• We have implemented the ability to gift someone a Supporting Membership now! When you access the Upgrade page there is now a 'Gift' button. Once you click that you can enter a username to gift an account Upgrade to. Great way to help support this forum plus give some kudos to anyone who has helped you.

Chiller de placas com resfriamento muito lento?

Ajude o Home Brew Talk Brasil:

cleber

Well-Known Member
Afiliado
24/7/14
Mensagens
573
Fabricantes falam isso porque usar soda da forma correta é difícil, então a chance de clientes fazerem alguma M... é grande, ou seja, eles se "isentam" da responsabilidade.

Soda corrói o cobre, assim como ácidos, mas isso precisa de alta concentração, tempo de contato, etc, ou seja, eles falam isso pq se alguém usar e deixar o troço um tempão lá em contato, e reclamarem dizendo que o produto não funciona, eles se ralam, então é melhor dizer pra não usar.

Fabricantes de produtos que vão para pessoas físicas sempre precisam assumir que o cliente é uma pessoa limitada e inábil fazer qualquer coisa complicada, ainda mais quando isso representa mexer com químicos perigosos, ou seja, por isso que eles só recomendam coisas que não representam risco.

Exemplo:
- iodofor dizem pra usar bem mais do que precisa
- fermento dizem na especificação que tem "pelo menos 5 bilhões/g", e na real sempre tem bem mais.... e também dizem que pode jogar direto no mosto, etc.
Entendi, Guenther. De fato acho que, nesse caso, o senso comum vale mais. E vendo também os relatos concluo que o uso da soda será inevitável pois, se entupir ou contaminar o chiller, vai-se acabar perdendo o mesmo de qualquer maneira não é mesmo?
Valeu.
 

Guenther

Administrador
Moderador
Admin
Afiliado
23/4/13
Mensagens
3,828
Entendi, Guenther. De fato acho que, nesse caso, o senso comum vale mais. E vendo também os relatos concluo que o uso da soda será inevitável pois, se entupir ou contaminar o chiller, vai-se acabar perdendo o mesmo de qualquer maneira não é mesmo?
Valeu.
Exato.... como as soldas são de cobre, tem que usar soda por um tempo (se não, corroi), e usar peracético por um tempo (pra neutralizar a soda, mas se deixar demais, corroi também), e então depois passa água normal que neutraliza tudo.

Abraço,
 

wagnerlibardi

Well-Known Member
Afiliado
17/7/14
Mensagens
246
Exato.... como as soldas são de cobre, tem que usar soda por um tempo (se não, corroi), e usar peracético por um tempo (pra neutralizar a soda, mas se deixar demais, corroi também), e então depois passa água normal que neutraliza tudo.

Abraço,
Quanto tempo posso deixar a soda dentro do chiller de placas para que não o comprometa?

Enviado de meu SM-G903M usando Tapatalk
 

wagnerlibardi

Well-Known Member
Afiliado
17/7/14
Mensagens
246
Quanto tempo posso deixar a soda dentro do chiller de placas para que não o comprometa?

Enviado de meu SM-G903M usando Tapatalk
Deixei uns 15min com soda quente e notei se saiu uma agua avermelhada ao enxaguar. Deu para ver que realmente chegou a atacar o cobre. Acredito que o tempo deva ser uns 10min no máximo ou menos que isso, correto?

Como o Guenther mesmo disse: "Parece lindo, bonito, mas é preciso ser disciplinado" Bem trabalhosa a manutenção. No começo achei que era um pouco de exagero, mas preferi seguir o conselho dos mais experientes do que as minhas teorias do "acho", e vi que realmente É TUDO AQUILO QUE FOI FALADO SIM!

Vou usar o meu chiller de placas mais algumas vezes, e como tenho um de contra pressão, vou trocar o tubo interno de alumínio por cobre como me recomendaram, para ter como uma outra opção.
 

Guenther

Administrador
Moderador
Admin
Afiliado
23/4/13
Mensagens
3,828
Quanto tempo posso deixar a soda dentro do chiller de placas para que não o comprometa?

Enviado de meu SM-G903M usando Tapatalk
Quando eu faço... faço por no mínimo 30 minutos, depois enxaguo, depois peracético, etc... como falei antes.
 

wagnerlibardi

Well-Known Member
Afiliado
17/7/14
Mensagens
246
Limpei diversas vezes antes de reutilizar o chiller novamente. Montei uma panelinha com 5L de água fervendo e uma bomba e deixei recirculando por mais de 1h. Depois guarde com idodofor dentro.
Acho que funcionou.
Na brassagem que fiz ontem levou de 15 a 20min para chegar a 30 graus.
Terminado já deixei recirculando com água fervendo por 30min e guarde com iodofor dentro.

Enviado de meu SM-G903M usando Tapatalk
 

tfomelo

Well-Known Member
Afiliado
2/3/14
Mensagens
45
Para aqueles que, assim como eu, não gostam de utilizar desencrustante de base cáustica em nível homebrew, sugiro o Kalyclean K505 que é mais seguro de guardar, manipular e não ataca cobre, nem alumínio. Eu procedo da seguinte forma para limpeza pós uso dos chillers de placa. Eu recirculo solução de k505 e agua nos dois sentidos a 40-50C por 10 min, depois enxágue com agua em temperatura ambiente. Depois agua fervendo nos dois sentidos para sanitizar. Eu restrinjo a saida para aumentar o turbilhonamento nos canais tanto na limpeza quanto no uso (melhora um pouco a eficiência). Escorro a água e tampo com papel aluminip para nao entrar qq coisa la dentro. K505 não precisa neutralizar para descartar. Nem luva precisa na real. Já foram cerca de 20 brassagens tudo 100% até o momento.

Importante ressaltar da importância de se empurrar o mosto com uma bomba e restringir a saida do chiller (mosto frio) para uso adequado do chiller. Assim como o mesmo processo para limpeza.

Cheers
 

dfbalan

Member
Afiliado
27/6/18
Mensagens
17
Localização
Americana
Cara, um problema que já vi acontecer é colocarem entrada e saída de água no mesmo sentido, ou seja, num lado do chiller entra mosto quente e água fria.... e deve ser o contrário ou seja, numa extremidade tem que entrar mosto quente, e na outra extremidade entrar a água fria, pois eles devem fluir em contra-fluxo.

Bom, assumindo que tu não estás errando isso, e interpretando tua descrição.... primeira coisa é que tu não citou quantos litros de mosto está resfriando. :) - Sem essa informação... não adianta nada discutirmos pois se está resfriando uma leva grande com um chiller pequeno, vai demorar mesmo.

Aqui seguem umas estatísticas que eu mesmo fiz com os chillers de placa vendidos pela WE, utilizando água a 22 graus, com vazão de 10 litros por minuto (novamente, vazão da água), resfriando o mosto de 100 graus para 25 graus.

Informação, os chillers de placa da WE tem placas com 31,5cm X 7,15cm, por isso vou adicionar a área total de troca de calor (área de todas as placas somadas). Isso é importante porque se for comparar com chillers que tenham placas com dimensões diferentes, como um Therminator da Blichmann, é preciso fazer as contas da área total.

Área de uma placa: =~ 225 cm2, ou 0,0225 m2

chiller de 10 placas - área total: 0,225 m2 ==> 25 litros em 11 minutos
chiller de 20 placas - área total: 0,450 m2 ==> 25 litros em 7 minutos
chiller de 30 placas - área total: 0,675 m2 ==> 25 litros em 5 minutos
chiller de 40 placas - área total: 0,900 m2 ==> 25 litros em 3m45s

Ou seja, se está usando água com a vazão de 10 litros por minuto, dá pra se basear nos dados acima. Se sua performance de resfriamento estiver muito fora disso, tem algo errado.

LEMBRE-SE... faça as contas da área total do seu chiller caso ele seja diferente: meça a área de uma placa, e multiplique pelo número de placas.


---------------

Bom, SE estiver fora dessas estatísticas, pelo que vi, você nem sequer mencionou como está fazendo a limpeza do seu chiller........ isso quer dizer que vc não mencionou simplesmente...... a parte mais importante de todas! :D

Sim, limpeza de chiller de placas chega a ser mais importante que sanitização, pois se você não limpa direito, ele pode ser simplesmente inutilizado por entupimento ou tanta sujeira que nenhum sanitizante consegue sanitizá-lo totalmente (por não penetrar a fundo na sujeira, onde estão as colônias).

Bom, depois de utilizarmos um chiller de placas, temos que ter CERTEZA de remover toda a sujeira de dentro dele, e é preciso lembrar que além de pedaços de lúpulo, você passou um líquido açucarado por dentro dele.

O que acontece com um líquido/calda cheio de açúcar quando esfria e seca numa superfície? Fica duro, seco, pegajoso, difícil de remover.

Então, depois de usar o chiller de placas, a primeira coisa a fazer é pegá-lo de enxaguar primeiro com água normal, fria, da torneira, com a máxima pressão possível e preferencialmente em sentido contrário (entrando no Wort-out) pra tirar o excesso de sujeira, trub, etc. Depois disso, precisamos remover qualquer resquício de mosto seco/grudado dentro do chiller, ou seja, precisamos derreter o mosto seco dentro dele.

Analogia: imagine passar mosto quente numa mangueira de silicone, e depois de usar, deixar ela em cima da mesa até secar.... como ela fica? Fica totalmente grudenta... muito grudenta, e depois de secar, essa sujeira não sai fácil, é preciso água quente pra remover o açúcar seco. Fora isso, se você esquecer a mangueira suja.... 2 dias depois já pode jogar fora, pois provavelmente já estará cheia de bolas pretas por dentro e por fora, que são colônias de bactérias.


Voltando, pra limpar mesmo o açúcar de dentro do chiller, precisamos passar água quente por dentro dele. Eu particularmente passo água quase fervendo na maioria das vezes, e quando posso passar água fervendo, passo. Quanto? Não existe um volume específico, eu passo até notar que a água sai totalmente limpa. Como verifico isso? Pego uma jarra transparente e vou pegando amostras da água que sai, coloco contra a luz, e vejo se saem resíduos, e acreditem..... SEMPRE sai um monte de resíduos. :D

Invariavelmente, mesmo com tudo isso, eu recomendo de tempos em tempos, conforme gosto pessoal, fazer uma lavagem cáustica no chiller seja com solução de soda cáustica pura ou algum desincrustrante alcalino como o Kalykim C272 (que por sinal, é excelente, pois é como uma soda cáustica mais potente e eficaz devido aos tensoativos, etc).

Feito isso, o que fazer? Sanitizar com solução de iodo (passar alguns litros por dentro dele), e guardá-lo com sanitizante dentro.

ATENÇÃO: não deixar o chiller com ácido peracético dentro, pois se ele ficar muito tempo em contato com as soldas de cobre, começará a corroê-las demais, gerando até um composto verde que parece zinabre (já ocorreu comigo), por isso eu particularmente recomendo sanitizar com iodofor, ou então tem que sanitizar com ácido peracético, esperar no mínimo 10 minutos, e enxaguar com água (ou seja, eu prefiro muito mais usar iodo e deixar ele guardado com a solução dentro até meu próximo uso, pois não há problema algum nisso).

----------

Continuando..... se você não limpa do jeito que citei e ainda ferve ele antes de usar, o que acontece?

Acontece que provavelmente tem sujeira dentro dele, uma mistura de açúcar, trub, etc, e... o que acontece com uma sujeira misturada com açúcar se você simplesmente aquece ela absurdamente (fervendo o chiller numa panela) sem fazer mais nada? Ela enrijece mais ainda.

Ou seja, há grande chance, de acordo com a sua descrição, do seu chiller estar entupido por sujeira. Pelo menos é a única possibilidade que vejo se não estiver usando água/mosto em sentido errado.

----------

Como solucionar?

Limpar com uma solução cáustica, como soda cáustica ou C272, com 1% de concentração (10g ou ml por litro), mas é preciso ter MUITO cuidado, já que é perigoso, pode causar sérias queimaduras, etc. Não tá acostumado? Use óculos, luva, tudo que é EPI, e não dê uma de macho. Além disso, é preciso lembrar que soluções cáusticas/alcalinas só podem ser preparadas em recipientes de inox ou plástico.

Exemplo do que eu faço?

1) Coloco 10 litros de água pra aquecer em uma panela de inox, coloco 10g por litro de soda cáustica ou 10ml por litro de Kalykim C272, aqueço até 80 graus, e recirculo com bomba durante 30 minutos.

2) Depois disso, enxaguo com água fervendo.

3) Faço uma solução com ácido peracético e passo dentro do chiller, deixando cair dentro da panela (pois dessa forma o ácido neutraliza a alcalinidade da solução de limpeza), e descarto toda a solução.

4) Espero o ácido peracético agir (10 minutos) e enxaguo com água fria.

Normalmente, faço isso a cada 3 meses por precaução, mas eu diria que se você é cuidadoso como eu, só precisaria fazer a cada 6 meses ou quando notar alguma diminuição de vazão.

Note, eu só uso peracético nesse caso pra sanitizar porque além de neutralizar a solução cáustica, é sempre bom passar algum ácido no inox depois de usar algo alcalino até pra efeito de passivação do inox e neutralização do pH.

Bom, acho que é isso.

Abraço,
Guenther e quem mais puder ajudar,

Uma dúvida: posso usar soda cáustica e/ou ácido peracético na parte do chiller de placas por onde passa a água? Na parte destinada ao fluxo de água o material também é inox? Meu chiller é um Duda Diesel.

Obrigado!
 

marcovarnieri

Member
Afiliado
10/6/13
Mensagens
11
Prezado, faça limpeza usando vinagre branco com bicarbonato de sódio, da para escutar uma fervura que acontece lá dentro ( deixe agir por várias horas ), e faça isso nos dois condutos, da água e do mosto. No meu, saiu bastante sujeira do conduto da água. Boa sorte.
 

dfbalan

Member
Afiliado
27/6/18
Mensagens
17
Localização
Americana
Legal Marco. Qual a proporção de vinagre (acredito que seja se vinho, e não de álcool) e bicarbonato vc usa? Dilui em água ou somente vinagre e álcool?
 

humberto flor

Member
Afiliado
18/5/18
Mensagens
10
Localização
porto alegre
Um problema que tive na primeira utilização do chiller de 20 placas para resfriar 50L, demorei 50 minutos pra mandar o mosto a 45ºC p fermentador, pq?
Eu estrangulei a saída do mosto da panela, então tinha Ar e mosto circulando no chiller, a área de contato do chiller não estava tendo toda troca que deveria ter por causa do ar!
Conclusão, NUNCA estrangule a entrada do mosto no chiller, faça o estrangulamento na saída do chiller de placas, e deixe sempre o chiller totalmente INUNDADO de mosto para que a troca térmica seja o mais eficiente possível!
Abraço!
 

Barão Barone

Well-Known Member
Afiliado
24/8/19
Mensagens
101
Localização
Atibaia - SP
Um problema que tive na primeira utilização do chiller de 20 placas para resfriar 50L, demorei 50 minutos pra mandar o mosto a 45ºC p fermentador, pq?
Eu estrangulei a saída do mosto da panela, então tinha Ar e mosto circulando no chiller, a área de contato do chiller não estava tendo toda troca que deveria ter por causa do ar!
Conclusão, NUNCA estrangule a entrada do mosto no chiller, faça o estrangulamento na saída do chiller de placas, e deixe sempre o chiller totalmente INUNDADO de mosto para que a troca térmica seja o mais eficiente possível!
Abraço!
Seguinte : tá mal dimensionado o tamanho do chiller ...prlo menos 30 placas para 50 litros ...o que pode ajudar é passar a água num chiller de imersão em um balde com gelo ....garanto que em 10 minutos resfria !!
 

Hausbrauerei Fleck

Well-Known Member
Afiliado
9/6/20
Mensagens
47
Localização
Caçapava do Sul-RS
Fabricantes falam isso porque usar soda da forma correta é difícil, então a chance de clientes fazerem alguma M... é grande, ou seja, eles se "isentam" da responsabilidade.

Soda corrói o cobre, assim como ácidos, mas isso precisa de alta concentração, tempo de contato, etc, ou seja, eles falam isso pq se alguém usar e deixar o troço um tempão lá em contato, e reclamarem dizendo que o produto não funciona, eles se ralam, então é melhor dizer pra não usar.

Fabricantes de produtos que vão para pessoas físicas sempre precisam assumir que o cliente é uma pessoa limitada e inábil fazer qualquer coisa complicada, ainda mais quando isso representa mexer com químicos perigosos, ou seja, por isso que eles só recomendam coisas que não representam risco.

Exemplo:
- iodofor dizem pra usar bem mais do que precisa
- fermento dizem na especificação que tem "pelo menos 5 bilhões/g", e na real sempre tem bem mais.... e também dizem que pode jogar direto no mosto, etc.
Soda corroí até o aço inox dependendo do tempo de exposição.
 
Topo