1. We have implemented the ability to gift someone a Supporting Membership now! When you access the Upgrade page there is now a 'Gift' button. Once you click that you can enter a username to gift an account Upgrade to. Great way to help support this forum plus give some kudos to anyone who has helped you.
    Fechar Aviso

Bière de Garde Blonde

Discussão em 'Receitas & ingredientes' iniciado por Excuse my french, 17/5/19.

Ajude o Home Brew Talk Brasil:

  1. 17/5/19 #1

    Excuse my french

    Excuse my french

    Excuse my french

    Member

    Afiliado:
    2/1/19
    Mensagens:
    9
    Curtidas Recebidas:
    1
    Localização:
    Serra ES
    Boa tarde !!!!

    Aqui a receita da minha ultima Bière de Garde feita pelo Nacional das ACERVAS. Ela está atualmente na garrafa esperando tranquilamente.


    Receita 15L
    Eficiência 65%

    Grãos:

    - 3KG Pilsen europeu
    - 0,75KG Munich tipo I
    - 0,15KG Aromatic
    - 0,45KG Candy Sugar Golden

    Lupulos:

    - 60 min 25g Aramis
    - 10min 50g Strisselspalter

    Levedura:

    - Nottingham (Lallemand)

    Parâmetros:

    - OG: 1,058
    - FG: 1,005 (a estimação pelo BS foi de 1,015)
    - EBC: 12,4
    - IBU: 25

    A mostura foi feita com rampa unica a 63°C.
    Fermentação a 15°C durante 14 dias. O Candy Sugar foi adicionado quando a densidade chegou a 1,020.
    Foi adicionado 20g de chips de carvalho francês tosta media durante 18 dias.

    A ideia foi de brassar uma cerveja de guarda no estilo francês, o seja com fermento neutro. As cervejarias tradicionais costumam usar leveduras lager mas isso não é uma regra. Se pode usar cepas ales de origens alemãs a temperatura mais baixa. pensei usar a K-97 mas preferi o Nottingham por sua capacidade de alta atenuação.
     
  2. 17/6/19 #2

    Excuse my french

    Excuse my french

    Excuse my french

    Member

    Afiliado:
    2/1/19
    Mensagens:
    9
    Curtidas Recebidas:
    1
    Localização:
    Serra ES
    A Bière de Garde está indo pelo concurso nacional das ACERVAS. Gostei do resultado mas prefiro a versão "ambrée", mais complexa e mais saborosa. Essa blonde ficou mais sutil, bem equilibrada entre os sabores do candy sugar e o leve amadeirado mas falta potência. IMG_20190612_164321_972.jpg
     

    Arquivos Anexados:

  3. 17/6/19 #3

    dalai

    dalai

    dalai

    Well-Known Member

    Afiliado:
    24/5/17
    Mensagens:
    240
    Curtidas Recebidas:
    89
    Receita interessante! Obrigado por compartilhar!

    Talvez se fizesse uma mostura a 66°C não ajudaria na sensação de potência que procurava? Daria mais corpo e uma FG mais alta (como estimado).

    Vou salvar pra tentar replicar um dia.
     
    Excuse my french curtiu isso.
  4. 17/6/19 #4

    Excuse my french

    Excuse my french

    Excuse my french

    Member

    Afiliado:
    2/1/19
    Mensagens:
    9
    Curtidas Recebidas:
    1
    Localização:
    Serra ES

    Então na minha Ambrée que levou uma medalha de prata no concurso da Acerva ES, os juízes me orientaram tentar deixar ela mais seca, o que achei estranho porque na minhas pesquisas as Bières de Garde Ambrées que tinha visto tinham em torno de 1,016 de FG. Por isso essa decidi fazer uma rampa mais baixa.
    Só que a FG de 1,005 foi um acidente. Teria ficado feliz da vida com uns 1,010. Até para deixar ela menos alcoólica. Nesse ponto tenho que fazer uns ajustes e até trocar de levedura, ver uma German Ale que atenua bem ou uma Lager.
     
    1 pessoa curtiu isso.
  5. 17/6/19 #5

    dalai

    dalai

    dalai

    Well-Known Member

    Afiliado:
    24/5/17
    Mensagens:
    240
    Curtidas Recebidas:
    89
    Entendi o raciocínio.

    Que eu me lembre remotamente, eu tomei uma Jenlain Ambrée há algum tempo e ela tinha um dulçor residual bem evidente.
     
  6. 17/6/19 #6

    Excuse my french

    Excuse my french

    Excuse my french

    Member

    Afiliado:
    2/1/19
    Mensagens:
    9
    Curtidas Recebidas:
    1
    Localização:
    Serra ES
    Pois é, a Jenlain tem esse dulçor caramelizado e um corpo macio. Agora, nunca experimentei uma belga para poder comparar.
     
  7. 18/6/19 #7

    ErivaldoCasado

    ErivaldoCasado

    ErivaldoCasado

    Well-Known Member

    Afiliado:
    9/12/14
    Mensagens:
    129
    Curtidas Recebidas:
    31
    Legal @Excuse my french! Boa sorte no Nacional!!!
    Eu entrei com uma festbier esse anos, vamos ver!

    Achei a receita interessante, acho que o Nottingham foi uma boa escolha. Talvez ficasse mais interessante com um lager.
    Só fiquei me perguntando se a escolha do Candy não faria mais sentido para versão Amber ou Brune.

    Por curiosidade, quanto tempo vc deixou ela a frio?

    boa sorte velho!
    Casado.
     
  8. 18/6/19 #8

    Excuse my french

    Excuse my french

    Excuse my french

    Member

    Afiliado:
    2/1/19
    Mensagens:
    9
    Curtidas Recebidas:
    1
    Localização:
    Serra ES
    Então, primeiro boa sorte para você também. ;)



    O candy, já experimentei na minha Ambrée e adorei o resultado. Combinou perfeitamente com o Special B e o Biscuit. Essa vez, já que o grist foi bem mais simples, pensei que poderia dar um pouco de complexidade da cerveja. Com o tempo a gente consegue sentir as mudanças que traz o candy sugar, é muito legal.

    Em quanto a guarda, depois da fermentação foram 6 semanas no fermentador e na garrafa foram 4 semanas depois de refermentar.
     

Compartilhe esta Página