• We have implemented the ability to gift someone a Supporting Membership now! When you access the Upgrade page there is now a 'Gift' button. Once you click that you can enter a username to gift an account Upgrade to. Great way to help support this forum plus give some kudos to anyone who has helped you.

Diacetil não é consumido

Ajude o Home Brew Talk Brasil:

Jasontng

Well-Known Member
Afiliado
14/1/20
Mensagens
72
Localização
São Paulo
Fiz uma Smash IPA (pale ale + citra), OG 1050, 10 litros, utilizei 1 pacote de US-05 hidratado e inoculado a 18 graus. Lá pelo 5º dia de fermentação comecei a aumentar a temperatura em 1 grau por dia até 22 graus. Em 8 dias a fermentação já estava completa com FG 1008, fiz teste de diacetil esquentando um pouco da cerveja e o cheiro foi de puro saco de pipoca com manteiga. Deixei mais 3 dias em 22 graus, dei uma chacoalhada pra suspender a levedura novamente, refiz o teste de diacetil e o mesmo cheiro permanece.

Esse diacetil vai sair alguma hora ou do jeito que está não tem mais oq fazer?
 

Leo Tovo

Member
Afiliado
16/7/19
Mensagens
24
Localização
Uberaba MG
Um dos
Fiz uma Smash IPA (pale ale + citra), OG 1050, 10 litros, utilizei 1 pacote de US-05 hidratado e inoculado a 18 graus. Lá pelo 5º dia de fermentação comecei a aumentar a temperatura em 1 grau por dia até 22 graus. Em 8 dias a fermentação já estava completa com FG 1008, fiz teste de diacetil esquentando um pouco da cerveja e o cheiro foi de puro saco de pipoca com manteiga. Deixei mais 3 dias em 22 graus, dei uma chacoalhada pra suspender a levedura novamente, refiz o teste de diacetil e o mesmo cheiro permanece.

Esse diacetil vai sair alguma hora ou do jeito que está não tem mais oq fazer?
 

Leo Tovo

Member
Afiliado
16/7/19
Mensagens
24
Localização
Uberaba MG
A minha no final da fermentação ficou com cheiro e gosto de vinagre,deixei maturar a 25 a 27 graus e no quartondia de maturação o cheiro e gosto sumiu.Acreditonque foi contaminado por um filtro de coar leite,apesar de ter sanitizado com álcool 70 deve que ficou algumas bactérias.
 

Trops

Well-Known Member
Afiliado
26/11/19
Mensagens
240
Localização
Teófilo Otoni / Ipatinga - Minas gerais
vc tem medido a SG nesse periodo? esta estavel? e sensorialmente, da pra sentir o gosto do diacetil?

a levedura consome o diacetil mas nao necessariamente vai zerar a concentração dele, se correr tudo bem ela deve reduzir a niveis imperceptiveis ao paladar
 
Última edição:

Jasontng

Well-Known Member
Afiliado
14/1/20
Mensagens
72
Localização
São Paulo
vc tem medido a SG nesse periodo? esta estavel? e sensorialmente, da pra sentir o gosto do diacetil?

a levedura consome o diacetil mas nao necessariamente vai zerar a concentração dele, se correr tudo bem ela deve reduzir a niveis imperceptiveis ao paladar
Sim, já medi umas 3 vezes e estabilizou em 1008.

Eu entendo q possa não zerar o diacetil, mas é q o cheiro de pipoca com manteiga tá absurdo de forte e um gosto rançoso de manteiga derretida, mas não diminui mesmo aumentando a temperatura. Agora só vou verificar de novo amanhã pra ver se diminuiu o cheiro e o gosto, se continuar do mesmo jeito vou passar pra clarificação, deixar uns 7 dias em temperatura baixa, envasar e ver no q vai dar.
 

Trops

Well-Known Member
Afiliado
26/11/19
Mensagens
240
Localização
Teófilo Otoni / Ipatinga - Minas gerais
Sim, já medi umas 3 vezes e estabilizou em 1008.

Eu entendo q possa não zerar o diacetil, mas é q o cheiro de pipoca com manteiga tá absurdo de forte e um gosto rançoso de manteiga derretida, mas não diminui mesmo aumentando a temperatura. Agora só vou verificar de novo amanhã pra ver se diminuiu o cheiro e o gosto, se continuar do mesmo jeito vou passar pra clarificação, deixar uns 7 dias em temperatura baixa, envasar e ver no q vai dar.
Eu fiz o teste com minha breja q ta no final da fermentação secundária e realmente qdo esquenta a presença fica clara, mas não da pra sentir no paladar na temperatura normal, imagino que ao esquentar vc aumenta mto essa percepção visto que o vapor vai conter apenas as substâncias volatilizadas pelo calor, mas o resultado final isso nao vai ser perceptivel mesmo ainda estando presente...

nesse caso sugiro que siga em frente, exceto se vc for tomar a breja quente... kkkkk
 

Jasontng

Well-Known Member
Afiliado
14/1/20
Mensagens
72
Localização
São Paulo
Eu fiz o teste com minha breja q ta no final da fermentação secundária e realmente qdo esquenta a presença fica clara, mas não da pra sentir no paladar na temperatura normal, imagino que ao esquentar vc aumenta mto essa percepção visto que o vapor vai conter apenas as substâncias volatilizadas pelo calor, mas o resultado final isso nao vai ser perceptivel mesmo ainda estando presente...

nesse caso sugiro que siga em frente, exceto se vc for tomar a breja quente... kkkkk
O que acontece é que a cerveja está cheia de alfa-acetolactato que depois se transforma em diacetil, quando você esquenta acelera isso. Mas dizem que a levedura consome o diacetil, por isso que se faz o descanso de diacetil elevando um pouco a temperatura. Acontece que na minha até o momento a levedura não consumiu, mas se até amanhã continuar assim vou engarrafar desse jeito mesmo.
 

bilta

Member
Afiliado
22/7/20
Mensagens
11
Localização
Maringá (PR)
Boa tarde, pessoal. Estou com um problema parecido, e não sei se é contaminação alguma bobagem que eu fiz. Brassei uma Irish Stout, mirando na Guinness. A brassagem ocorreu normalmente. Como deu uns 27 litros no fermentador, a 1.041, fiquei com medo de colocar só um pacote de levedura. Como tinha aqui em casa uma US-05 e uma S-04, hidratei as duas separadamente, mas coloquei as duas juntas no fermentador. Fiz bobagem? A fermentação ocorreu em uma velocidade que eu nunca tinha visto. Depois de dois dias não atenuava mais nada. Como li em algum lugar que o pH da Guinness é de 3.88, e como minhas cervejas sempre ficam com 4.2 depois de prontas, tive a "brilhante" ideia de colocar vinte cinco gotas de ácido lático direto no fermentador. Depois disso comecei a notar um cheiro muito forte de vinagre na cerveja, e também um gosto um pouco azedo, não ruim demais, mas ruim. Faz uns cinco dias que ela está a 21° mais ou menos (temperatura ambiente aqui) pra ver se o cheiro some, e nada. Já sacudi o fermentador, já deixei algumas horas injetando CO2 pela torneira pra ver se o gás carrega o cheiro e o gosto embora. Parece até que melhorou, mas não resolveu. A cerveja está com uma aparência bem boa. Não tem filme nem nada estranho na superfície da cerveja. Será que a burrada foi misturar as leveduras? Ou colocar ácido lático? Ou os dois? Alguém sugere mais alguma coisa para eu tentar salvar a leva?
 

Persevalli

Well-Known Member
Afiliado
21/1/17
Mensagens
464
Boa tarde, pessoal. Estou com um problema parecido, e não sei se é contaminação alguma bobagem que eu fiz. Brassei uma Irish Stout, mirando na Guinness. A brassagem ocorreu normalmente. Como deu uns 27 litros no fermentador, a 1.041, fiquei com medo de colocar só um pacote de levedura. Como tinha aqui em casa uma US-05 e uma S-04, hidratei as duas separadamente, mas coloquei as duas juntas no fermentador. Fiz bobagem? A fermentação ocorreu em uma velocidade que eu nunca tinha visto. Depois de dois dias não atenuava mais nada. Como li em algum lugar que o pH da Guinness é de 3.88, e como minhas cervejas sempre ficam com 4.2 depois de prontas, tive a "brilhante" ideia de colocar vinte cinco gotas de ácido lático direto no fermentador. Depois disso comecei a notar um cheiro muito forte de vinagre na cerveja, e também um gosto um pouco azedo, não ruim demais, mas ruim. Faz uns cinco dias que ela está a 21° mais ou menos (temperatura ambiente aqui) pra ver se o cheiro some, e nada. Já sacudi o fermentador, já deixei algumas horas injetando CO2 pela torneira pra ver se o gás carrega o cheiro e o gosto embora. Parece até que melhorou, mas não resolveu. A cerveja está com uma aparência bem boa. Não tem filme nem nada estranho na superfície da cerveja. Será que a burrada foi misturar as leveduras? Ou colocar ácido lático? Ou os dois? Alguém sugere mais alguma coisa para eu tentar salvar a leva?
Olá Bilta,
Mix de leveduras é algo relativamente comum, sendo que S-04 e US-05 juntos é uma das misturas comuns. Não vejo galho aqui pois são leveduras que trabalham em condições similares de temperatura. Provavelmente uma das cepas vai se multiplicar mais rapidamente e dominar o perfil sensorial, com menor contribuição da outra.

Ou seja, acredito fortemente que seu problema não veio do mix de cepas.

Sobre o ácido lático, 25 gotas não deveriam fazer um estrago tão grande em 27 litros, mas tudo depende da concentração do seu ácido. Acho que o seu problema tá mais por aqui...

Abs

Persevalli
 

bilta

Member
Afiliado
22/7/20
Mensagens
11
Localização
Maringá (PR)
Obrigado pela resposta, Persevalli. Não sei se pode ser a concentração do ácido lático... O meu foi comprado em uma brew shop, e acho que é meio padrão (80%). Insisti no CO2. Deixei desde ontem ligado direto. Parece que melhorou bem, mas não sei se zerou, porque minha percepção não é tão boa assim... vou mandar para o cold e ver o que acontece.
 
Topo