Chiller contra-fluxo vs placas

Discussão em 'Equipamentos, Técnicas e Processos' iniciado por leohenry, 11/6/18.

  1. 11/6/18 #1

    leohenry

    leohenry

    leohenry

    Member

    Afiliado:
    17/11/17
    Mensagens:
    16
    Curtidas Recebidas:
    1
    Galera, nossa micro-cervejaria artesanal juntou uma grana e investiremos em resfriamento - e a dúvida é qual tipo de chiller comprar considerando brassagens de até 60L ou *no máximo* 80L e até uns 700 reais.

    Até agora, utilizamos banho de gelo numa pia grande - importante dizer que brassamos num restaurante com máquina de gelo, rs.

    Pelo que li, os chillers de contra-fluxo (tubo ou placa) são os mais eficientes certo? Pensamos em duas opções:

    1 • Chiller de placas, provavelmente um de 40 mais curto ou 20 mais comprido usando água direto da torneira. Nossas dúvidas:
    - Funciona bem mesmo sem ter bomba?
    - É fácil de limpar sem usar soda? Temos no rest. uma caldeira com água a 80ºC, pensamos em passar 5m de água quente por lá logo após o uso.

    2 • Dividir em 2 chillers: um de contra-fluxo de alumínio 15m e outro de 7,5m apenas para passar por uma panela de gelo antes. Dúvidas:
    - Sei que o cobre tem mais condutividade. Mas faz muita diferença na prática p/ este de 15m? Custa aprox. 130 a mais.

    O que vocês recomendam / sugerem com base na experiência de vocês?

    Valeu!!
     
    Última edição: 11/6/18
  2. 11/6/18 #2

    carvalhais

    carvalhais

    carvalhais

    Member

    Afiliado:
    11/6/18
    Mensagens:
    8
    Curtidas Recebidas:
    7
    Localização:
    Confins, MG
    Olá Leo,

    Eu tenho experiência com o chiller de contra-fluxo, o meu é do mais curto com 40 placas, parecido com o que vc quer usar. Os meus lotes costumam ser de 100 litros, e eu consigo abaixar a temperatura de cerca de 100°C (logo após a fervura) para cerca de 30°C em cerca de 30 a 40 minutos, que é o tempo do mosto descer por gravidade mesmo.

    Usualmente eu costumo deixar o chiller imerso em uma panela auxiliar com água e bastante gelo, e vou repondo o gelo e a água (de torneira) na medida da necessidade, a água é forçada por uma bomba de aquário. Porém, em uma ocasião, o freezer que uso para preparar o gelo parou de funcionar e eu não havia percebido até o momento do resfriamento, então eu tive que usar só água corrente da torneira, sem bomba nenhuma. Eu apenas diminuí um pouco o fluxo do mosto e funcionou muito bem.

    A minha bomba de aquário é bastante potente, mas eu recomendaria uma ainda que das baratinhas, ao menos para fazer a sanitização do chiller. Ajuda bastante.

    Espero ter ajudado!
     
    1 pessoa curtiu isso.
  3. 11/6/18 #3

    leohenry

    leohenry

    leohenry

    Member

    Afiliado:
    17/11/17
    Mensagens:
    16
    Curtidas Recebidas:
    1
    Carvalhais, valeu pelas dicas! Você menciona contra-fluxo no começo e fiquei um pouco confuso. No caso é um chiller de placas - e é ele que você deixa imerso no gelo, né?

    Sobre a bomba, anotado. Tá no nosso planejamento pros gastos futuros ;)

    Obrigado de novo!
     
  4. 11/6/18 #4

    carvalhais

    carvalhais

    carvalhais

    Member

    Afiliado:
    11/6/18
    Mensagens:
    8
    Curtidas Recebidas:
    7
    Localização:
    Confins, MG
    Sim, é um chiller de placas, não a espiral de alumínio / cobre envolta com uma mangueira de água que corre no sentido contrário. Eu me expressei mal, mas o chiller de placas também funciona por contra-fluxo, a diferença é o formato da superfície de contato. No chiller de placas são placas especialmente usinadas de cobre / aço. No chiller tubular de contra-fluxo, é a parede de um tubo metálico.

    Teoricamente, o mais importante em um chiller é uma maior superfície de contato. Quando maior, maior a capacidade de troca de calor do equipamento. Com o meu equipamento, a água de refrigeração sai do chiller a cerca de 65ºC a 70ºC, e a gente já tem dificuldade de tocar a água nessa temperatura.

    O que eu recomendo você também pensar, e que ainda não consegui fazer bem, é dar uma destinação nobre pra água que sai aquecida do chiller. Para os 100 L que comentei, eu uso cerca de 100 a 150L de água, e é uma água perfeitamente boa para qualquer outra destinação. Se vc for cuidadoso o suficiente com o processo e a sanitização, já dá pra emendar um lote no outro.
     
  5. 11/6/18 #5

    JuniorBolzani

    JuniorBolzani

    JuniorBolzani

    Well-Known Member

    Afiliado:
    15/12/16
    Mensagens:
    291
    Curtidas Recebidas:
    92
    Eu fiz o meu próprio contra-fluxo a um bom tempo atrás seguindo este tutorial:



    Pra mim saiu tudo a aproximadamente R$ 350. Sobre o Chiller: num dia de temperaturas normais (25 a 30ºC) consigo resfriar o mosto a 25ºC com apenas uma passada (nunca dei mais de uma), o tempo que isso leva varia em trono de 30 minutos. Depois do uso passo uma boa quantidade de água fervendo internamente ao cobre (onde passou o mosto) e guardo. Antes de usar novamente, passo uma boa quantidade de solução de iodo (0,8ml/L). A serpentina de cobre tem 15m. Não uso bomba, é tudo por gravidade, e eu gosto muito disso.

    Nunca usei chiller de placas.
     
    1 pessoa curtiu isso.
  6. 12/6/18 #6

    carlaoced

    carlaoced

    carlaoced

    Member

    Afiliado:
    23/6/16
    Mensagens:
    15
    Curtidas Recebidas:
    0
    @leohenry
    Já usei os dois: contra-fluxo e placas. Não tem comparação entre os dois. O contra-fluxo ganha com sobras. Esse fds baixei pra 16º C com uma passada (há de se considerar que está bem frio aqui no Sul e a água sai gelada da torneira).
    Abraço, espero ter ajudado.
     
  7. 13/6/18 #7

    TiagoPacheco

    TiagoPacheco

    TiagoPacheco

    New Member

    Afiliado:
    12/12/16
    Mensagens:
    1
    Curtidas Recebidas:
    0
    Não tenho grande experiência, mas comprei um de 30 placas e não gostei, acabei voltando para o de contra-fluxo, uso menos água e o mosto sempre saí na temperatura da água que entra. Uso uma serpentina com 15m de alumínio e mangueira de 3/4.
     
  8. 14/6/18 às 21:03 #8

    JuniorBolzani

    JuniorBolzani

    JuniorBolzani

    Well-Known Member

    Afiliado:
    15/12/16
    Mensagens:
    291
    Curtidas Recebidas:
    92
    Uma coisa que esqueci de comentar, como meu chiller de contra fluxo é de cobre, de tempos em tempos (sei lá, de 4 em 4 meses por exemplo) eu faço uma circulação com bomba por 10 minutos com solução de água e ácido cítrico ou acético a 5%. Depois disso, passo uma boa quantidade de água quente para limpar.

    Esse procedimento é importante para remover possíveis micro-crostas de zinabre que costumam se formar no cobre. A preocupação não é tão grande pq a passada de água quente que faço rotineiramente após cada uso já serve como um bom método de prevenção ao aparecimento/formação do zinabre.
     

Compartilhe esta Página