1. We have implemented the ability to gift someone a Supporting Membership now! When you access the Upgrade page there is now a 'Gift' button. Once you click that you can enter a username to gift an account Upgrade to. Great way to help support this forum plus give some kudos to anyone who has helped you.
    Fechar Aviso

Dúdivas em projeto para 250 litros

Discussão em 'Pro Brewing' iniciado por jrsantie, 24/6/15.

Ajude o Home Brew Talk Brasil:

  1. 24/6/15 #1

    jrsantie

    jrsantie

    jrsantie

    Active Member

    Afiliado:
    8/3/15
    Mensagens:
    25
    Curtidas Recebidas:
    2
    Pessoal, estou querendo montar uma cozinha para 250l.

    O projeto está saindo do zero... daí surgem as primeiras de muitas dúvidas:

    Quais as vantages/desvantagens entre usar bomba para trasfegas entre brassagem e clarificação ou usar gravidade? Aqui penso na questão de economia de energia e de equipamento.

    É melhor fazer mostura e clarificação na mesma panela ou ter panelas separadas para fazer 2 brassagens em série?

    Qual o melhor método de resfriamento tiller de placas ou de imersão?
     
    drelimainacio curtiu isso.
  2. 25/6/15 #2

    Luz

    Luz

    Luz

    Well-Known Member

    Afiliado:
    28/8/13
    Mensagens:
    190
    Curtidas Recebidas:
    50
    Por acaso ja tens um equipamento menor?
    Pergunto, porque montar um equipamento de 250 litros vais gastar uma nota, entao e bom saber bem o que se quer antes.
    Em equipamentos muito grandes (acima de 100litros) uma bombaa se faz essencial para o processo ja que os fermentadores sao muito altos. A nao ser que no final do processo tu resfrie, ponha em baldes menores e va colocando no fermentador maior, o que seria extremamente exaustivo.
    Nao vejo motivos pra nao mosturar na mesma panela de clarificacao, nao sei como mosturar em uma panela sem fundo falso ajudaria na brassagem em seria.
    Com certeza chiller de placas e dependendo do tamanho do mesmo, um pre chiller.
     
  3. 25/6/15 #3

    Tiago

    Tiago

    Tiago

    Well-Known Member Moderador Moderator

    Afiliado:
    11/6/13
    Mensagens:
    3,041
    Curtidas Recebidas:
    1,296
    Vixe nunca vi um chiller de imersão pra 250 litros...
     
  4. 25/6/15 #4

    drelimainacio

    drelimainacio

    drelimainacio

    Well-Known Member

    Afiliado:
    11/6/13
    Mensagens:
    437
    Curtidas Recebidas:
    230

    Cara...você vai começar a fazer cerveja agora? Olha, não me entenda errado, nada do que eu disser aqui será muito mais que meramente minha visão e minhas opiniões. Mas a questão é que isso está se tornando cada vez mais comum: entusiastas que se encantam com as cervejas artesanais (como não se encantar né) e tem alguma disponibilidade financeira para investir e começar projetos de nível razoável. Aqui no Vale do Paraíba tenho visto alguns casos semelhantes ao seu, de caras que vão nas visitas às micricervejarias e resolvem começar com 300 litros. Alguns para brincar e outros com intenções comerciais.

    Eis minha opinião: você já começou com uma dúvida básica, sobre como vai ser o setup de mostura e de resfriamento. Não é que não possa ter dúvidas, são etapas fundamentais para o aprendizado. A questão é que existem vários jeitos, várias técnicas para se testar. E nessa, muita coisa não vai sair como queria, normal no processo. Vai ter que aprender sobre mostura, sobre fermentação (na prática mesmo), sobre carbonatação, enfim... Ai pensa, ter uma leva de 20 litros que não ficou como você queria, ou até mesmo perder a leva, é doloroso mas aceitável (uns 60 a 80 reais que se perde). Agora 250 litros é pra ficar 1 mes de luto, kkkkkkk. Nos cursos que eu dou aqui eu sempre falo para os alunos que o mais legal de ser cervejeiro caseiro é poder fazer o que quiser com a cerveja, se quiser colocar capim você coloca pois se ficar ruim você bebe escondido de todo mundo e se ficar bom você se vangloria nas reuniões de cervejeiros! Mas arriscar colocar capim (calma, é só um exemplo) em uma batelada de 250L é tenso.

    Ai entra em outro mérito, justamente a questão do arriscar. É o que tenho visto também, o cara que vai começar do zero com uma leva deste tamanho procura a gente querendo uma receita "definitiva" leve e boa de beber pra fazer sempre. No máximo ter umas 3 ou 4 variações, justamente como uma microcervejaria regular. Novamente, é minha opinião, mas eu não vejo vantagem nisso. Se eu não puder colocar minha pimenta malagueta, camomila, alfarroba, beterraba, mandioca, cardamomo, gengibre, cravo, canela, hibisco, jasmim, abóbora e tantos outros que já usei, pelo trabalho que dá, eu tomo uma Los Dias ou Three Lions que tem estilos populares de cerveja e são alto nível.

    Enfim cara, essa é a minha opinião. Mas se a TUA vontade, que é a que mais importa, for mesmo fazer assim, lembre-se que o mais importante é a TUA satisfação pessoal. Sinta-se muito bem vindo ao fórum e ao hobby dos cervejeiros. Aqui sempre encontrará resposta para tuas dúvidas e uma galera que manja dos paranauê.

    Um grande abraço!
     
    Kurt e jalexandre curtiram isso.
  5. 25/6/15 #5

    marqueze

    marqueze

    marqueze

    Well-Known Member

    Afiliado:
    15/1/15
    Mensagens:
    287
    Curtidas Recebidas:
    80
    Para essas duvidas leia livros técnicos de engenharia cervejeira como Kunze (Technology Brewing and Malting) ou Briggs (Brewing, Science and Practice). Esses livros dão visão técnica de processos industriais, que creio que seja o objetivo de uma escala de 250 litros/batelada.
     
    Henrik e jalexandre curtiram isso.
  6. 25/6/15 #6

    MorenadeNuernberg

    MorenadeNuernberg

    MorenadeNuernberg

    Well-Known Member

    Afiliado:
    4/1/15
    Mensagens:
    134
    Curtidas Recebidas:
    25
    Olá cervejeiro,

    acho, todo na corospondencia do dinheiro que vc tem, que vc pode investir.
    Seria muito bem se vc escreve para a galera a experiencia que vc já tem.
    Melhor ainda...se vc faz contato com empresas quevende profissional.
    Acho buscar ajuda em este forum que o pessoal trabalha em geral com panelas não é uma boa ideia.

    Uma dica....coloca no google Braumeister 200...ou BM 200...isso um sistema de 200 litros completa no mercado.

    Abraço
     

    Arquivos Anexados:

  7. 25/6/15 #7

    jrsantie

    jrsantie

    jrsantie

    Active Member

    Afiliado:
    8/3/15
    Mensagens:
    25
    Curtidas Recebidas:
    2
    Pessoal, obrigado pelas respostas... vou tentar responder a todos de uma vez.

    O que está saindo do zero é o projeto, não a minha experiência!!! hehehe

    Eu já faço. sim, cerveja em panela, então o entusiasmo já tem certo pé no chão (pelo menos um deles rssss).

    Tenho atualmente feito bateladas de 80 a 100 litros (faço 100 quando é pra agradar mais quem gosta de uma breja mais fraca).

    Não quero comprar equipamento pronto, exatamente porque acho demasiado elevado o custo cobrado pelas empresas que manipulam inox.

    Desse modo, criei este tópico na seção "pro brew" para ouvir as idéias de quem já passou para uma fase mais profissional, que é onde quero chegar em breve.

    A coisa é meio professor pardal mesmo, mão na massa, projetar e construir um equipamento para uma nano cervejaria (coisa de nerd) (ou de louco mesmo) rssss

    Valeu aí galera pela ajuda!
     
  8. 23/11/18 #8

    Leonardo Gariglio Daher

    Leonardo Gariglio Daher

    Leonardo Gariglio Daher

    Member

    Afiliado:
    8/10/18
    Mensagens:
    18
    Curtidas Recebidas:
    5
    Localização:
    Vitória
    E aí essa nanocervejaria saiu do papel????
     

Compartilhe esta Página