• We have implemented the ability to gift someone a Supporting Membership now! When you access the Upgrade page there is now a 'Gift' button. Once you click that you can enter a username to gift an account Upgrade to. Great way to help support this forum plus give some kudos to anyone who has helped you.

Banco de Glicol com Ar Condicionado de Janela

Ajude o Home Brew Talk Brasil:

vhac01

Active Member
Afiliado
2/1/17
Mensagens
34
Boa noite a todos.

Gostaria de compartilhar um sistema que eu estou montando para eliminar o uso de geladeiras aqui em casa. Trata-se de um banco de glicol para resfriar os fermentadores através de uma serpentina.

Tive a ideia pesquisando neste fórum, achei bem legal o sistema e resolvi montar o meu.

Com o ar condicionado de 7500BTUs (950W) temos por volta de 1HP de potencia deste sistema, no site da SS BREWTECH eles vendem um sistema baseado no mesmo conceito com motor de 1/3HP, em que dizem que o sistema consegue manter 3 tanques ao mesmo tempo (não entendi muito bem de quantos litros, mas penso que sejam de 100L) https://www.ssbrewtech.com/products/glycol

Eu acredito que com a potencia da condensadora dê pra aguentar uns 4 fermentadores de 60L tranquilos, só os testes vão dizer.

Materiais:
Ar condicionado janela 7500BTUS Consul MultiAir (usado OLX): R$ 270,00;
Caixa térmica 34L MOR: R$ 80,00;
Tubo poliuretano para isolamento: R$ 4,00;
Espiral para organização de fios elétricos: R$ 11,00
TIC 17 RGTI Full Gauge: R$ 100,00 (este eu já tinha);

Total gasto até o momento: R$ 465,00

1 Passo: Desmontar o ar condicionado e deixar somente as partes necessárias:



Sou leigo de tudo nesse assunto, peguei alguns vídeos do Youtube de como desmontar e fui seguindo as instruções

2 Passo: Fazer um teste sem a ventilação do evaporador:

Satisfatório, eu achei que não chegasse a congelar, pois o AC trabalha em uma temperatura muito mais alta que uma geladeira, mas deu certo. O Gás é o R22.

3 Passo: Dobrar o evaporador para colocar na caixa térmica:
Parte mais dramática, mas com jeito dá certo. É importante não forçar muito os tubos, pois eles podem romper e ai tudo vai por água abaixo.

Ai eu fiz um teste para saber se o evaporador iria caber dentro da caixa, coube como uma luva. Ele ficou na vertical:


4 Passo: Teste com água:

Teste final: 28C para 0.03C em cerca de 30min, esta foi a menor temperatura que eu atingi com água, depois vi que o evaporador congelou e não estava mais havendo troca, com glicol com certeza irá atingir temperaturas negativas.

Detalhe 1: a caixa manteve bem a temperatura, fiz este teste por volta de 16h do domingo e segunda quando eu cheguei do trabalho a água ainda estava bem fria.

Detalhe 2: é necessário uma agitação constante do líquido para trocar calor de maneira eficiente, eu me deparei com várias partes do tempo que o termostato não baixava a temperatura e ao agitar a água instantaneamente ele baixava, isso me levou a perceber que é necessário uma bombinha de aquário dentro para movimentar a água.

5 Passo: Colocar no local onde irá ficar.
Acondicionei a parte de motor acima de um palete de plástico (tipo um estrado) para evitar o contato com água, pois eu lavo bastante o local.

É importante aterrar todas as partes metálicas do sistema - RISCO DE CHOQUE ELÉTRICO, neste caso eu liguei os fios de aterramento do próprio aparelho na caixa do termostato e no compressor, a base do ar é de plástico, então não e necessário aterrar.

Eu fiz um corte la aba da caixa para encaixar melhor a tubulação, este buraco que ficou eu irei preencher com poliuretano.



6 Passo: Cobrir a tubulação com o poliuretano para evitar formação de gelo na tubulação e preservar o frio. Juntar todos os cabos elétricos para evitar dano.

Usei a espuma com algumas braçadeiras para a tubulação e uma espiral de plástico (Comprei na Leroy Merlin) que usam para evitar bagunças em fios.




Próximos passos:
Instalar as mangueiras e serpentinas nos fermentadores - Em breve eu postarei as atualizações;

Fico muito feliz em compartilhar um projeto neste fórum, pois foi em um dos posts de DIY que me veio a ideia.

Abraço a todos :):)
 

PauloPRO

Well-Known Member
Afiliado
17/1/18
Mensagens
145
Esta e vai ficar top com certeza, estou namorando um sistema assim, quero talvez fazer um reservatorio maior pra ajudar tbm na hora de resfriar o mosto, parabéns, aguardando as novidades!
 

cerveja73

Well-Known Member
Afiliado
6/12/16
Mensagens
62
Ficou bem funcional, parabéns! Eu estou montando um banco de glicol também, mas vou colocar o balde com glicol dentro de mini freezer, dá menos trabalho, hehe...
 

vhac01

Active Member
Afiliado
2/1/17
Mensagens
34
será que vale a pena? eu digo pela adaptação nos fermentadores para usar...?
A adaptação dos fermentadores é:
  • Fazer 2 furos e passar a serpentina;
  • Vedação da tampa (penso em usar aquelas borrachas de airlock - Custo);
  • Serpentina (custo);
  • Termostato (custo);
 

awcatarim

Member
Afiliado
18/4/16
Mensagens
10
Opaaaa, esse eu quero ver cada passo. Estou acompanhando aqui, pois quero fazer algo parecido.
 

marceloneres

Well-Known Member
Afiliado
12/5/16
Mensagens
50
Fez ou pretende fazer alguma adaptação na elétrica do AC para "bypassar" o termostato do mesmo e fazer com que consiga chegar a temperaturas mais baixas no evaporador?
 

vhac01

Active Member
Afiliado
2/1/17
Mensagens
34
Fez ou pretende fazer alguma adaptação na elétrica do AC para "bypassar" o termostato do mesmo e fazer com que consiga chegar a temperaturas mais baixas no evaporador?
Pensei em ligar direto, mas quando eu abri o termostato, achei bem complexo. Vou pedir ajuda a um amigo eletricista.

No entanto, acredito que chegue em temperaturas negativas quando eu adicionar água e álcool.

Abraço
 

pwiens

Well-Known Member
Afiliado
22/3/18
Mensagens
128
Parabéns pela iniciativa, tá no capricho. Aguardando ansiosamente as proximas etapas, minhas maiores duvidas são em relação a serpentina e controle de temperatura nos fermentadores!
 

vhac01

Active Member
Afiliado
2/1/17
Mensagens
34
Pessoal, boa tarde.

Segue avanços do projeto aqui hehe.

7 Passo: Fazer as serpentinas e instalar nas tampas dos fermentados.
Eu fiz 2 serpentinas de Alumínio, que eu utilizarei nos testes. Se ficar adequado em contato com a cerveja eu deixarei, mas já comprei cobre para fazer outro teste, pois inox ainda não está nas minhas possibilidades.

A serpentina eu moldei com um pote da tupperware da minha mulher (tomara que ela não esteja no fórum) ;).


A fixação foi feita fazendo um furo no diâmetro do tubo (3/8") e colocando uma borrachinha daquelas de air lock, que comprei numa brewshop aqui. Pra evitar que o tubo se movesse eu cortei pequenos pedaços de mangueira de silicone e coloquei no tubo na parte de dentro e de fora. Achei que ficou bem seguro e fácil de remover, se eu precisar. Vamos ver no teste de vedação.

8 Passo: Isolar as paredes do fermentador.
Neste caso, usei uma manta de isolamento que é vendido como Etaflon (por dentro é isopor e por fora uma camada de material refletivo). Eu comprei a 13 reais cada metro, usei menos de 1 metro pra esta bombona. Fui cortando os pedaços e colando com fita. O resultado final ficou assim:


Ainda falta isolar a tampa, mas ficou bem legal. O etaflon que eu usei é 6mm, acredito que no ML deva vender. Eu sei fita para fixar, pois se eu quiser tirar é fácil.

9 Passo: Enchimento da caixa com a solução água+álcool
Aqui vem o pulo do gato. Usei uma solução alcoólica de álcool de cereais (porque é pra uso em bebidas) e água filtrada. Cheguei por volta de 14% de álcool (140mL de álcool em cada L de solução);



Aqui cabe uma consideração: Pelo que eu vi do álcool, é necessário uma grande quantidade para evitar que a água congele e ele vai evaporando com o tempo, portanto, vc deve adicionar mais álcool com o tempo. Para este sistema que eu uso o evaporador dentro da caixa direto tem uma limitação importante.

Como a serpentina é muito juntinha por conta das aletas a passagem da água é dificultada e cria microespaços onde a temperatura é muito baixa e congela a solução. Uma vez congelada, a troca térmica naquele local é nula, por isto é necessário mais álcool na solução.

Para evitar isto, é necessário uma circulação muito forte para que a água passe por estas aletas e troque calor com elas.

10 Passo: Instalação das mangueiras e teste
Vamos aos testes:

Estou usando minha bomba de recirculação para mandar a solução alcoólica para dentro da serpentina e uma bombinha 180L/h para recircular dentro da caixa. As mangueiras são de silicone e coloquei essa isolação térmica provisória, que será necessária depois.

Resultados:
  1. Conseguir levar a água + álcool (30L) de 33ºC para -3ºC em 1hora. Precisou de bastante agitação manual para chegar na temperatura negativa;
  2. Conseguir atingir até agora 4,0ºC no fermentador cheio com 50L de água, contando que a solução da caixa está a -2ºC temos uma diferença de 6ºC. O que isto quer dizer? Que se eu quero uma temperatura de 0ºC no Cold crash, eu preciso levar a minha solução a pelo menos -6ºC. Esta diferença varia de 4 a 6ºC;
  3. Há uma diferença de 1ºC dentro do fermentador (parte de cima com a parte de baixo), este valor eu mensurei após fazer uma agitação manual na água dentro do fermentador, pode ser que seja diferente de acordo com o tipo e tamanho do fermentador. Acredito que esta diferençam não seja tão importante, visto que a formação de CO2 na fermentação faz uma movimentação vertical dentro da coluna d'água que faz com que esta estratificação desapareça.
  4. Só com a bombinha de recirculação dentro não foi suficiente, pelo motivo que eu citei lá em cima. Quando a sistema está trabalhando, a superfície do evaporador fica numa temperatura muito mais baixa do que a solução, e se esta não se move, logo ela congela entre as aletas e ai impede do restante da água circular e a temperatura não desce além deste ponto, que pra mim foi -3ºC. Vou comprar uma daquelas wave maker que faz circulação em aquário marinho;
  5. O Etaflon segura bem a temperatura! Recomendo a compra!;
  6. Colocar o sistema em um nível mais alto que os fermentados melhora a eficiência de circulação. Estou tendo dificuldades, pois há uma perda de carga muito grande na serpentina e por conta da coluna de elevação.
Lições aprendidas:
  • COMPRE EQUIPAMENTOS SUPERDIMENSIONADOS! Eu comprei as bombas achando que no limite era certo, me dei mal, vou ter que comprar uma nova bomba (pelo menos 3000L/h) e uma wave maker para circulação interna da caixa;
  • Se possível use glicol+água. Apesar de ser mais caro, o glicol não evapora, não é tóxico e tem uma capacidade anticongelante melhor. Além disto, eu temo que o álcool agrida a estrutura da serpentina da caixa, o glicol é inerte. No futuro, quero migrar pra glicol;
  • CIRCULAÇÃO FORTE DENTRO DA CAIXA É ESSENCIAL. Pelo motivo que eu explanei mais acima. Esta circulação é só quando o compressor estiver ligado. Se deixar a circulação direto, o sistema perde eficiência;
  • A solução dentro da caixa tem que ser de 4 a 6ºC menor que o valor que você deseja dentro do fermentador, devido as trocas térmicas.

Valores gastos até o momento:
  1. Ar condicionado janela 7500BTUS Consul MultiAir (usado OLX): R$ 270,00;
  2. Caixa térmica 34L MOR: R$ 80,00;
  3. Tubo poliuretano para isolamento: R$ 4,00;
  4. Espiral para organização de fios elétricos: R$ 11,00
  5. 2 TICs 17 RGTI Full Gauge: R$ 200,00 (um eu já tinha. Você precisa de um exclusivo para caixa e um por fermentador);
  6. Etaflon 6mm - R$ 42,00 3 metros (dá pra bastante coisa);
  7. 5L Alcool de cereais - R$ 62,00 (desnecessário, dá pra usar de posto. Recomendo glicol);
  8. Bombinha de aquário - 42,00 (COMPRE LOGO UMA SUPERDIMENSIONADA, comprei errado);
  9. Mangueiras de silicone (já tinha);
  10. Serpentina de alumínio: R$ 55,00;
  11. Borrachinhas de Air lock para a instalação da serpentina (4): R$ 20,00;

Total até agora: R$ 744,00.

Próximos passos:
  • Fazer os furos na caixa pra passar as mangueiras;
  • Colocar mais alcool na solução da caixa;
  • Comprar bombas mais potentes;
  • Montar uma tubulação para a água gelada e montar um painel com os controladores;
  • Teste com cerveja.
 

PauloPRO

Well-Known Member
Afiliado
17/1/18
Mensagens
145
top, obrigado por compartilhar, to acompanhando a evolução do seu projeto.
tem um canal no youtube que acompanho que o cara usa serpentinas e uma outra solução chamada torpedo, que nada mais é que um tubo de inox de 100 mm com uma entrada e uma saída do liquido refrigerante, talvez essa solução saia mais em conta que uma serpentina de inox.
 

marceloneres

Well-Known Member
Afiliado
12/5/16
Mensagens
50
Pensei em ligar direto, mas quando eu abri o termostato, achei bem complexo. Vou pedir ajuda a um amigo eletricista.

No entanto, acredito que chegue em temperaturas negativas quando eu adicionar água e álcool.

Abraço
Boa!
Vai nos mantendo informado do seu progresso, parabéns!

Abraço.
 

vhac01

Active Member
Afiliado
2/1/17
Mensagens
34
Pessoal, chegou minha bomba 1000L/H. No teste de hoje, foi de 24 pra -6ºC em 30 minutos, consegui chegar a -7,1. A agitação tá bem forte agora, então acho que neste ponto está bom. Se eu adicionar mais álcool, com certeza consigo -10. Neste fim de semana eu posto mais fotos.

Abraço a todos.
 

jorge1470

Well-Known Member
Afiliado
31/5/18
Mensagens
56
Localização
Taquara RS
com 700 conto vc tinha comprado 2 ou 3 geladeiras pra fermentação... mas vale a experiência
 

Tiago

Well-Known Member
Moderador
Moderator
Afiliado
11/6/13
Mensagens
3,043
Eu me preocuparia com a utilização de serpentinas de alumínio imersas na cerveja... Devido ao pH geralmente abaixo de 5 numa cerveja fermentada e tempo de contato prolongado, há chances de que uma quantidade não ideal de alumínio esteja solubilizando na bebida.

Excesso desse metal pode causar intoxicação da levedura, problemas de fermentação, off-flavour metálico, nesse caso pode não ser bom pra saúde do bebedor também. Nessa etapa o inox seria a melhor opção.

Abraço
 

vhac01

Active Member
Afiliado
2/1/17
Mensagens
34
Pessoal, segue mais um update do projeto. Já estamos fermentando usando o sistema.

Passo 11: Fazer uma tubulação de distribuição de água gelada
Como minha intenção é fermentar vários tanques ao mesmo tempo eu montei uma tubulação usando PVC 25mm que foi isolada com Etaflon 6mm.

Para isto precisei de:

1 Vara de tubo (6m) PVC 25mm: R$ 12,00
12 Tês com uma face roscável: R$ 2,oo cada
4 Caps soldáveis: R$ 0,50 cada
12 niples roscáveis: R$ 0,50 cada
10 presilhas de ferro: R$ 5,00 o pacote com 10
alguns tampões para deixar os bicos sem função fechados: R$ 0,50
Conexões engate rápido de mangueira: Não lembro o valor
Etaflon e fita para isolamento: Já tinha comprado



Passo 12: Ajuste dos termostatos
Já tinha um termostato em casa, no entanto, para este projeto é necessário um para o banco e um individual para cada fermentador, então comprei mais 3. Comprei no Mercado Livre e paguei R$ 100,00 já com frete. o Link é este: https://produto.mercadolivre.com.br/MLB-733780954-termostato-tic-17rgti-sensor-sb41-da-full-gauge-_JM?quantity=1

Coloquei o banco para funcionar em 4ºC com histerese de 4ºC, o que quer dizer que ele para de resfriar em 4ºC e parte o banco em 8ºC. Esta configuração irá variar de acordo com os fermentadores que estarão plugados na linha, eu sempre tenho que ter uma diferença de -6ºC entre o banco e a temperatura do fermentador com a temperatura mais baixa. Logo, se algum precisar de Cold Crash a 0ºC o banco deverá ficar a -6ºC.

Para o termostato do fermentador a precisão de histerese será de 0,3ºC.

Passo 13: Instalação do Fermentador

Adquiri 2 fermentadores da Indupropil Roto Plus recentemente juntamente com o kit de resfriamento que eles vendem, que consiste em uma tampa já com a serpentina de inox embutida e conexões de engate rápido DMFit que são muito simples e boas de usar.



As mangueiras são de PoliEtileno e já vem com todas as conexões necessárias. Foi só rosquear e plugar e ja estava pronto pra uso.

Os fermentadores foram isolados com Etaflon 6mm, mas estou pensando em fazer uma camisa de neoprene 6mm, tal qual usam nos fermentadores da SS BrewTech. Pra estes formatos é ruim de manusear o etaflon e não gostei do resultado.

Uma bomba submersa de 2500L/h é ligada pelo termostato do fermentador e circula o líquido refrigerante por dentro da serpentina. Até o momento, com a isolação parcial consegui chegar a 4ºC usando água, acredito que quando fizer a isolação adequada conseguirei chegar em 0ºC.


Próximos passos:

Instalar as solenóides para conseguir funcionar os 5 fermentadores simultâneos com somente uma bomba de circulação. As solenóides já chegaram e já instalei algumas. Paguei USD 20,00 em 5 unidades com frete rápido, chegaram em 20 dias. Aqui o link https://pt.aliexpress.com/item/1-2-V-lvula-Solen-ide-Pl-stico-12-v-24-v-220-v-M-quina/32869216915.html?spm=a2g0s.9042311.0.0.2742b90avjMsie.



Fazer um painel de controle destes fermentadores de modo que todo esse monte de fio fique num local só e que eu consiga manter o espaço organizado.

Com este projeto eu estou pensando em chegar a fermentar 5 cervejas ao mesmo tempo. Eu vi alguns comentários falando que com 700 reais eu compraria 3 geladeiras. No entanto, o sistema me dá ganho de espaço e economia de energia. Se eu tivesse 3 geladeiras eu iria ter 3 unidades condensadores funcionando direto, além de muito espaço ocupado. Aqui eu coloco somente a serpentina interna e o espaço ocupado é somente do banco e de cada fermentador, que por acaso são bem compactos.

Estou fermentando neste momento uma cream ale. Está sendo bem legal. A caixa quase não liga e o sistema mantem a temperatura do fermentador estável. Só para ter uma ideia, eu estou fermentando 30L de uma black IPA no meu frigobar e eu demoro 1 dia inteiro pra conseguir levar de 23ºC até a temperatura de cold crash. No sistema novo eu demoro coisa de horas para sair de 28ºC para 4ºC que foi a temperatura mínima que eu conseguir atingir. Depois disto o sistema mantém a temperatura controlada sem esforço.

Abraço a todos.
 
2

Latest posts

Topo