1. We have implemented the ability to gift someone a Supporting Membership now! When you access the Upgrade page there is now a 'Gift' button. Once you click that you can enter a username to gift an account Upgrade to. Great way to help support this forum plus give some kudos to anyone who has helped you.
    Fechar Aviso

Dúvida em NEIPA

Discussão em 'Equipamentos, Técnicas e Processos' iniciado por PauloTS, 22/3/19.

Ajude o Home Brew Talk Brasil:

  1. 22/3/19 #1

    PauloTS

    PauloTS

    PauloTS

    Active Member

    Afiliado:
    3/8/16
    Mensagens:
    29
    Curtidas Recebidas:
    3
    Pessoal, li muito antes de fazer minha primeira NEIPA. A única dúvida que ficou foi sobre a maturação à frio. Costumo usar gelatina nesta etapa para clarificação. Entretanto este estilo pede a cerveja turva e não irei usar o método. Então o que pretendo fazer é deixar uma semana à 1ºC para decantar o fermento e as proteínas maiores e depois engarrafar. É mais ou menos isso que vocês fazem?
     
  2. 22/3/19 #2

    jeanpaullopes

    jeanpaullopes

    jeanpaullopes

    Well-Known Member

    Afiliado:
    17/5/16
    Mensagens:
    1,663
    Curtidas Recebidas:
    618
  3. 22/3/19 #3

    PauloPRO

    PauloPRO

    PauloPRO

    Well-Known Member

    Afiliado:
    17/1/18
    Mensagens:
    127
    Curtidas Recebidas:
    26
    tbm estou estudando pra fazer a minha, ja li alguns casos que terminado a fermentação ja carbonataram, mas ach que uns dois a 3 dias ja seriam suficientes
     
  4. 22/3/19 #4

    jeanpaullopes

    jeanpaullopes

    jeanpaullopes

    Well-Known Member

    Afiliado:
    17/5/16
    Mensagens:
    1,663
    Curtidas Recebidas:
    618
    Boa parte do haze é dos lúpulos e das proteínas mais pesados dos adjuntos como a aveia, usada em grande quantidade. Vai ter resto de lúpulo para caramba por conta do dry hoping massivo das NEIPAs, então garantir que eles vão sedimentar bem é muito importante.

    Outro detalhe a se atentar é a carbonatação, prefira (quase imperativo) a carbonatação forçada pois as NEIPAs tem uma forte tendência ao escurecimento (por oxidação), e pelo que vi é bem mais rápido e visível quando se faz priming.
     
    1 pessoa curtiu isso.
  5. 22/3/19 #5

    dalai

    dalai

    dalai

    Well-Known Member

    Afiliado:
    24/5/17
    Mensagens:
    227
    Curtidas Recebidas:
    82
    Outro dia tomei uma NE IPA de uma cervejaria local oxidada no barril, pra você ver como é sensível.
     
  6. 22/3/19 #6

    PauloTS

    PauloTS

    PauloTS

    Active Member

    Afiliado:
    3/8/16
    Mensagens:
    29
    Curtidas Recebidas:
    3
    Mais dias à frio então?
    Essa oxidação mais rápida seria pela lupulagem extrema?
    Minha única opção é o primming mesmo, vou torcer pra que dê certo!
     
  7. 25/3/19 #7

    pedcana

    pedcana

    pedcana

    Well-Known Member

    Afiliado:
    16/11/15
    Mensagens:
    65
    Curtidas Recebidas:
    16
    Sobre sua dúvida eu faço 5 dias a 6 graus. A zero ela pode decantar todas as proteínas se ficar muito tempo. Mas entenda que isso muda em razão de equipamento. Temperatura que sua geladeira alcança e formato de fermentadores. O que sugiro é você ir fazendo provas ao longo do processo. Quando estiver de seu agrado envase.

    Sobre o que o colega aqui diz tenho a convicção que depende muito do processo:

    Eu acabei de refazer uma experiência. Priming no post mix. Utilizei co2 para retirar o o2 do head space. Com 18 dias de feito e em temperatura ambiente não apresentou problemas. Eu tenho feito sucessivas vezes desse modo e não estou tendo problemas.

    Como você mencionou que sua única opção seria o primming creio que vc se refere a garrafas.
    Eu aconselharia não fazer um choque muito brusco de temperatura.
    Tente fazer a refermentação do priming na mesma temperatura de fermentação.
    O site do lamas está vendendo um antioxidante que é base de metabissulfito + acido ascórbico modificado.
    Eu tenho lá minhas ressalvas mas já que seu método é só por garrafas acho que valeria a pena não correr riscos.
    Este estilo entrega muita coisa. É um dos meus preferidos mas infelizmente a cerveja é muito sensível realmente.
     
    1 pessoa curtiu isso.
  8. 25/3/19 #8

    jeanpaullopes

    jeanpaullopes

    jeanpaullopes

    Well-Known Member

    Afiliado:
    17/5/16
    Mensagens:
    1,663
    Curtidas Recebidas:
    618
    Sim, a oxidação é dos compostos do lúpulo.
     
  9. 25/3/19 #9

    jeanpaullopes

    jeanpaullopes

    jeanpaullopes

    Well-Known Member

    Afiliado:
    17/5/16
    Mensagens:
    1,663
    Curtidas Recebidas:
    618
    @pedcana , quando tu faz refermentação em um ambiente com uma atmosfera com quase somente CO2, como no teu caso de primming em um post-mix, basicamente está fazendo uma carbonatação forçada lenta (ou mesmo spurge carbonation), mas com CO2 produzido pelas leveduras.

    Quando me refiro a fazer primming, quero dizer calda/açúcar no balde, cerveja do fermentador para o balde, homogenização (de preferência sem agitação: deixar a mangueira de forma a criar um redemoinho), transferência para as garrafas (de preferência com uma cânula de envase). neste formato vai haver ar atmosférico em contato com a cerveja e depois dentro da garrafa.

    Quanto a se perceber o oxidação nas NEIPA, em 30 dias é nítido na coloração dela, muito mais do que no aroma ou sabor.
     
    1 pessoa curtiu isso.
  10. 26/3/19 #10

    pedcana

    pedcana

    pedcana

    Well-Known Member

    Afiliado:
    16/11/15
    Mensagens:
    65
    Curtidas Recebidas:
    16
    Não Jean... A carbonatação é advinda do primming e não se parece com a lenta. O que eu faço é retirar o O2 do head space. Somente isso. Depois a refermentação segue seu curso.
    É importante relembrar que pra primming não é necessário o o2. Em levas normais o excesso do mesmo pode inclusive gerar muita lama no fundo da garrafa em função de multiplicação celular excessiva.

    O caso é que pra NEIPAS o mínimo o2 já faz o máximo estrago. O problema não é o priming. E sim o O2.

    Quanto a oxidação ela provoca estragos em toda a cerveja. Não é somente a cor. A cerveja chega a ficar doce demais. Sem aroma algum.

    No caso de colegas que queiram usar necessariamente primming em garrafa. O expurgo do O2 não é possível então vejo como a única solução adicionar um aditivo sequestrante. Que é o caso desse que está sendo vendido no Lamas.
     
  11. 26/3/19 #11

    pedcana

    pedcana

    pedcana

    Well-Known Member

    Afiliado:
    16/11/15
    Mensagens:
    65
    Curtidas Recebidas:
    16
    Há a corrente que acredita que são a oxidação dos polifenóis agindo em conjunto com o contato de o2. Ainda há estudos em curso.
    Mais dias a frio não irão necessariamente resolver seu problema. Se seu processo incorpora muito o2 vc tem que resolver isso.
    Você mencionou que será a primeira brassagem. Não tem jeito você terá que fazer uma tentativa e ver o seu resultado. Uma dica é anotar tudo e em caso de erro rever.
    Da pra fazer NEIPA em casa e tomar tranquilo. Só temos que ser mais chatos. Uma saída é após um mínimo tempo para o primming acondicionar as garrafas refrigeradas.
    Vai funcionar ? Só fazendo... é uma soma de processos.
     
  12. 26/3/19 #12

    PauloTS

    PauloTS

    PauloTS

    Active Member

    Afiliado:
    3/8/16
    Mensagens:
    29
    Curtidas Recebidas:
    3
    Pensei exatamente nisso, após a carbonatação via primming irei acondicionar à frio para retardar a oxidação...

    Assim que estiver pronta mando.o feedback pra vocês!
     
  13. 26/3/19 #13

    jeanpaullopes

    jeanpaullopes

    jeanpaullopes

    Well-Known Member

    Afiliado:
    17/5/16
    Mensagens:
    1,663
    Curtidas Recebidas:
    618
    Estamos falando a mesma, mas de formas diferentes e com conceitos/nomeclaturas distintas.

    Clareando:
    quando digo primming me refiro a trocar para um balde de envase e adicionar açúcares.
    quando digo refermentação, é gerar CO2 a partir desdes açúcares.

    Sim, para a refermentação não é necessário o O2. Ele só é necessário na fase de reprodução celular, como tu mesmo mencionou da produção maior de lama.

    Não diria que a oxidação causa estragos, ela causa alterações na cerveja. Sim ela altera não só a cor, ela degrada diversos compostos e gera outros. Falei da cor pois é o mais rápido e perceptível dos efeitos da oxidação no caso específico de NEIPAs.

    Esta questão da oxidação é tão interessante e tão complexa quanto a dinâmica e a dependente do processo.

    Este final de semana tomei uma das últimas garrafas de uma APA que fiz em modo super expresso (14 dias da brassagem ao primeiro consumo, incluindo ai a carbonatação com priming), sendo que o envase foi no dia 21/05/2018. Mesmo com quase 1 ano, envase manual com balde, o aroma de lúpulo estava ainda lá (cansado, mas estava) assim como o sabor (mais presente que o aroma), numa cerveja com base de cascade e mandarina bavaria (o cascade foi o que sobreviveu melhor). Só o que deixou ruim foi o final da garrafa por conta da lama. Mas a cor e limpidez do primeiro copo foi incrível (a garrafa ficou 2 meses perdida na geladeira), ainda com um haze da carga de lúpulo, mas já com uma pequena perda na formação da espuma.
    . isabeerla.jpg
    Mas também já tive uma ESB que em 2 meses saiu de um dourado para um âmbar e com sabor de se descartar o resto do lote.

    da minha NEIPA, foram disto para um marrom água de tormenta em 1 mês. Nela foram 18g de lúpulo por litro.
    chuck2.jpg chuck1.jpg
     
    Eder Tiago Loureiro curtiu isso.
  14. 27/3/19 #14

    Fabricio

    Fabricio

    Fabricio

    Active Member

    Afiliado:
    20/6/18
    Mensagens:
    28
    Curtidas Recebidas:
    8
    Localização:
    Paraty

    Como ficou a questão da lama? Não entupiu o pescador ou mesmo a torneira?
     
  15. 30/3/19 #15

    PauloTS

    PauloTS

    PauloTS

    Active Member

    Afiliado:
    3/8/16
    Mensagens:
    29
    Curtidas Recebidas:
    3
    Deixei 4 dias a 1°C depois da 2a fermentação. Depois primming.
    Segue a foto dela, ainda "verde" depois de 6 dias carbonatando na garrafa. Sabor e aroma espetaculares!
     

    Arquivos Anexados:

    1 pessoa curtiu isso.
  16. 1/4/19 #16

    thiagodifoiz

    thiagodifoiz

    thiagodifoiz

    Well-Known Member

    Afiliado:
    8/4/16
    Mensagens:
    171
    Curtidas Recebidas:
    35
    Essa minha NEIPA, fiz o dryhop em 2 etapas: Final da fermentação primária e nos últimos 5 dias maturação.
     

    Arquivos Anexados:

  17. 1/4/19 #17

    jeanpaullopes

    jeanpaullopes

    jeanpaullopes

    Well-Known Member

    Afiliado:
    17/5/16
    Mensagens:
    1,663
    Curtidas Recebidas:
    618
    Dica,

    começa a beber verde mesmo. hehehehe
    E faça um diário das degustações para ver a evolução/degradação dela.

    Tu usou quanto de lúpulo?
    Qual o foi o grist de maltes/adjuntos? Achei um pouco escura para somente 6 dias.

    Uma sugestão para a próxima degustação: deixei a garrafa na geladeira gelando por 2 a 3 dias antes de beber, sempre de pé e sirva em um único copo sem agitação do fundo. A cor da foto parece ser ou é muito lúpulo (micro partículas) em suspensão ou mesmo levedura, se não for dos maltes (tem cor de centeio).

    Não me leve a mal, não são críticas destrutivas, e sim pequenas indagações para a melhora dos resultados, inclusive os meus.
     
  18. 3/4/19 #18

    PauloTS

    PauloTS

    PauloTS

    Active Member

    Afiliado:
    3/8/16
    Mensagens:
    29
    Curtidas Recebidas:
    3
    Jean, anexei o arquivo do beersmith com a receita!
    Realmente procurava uma cor um pouco mais viva... Quanto a sabor e aroma estão como eu esperava!
    Sobre as críticas são sempre bem-vindas, estamos nesse fórum exatamente pra isso! Te agradeço pelas contribuições!
     

    Arquivos Anexados:

    1 pessoa curtiu isso.
  19. 3/4/19 #19

    jeanpaullopes

    jeanpaullopes

    jeanpaullopes

    Well-Known Member

    Afiliado:
    17/5/16
    Mensagens:
    1,663
    Curtidas Recebidas:
    618
    Eu trocaria o munich e o pilsen por Pale Ale direto e também tiraria o cara-pils (já tem muita aveia para garantir a espuma). Simplesmente Pale Ale e aveia (80/20 até 70/30). Dourado na certa.

    Aqui está o post sobre meu Dry hoping
    https://www.homebrewtalk.com.br/threads/receita-neipa-opiniões.410501/#post-5149332

    aqui sobre a cor e oxidação
    https://www.homebrewtalk.com.br/threads/receita-neipa-opiniões.410501/#post-5150557
    https://www.homebrewtalk.com.br/threads/receita-neipa-opiniões.410501/#post-5150603
     
    2 pessoas curtiram isso.
  20. 6/4/19 #20

    PauloTS

    PauloTS

    PauloTS

    Active Member

    Afiliado:
    3/8/16
    Mensagens:
    29
    Curtidas Recebidas:
    3
    Update da evolução:
    Deixei carbonatando 8 dias na garrafa e depois geladeira. Estão a uns 6 dias gelando e parece igualzinha! Mesma cor, sabor e aroma! Não decantou quase nada, só um pequeno corpo de fundo.
    Pense numa retenção de espuma!!
     

Compartilhe esta Página