelo que tinha lido, era esperado que o lúpulo decantasse todo no balde mas depois de 3 dias ainda tem uma grande cama de lúpulo no topo da cerveja. Não dá para ver quase nada da cerveja de tanto lúpulo. Não dá para ver também o quanto decantou e nem se decantou pois a cerveja é preta e o balde não é transparente o sucficiente.

Esse lúpulo vai decantar mesmo? Estou achando que não!

Meu plano inicial era de fazer um sinfonamento da cerveja para outro balde para misturar com o açúcar do primming (vou engarrafar) e poder se livrar da matéria verde do lúpulo. Vou usar uma ou duas camadas de voil na ponta do auto sifão para tentar filtrar o lúpulo.

O que acham?
 

paulo

Moderador
Supporter
Afiliado
9/5/13
Mensagens
601
Rodrigo, você fez o dry hopping em que temperatura? Uma das causas que podem levar a esse comportamento é adicionar o lúpulo com a cerveja gelada.
 

RodrigoCampos

Well-Known Member
Afiliado
11/6/13
Mensagens
159
Rodrigo, você fez o dry hopping em que temperatura? Uma das causas que podem levar a esse comportamento é adicionar o lúpulo com a cerveja gelada.
Tirei a cerveja da maturação a 2 graus e fiz a transfega. Fiz o dry hopping no novo balde. A intenção era de fazer o dry hopping a 18 graus mas no começo ela tava mais gelada mesmo. Não devia estar a 2 graus pelo tempo que ficou fora da geladeira mas devia estar com uns 10 graus no máximo. Preciso fazer algo ou deixa assim mesmo? Tava pensando em sanitizar a colher que uso na brassagem para mexer um pouco (de leve para não aerar a cerveja), até para ver se extrai melhor também os aromas e se o lúpulo decanta.
 

dryfon

Well-Known Member
Afiliado
29/10/13
Mensagens
192
Muito bom ler relatos de diversas experiências e técnicas de Dry Hopping.

Esse sábado pretendo fazer minha primeira brassagem. Vai ser uma American IPA. Planejei fazer um Dry Hopping de 4 dias com 2,5g/l de Centennial no tanque de maturação mas em temperatura de fermentação mesmo. Em tese, isso já está decidido, só falta decidir se vou jogar os pellets direto na cerveja ou vou colocar numa hop bag.
 

zerosa

Well-Known Member
Supporter
Afiliado
10/6/13
Mensagens
308
A minha última utilização da técnica foi em uma APA, eu usei em torno de 2 g/l de amarillo. Fiz no final da fermentação secundária, deixando a temperatura até um pouco acima da de fermentação (em torno de 21-22 ºC) durante 4 dias e mais 4 dias em torno de 2ºC.
Ficou muito bom. Parecia suco de maracujá. Todos que provaram a cerveja identificaram isto no aroma e no sabor já no primeiro gole.
Eu uso uns hop bag´s que a patroa fez com voil. Costumo não encher muito o hop bag pois o lúpulo incha muito e se ficar muito apertado vai dificultar a extração dos óleos essenciais. Também coloco um peso (bola de gude) no saquinho para mante-lo submerso.
 

paulo

Moderador
Supporter
Afiliado
9/5/13
Mensagens
601
Rodrigo, é possível que mexer ajude. Se você tiver condições, também pode transferir a cerveja para outro fermentador, tirando o líquido por baixo, e descartar a parte de cima.
 

RodrigoCampos

Well-Known Member
Afiliado
11/6/13
Mensagens
159
Fiz o que tava planejando. Abri o balde da Black IPA e usei a colher sanitizada para mexer na camada de lúpulo di dry hopping que ficou no topo. No dia seguinte a camada já era visivelmente menor mas a cerveja começou a sair com bastante pedaço de lúpulo pela torneira do balde. Nos dias anteriores a cerveja tava saindo limpinha. Vou baixar a temperatura para ver se ajuda a decantar melhor esse lúpulo e vou manter o plano de sifonar a cerveja para outro balde usando umas 2 ou 3 camadas de voil na ponta do auto sifão para filtrar o lúpulo.

Interessante é que usei 7.5g/l de lúpulo (Simcoe, Citra e Galaxy) nesse dry hopping e o aroma tá ficando bem gostoso. Esperar para sentir depois de pronta.
 

neudson

Active Member
Afiliado
12/6/13
Mensagens
32
Vou baixar a temperatura para ver se ajuda a decantar melhor esse lúpulo e vou manter o plano de sifonar a cerveja para outro balde usando umas 2 ou 3 camadas de voil na ponta do auto sifão para filtrar o lúpulo.
Rodrigo, eu fiz exatamente isso quando fiz a minha IPA. Eu fiz o dry hopping com o lúpulo solto mesmo, ficou algum boiando, e bastante em suspensão ainda. Mas como eu tava usando uns galões de água pra maturar e não tinha torneira eu usei o sifão e coloquei um pedaço de voil na ponta e funcionou perfeitamente.

Vai com fé que dá! :)
 

RodrigoTPereira

Well-Known Member
Afiliado
10/6/13
Mensagens
122
Fiz o que tava planejando. Abri o balde da Black IPA e usei a colher sanitizada para mexer na camada de lúpulo di dry hopping que ficou no topo. No dia seguinte a camada já era visivelmente menor mas a cerveja começóu a sair com bastante pedaço de lúpulo pela torneira de baixo do balde. Nos dias anteriores não a cerveja tava saindo limpinha. Vou baixar a temperatura para ver se ajuda a decantar melhor esse lúpulo e vou manter o plano de sifonar a cerveja para outro balde usando umas 2 ou 3 camadas de voil na ponta do auto sifão para filtrar o lúpulo.

Interessante é que usei 7.5g/l de lúpulo (Simcoe, Citra e Galaxy) nesse dry hopping e o aroma tá ficando bem gostoso. Esperar para sentir depois de pronta.
7,5 g/litro????
Não ficou com gosto do pellet?

Normalmente uso 2g/litro. Nas duas últimas usei 4g (2 no descanso e 2 na maturação), uma delas ficou com um gosto levemente desconfortável de grama.
Em outras uso 1g/litro.
:tank:

Att.

Rodrigo T Pereira
Torres/RS
 

RodrigoCampos

Well-Known Member
Afiliado
11/6/13
Mensagens
159
7,5 g/litro????
Não ficou com gosto do pellet?

Normalmente uso 2g/litro. Nas duas últimas usei 4g (2 no descanso e 2 na maturação), uma delas ficou com um gosto levemente desconfortável de grama.
Em outras uso 1g/litro.
:tank:

Att.

Rodrigo T Pereira
Torres/RS
RodrigoTPereira, na AIPA que fiz usei 6,5g litro de lúpulo e não tive problema de gosto ou aroma excessivamente vegetal ou herbáceo na cerveja. Dizem que acontece mas que fica mais perceptível nos primeiros dias. Esperando uma a duas semanas dentro da garrafa isso vai embora. Nessa Black IPA eu quiz aumentar um pouco a proporção para ver no que dá. Daqui a 10 dias eu digo. Engarrafei hoje. Rsrsrsrsrs.

Essas proporções maiores de dry hopping se usa em estilos americanos para ter um aroma mais intenso. Já vi relatos de usarem 2, 3 ou 4 vezes isso que usei. Nunca fiz com tanto! Em estilos Belgas pro exemplo não faz sentido usar tanto. Fico nos 2,5g por litro no máximo.
 

RodrigoCampos

Well-Known Member
Afiliado
11/6/13
Mensagens
159
7,5 g/litro????
Não ficou com gosto do pellet?

Normalmente uso 2g/litro. Nas duas últimas usei 4g (2 no descanso e 2 na maturação), uma delas ficou com um gosto levemente desconfortável de grama.
Em outras uso 1g/litro.
:tank:

Att.

Rodrigo T Pereira
Torres/RS
Nenhum problema com 7.5g por litro de lúpulo no dry hopping nessa Black IPA RodrigoTPereira. O aroma ficou bem intenso e gostoso. Esperei duas semanas para abrir a primeira garrafa.
 
Topo