• We have implemented the ability to gift someone a Supporting Membership now! When you access the Upgrade page there is now a 'Gift' button. Once you click that you can enter a username to gift an account Upgrade to. Great way to help support this forum plus give some kudos to anyone who has helped you.

CO2 não diluído após 8 dias de primming

Ajude o Home Brew Talk Brasil:

Abelardo

Member
Afiliado
12/2/18
Mensagens
8
Olá todos. Coloquei uma Pale Ale no primming e após 8 dias abri uma garrafa, há pressão mas o CO2 ainda não está diluído na cerveja, nada, zero. Faço recirculação continua e minhas cervejas costumam ficar bem limpas. Devo ficar preocupado ou aguardo mais tempo? Usei o S-04.
 

marcelo_r_a

Well-Known Member
Afiliado
7/2/17
Mensagens
199
Olá todos. Coloquei uma Pale Ale no primming e após 8 dias abri uma garrafa, há pressão mas o CO2 ainda não está diluído na cerveja, nada, zero. Faço recirculação continua e minhas cervejas costumam ficar bem limpas. Devo ficar preocupado ou aguardo mais tempo? Usei o S-04.
Bom dia! A quantidade de CO2 dissolvido na cerveja depende exclusivamente da relação pressãoxtemperatura (quadro anexo). Aguarde mais um tempo... Já vi primming levar até duas semanas.

Edit: Pra entender melhor como o CO2 se mistura com o líquido, basta pensarmos num isqueiro. Dentro do isqueiro, sob pressão, o gás se mantém em estado líquido. Se deixar no sol, ele volta a ser gás e o isqueiro explode pela pressão. O CO2 é igual. Sob a pressão e temperatura certos (tabela anexo), passa a ser líquido e pode ser misturado na cerveja. Havendo a pressão necessária, não há a possibilidade de o CO2 não incorporar na cerveja, pois ele vai virar liquido.

Abs.
 

Attachments

Última edição:

Abelardo

Member
Afiliado
12/2/18
Mensagens
8
Certo Marcelo, faz sentido, ainda mais que a temperatura aqui no litoral norte de SC esta semana está oscilando entre 13° e 21°. Vamos aguardar, obrigado
 

Bruno Nery

Well-Known Member
Afiliado
24/12/18
Mensagens
241
Localização
Cotia
Certo Marcelo, faz sentido, ainda mais que a temperatura aqui no litoral norte de SC esta semana está oscilando entre 13° e 21°. Vamos aguardar, obrigado
Cara,
faz uma turbulencia de leve em cada garrafa para acordar a levedura, pela temperatura que tá falando que está aí ela já deve ter decantado. Acorda ela, espera que vai ser sucesso
 

Trops

Well-Known Member
Afiliado
26/11/19
Mensagens
209
Localização
Teófilo Otoni / Ipatinga - Minas gerais
Bom dia! A quantidade de CO2 dissolvido na cerveja depende exclusivamente da relação pressãoxtemperatura (quadro anexo). Aguarde mais um tempo... Já vi primming levar até duas semanas.

Edit: Pra entender melhor como o CO2 se mistura com o líquido, basta pensarmos num isqueiro. Dentro do isqueiro, sob pressão, o gás se mantém em estado líquido. Se deixar no sol, ele volta a ser gás e o isqueiro explode pela pressão. O CO2 é igual. Sob a pressão e temperatura certos (tabela anexo), passa a ser líquido e pode ser misturado na cerveja. Havendo a pressão necessária, não há a possibilidade de o CO2 não incorporar na cerveja, pois ele vai virar liquido.

Abs.
na verdade nao é assim que funciona, para formar um gas liquefeito o processo é bem mais complexo, precisa de compressoes e trocas de calores por especificos... aumentar a pressao simplesmente nao é o suficente para liquefazer um gas.

e a CO2 dissolvido na breja nao depende unica e exclusivamente da pressão/temperatura, depende tambem da solubilidade do sistema... ou seja, qto mais complexa for a cerveja (mais componentes já dissolvidos, como açucares, proteinas, sais) menos "capacidade de solubilização vai estar disponivel" para o gas.
 

Trops

Well-Known Member
Afiliado
26/11/19
Mensagens
209
Localização
Teófilo Otoni / Ipatinga - Minas gerais
Olá todos. Coloquei uma Pale Ale no primming e após 8 dias abri uma garrafa, há pressão mas o CO2 ainda não está diluído na cerveja, nada, zero. Faço recirculação continua e minhas cervejas costumam ficar bem limpas. Devo ficar preocupado ou aguardo mais tempo? Usei o S-04.
provavelmente o sistema não entrou em equilibrio ainda ou esta havendo mta variaçao de temperatura... recomendo que vc aguarde mais uns dias e procure deixar num local mais fresco... e tbm vao colocando um garrafa na geladeira para que haja mais solubilização do gas na cerveja.

e se tiver algum ajunto gorduroso pode ser que isso atrapalhe mais ainda
 

marcelo_r_a

Well-Known Member
Afiliado
7/2/17
Mensagens
199
na verdade nao é assim que funciona, para formar um gas liquefeito o processo é bem mais complexo, precisa de compressoes e trocas de calores por especificos... aumentar a pressao simplesmente nao é o suficente para liquefazer um gas.

e a CO2 dissolvido na breja nao depende unica e exclusivamente da pressão/temperatura, depende tambem da solubilidade do sistema... ou seja, qto mais complexa for a cerveja (mais componentes já dissolvidos, como açucares, proteinas, sais) menos "capacidade de solubilização vai estar disponivel" para o gas.
Oi, @Trops ! Blz!? Sim , claro, o isqueiro é só uma alegoria. Não é nem o mesmo caso, pois no nosso caso o CO2 vai ser encorporado na cerveja, e não liquefeito. Claro que o gás não vai virar líquido só com a pressão e temperatura que trabalhamos, vc tem toda razão.
Mas, cara, confesso que nunca vi o fator "capacidade de solubilização" entrar em medição de carbonatação de cerveja. O instrumento que utilizamos na fábrica para medição de carbonatação trabalha apenas com as variáveis temperatura x pressão, assim como essa tabela que mandei em anexo.
Então sempre considerei que era uma fator irrelevante para os fins práticos a que nos propomos.
Fiquei até curioso se vc teria algum material sobre a relação entre "complexidade da cerveja Vs. Capacidade de solubilização de CO2"... Podemos até pensar em fator de correção para a tabela! Abs.
 
Última edição:

Trops

Well-Known Member
Afiliado
26/11/19
Mensagens
209
Localização
Teófilo Otoni / Ipatinga - Minas gerais
Oi, @Trops ! Blz!? Sim , claro, o isqueiro é só uma alegoria. Não é nem o mesmo caso, pois no nosso caso o CO2 vai ser encorporado na cerveja, e não liquefeito. Claro que o gás não vai virar líquido só com a pressão e temperatura que trabalhamos, vc tem toda razão.
Mas, cara, confesso que nunca vi o fator "capacidade de solubilização" entrar em medição de carbonatação de cerveja. O instrumento que utilizamos na fábrica para medição de carbonatação trabalha apenas com as variáveis temperatura x pressão, assim como essa tabela que mandei em anexo.
Então sempre considerei que era uma fator irrelevante para os fins práticos a que nós propomos.
Fiquei até curioso se vc teria algum material sobre a relação entre "complexidade da cerveja Vs. Capacidade de solubilização de CO2"... Podemos até pensar em fator de correção para a tabela! Abs.
nao tenho os números, mas realmente em termos praticos para carbonatação de bebidas é irrelevante, visto que seria calculos a mais pra poucos ou nenhum resultado significativo...

essa tabela que é usada considera como base um solvente ideal, mas qdo se tem mais solutos no sistema o comportamento afasta da idealidade, este comportamento é estudado "atividade química"
 
Topo