• We have implemented the ability to gift someone a Supporting Membership now! When you access the Upgrade page there is now a 'Gift' button. Once you click that you can enter a username to gift an account Upgrade to. Great way to help support this forum plus give some kudos to anyone who has helped you.

Baixa Carbonatação

Home Brew Talk Brasil Forums

Help Support Home Brew Talk Brasil Forums:

Pliniosantina

Member
Afiliado
23/10/17
Mensagens
13
Boa Tarde, amigos cervejeiros.

Gostaria de uma ajuda sobre a questão abaixo:

Fiz uma leva de uma APA normal, uns 25 litros no Fermenzzila, deu tudo certo
Fiz um dry-hop e estava tudo bem, experimentei a cerveja e tudo ok, o sabor, sem off-flavors
carbonatação natural, fui para o envase contrapressão e correu tudo bem , abri a primeira garrafa e estava
boa.

Qual não foi a surpresa que ao abri outras garrafas elas estavam com a carbonização bem aquém do
esperado.

Tenho quarenta garrafas que estão na geladeira a 4 graus, e queria uma opinião de como tentar resolver
este problema.

Posso tentar fazer um priming nas garrafas e deixar em temperatura ambiente monitorando a pressão,
ou alguém sugere outra opção. Não tenho pressa da cerveja, somente não gostaria de perder a leva.

Obrigado, Amigos
 

FelGuara

Well-Known Member
Afiliado
18/4/17
Mensagens
275
Localização
Paraty - RJ
Boa Tarde, amigos cervejeiros.

Gostaria de uma ajuda sobre a questão abaixo:

Fiz uma leva de uma APA normal, uns 25 litros no Fermenzzila, deu tudo certo
Fiz um dry-hop e estava tudo bem, experimentei a cerveja e tudo ok, o sabor, sem off-flavors
carbonatação natural, fui para o envase contrapressão e correu tudo bem , abri a primeira garrafa e estava
boa.

Qual não foi a surpresa que ao abri outras garrafas elas estavam com a carbonização bem aquém do
esperado.

Tenho quarenta garrafas que estão na geladeira a 4 graus, e queria uma opinião de como tentar resolver
este problema.

Posso tentar fazer um priming nas garrafas e deixar em temperatura ambiente monitorando a pressão,
ou alguém sugere outra opção. Não tenho pressa da cerveja, somente não gostaria de perder a leva.

Obrigado, Amigos

Oh, meu amigo, nossos processos são bem diferentes, mas vou tentar algum pitaco… mas antes deixa ver se eu entendi:

Teu fermentador aguenta pressão e você carbonata a cerva nele colocando a quantidade total de priming nele para carbonatação da leva inteira?

Aí depois de carbonatada vc encheu as garrafas e elas estão com diferença de carbonatação?
 

Pliniosantina

Member
Afiliado
23/10/17
Mensagens
13
Oh, meu amigo, nossos processos são bem diferentes, mas vou tentar algum pitaco… mas antes deixa ver se eu entendi:

Teu fermentador aguenta pressão e você carbonata a cerva nele colocando a quantidade total de priming nele para carbonatação da leva inteira?

Aí depois de carbonatada vc encheu as garrafas e elas estão com diferença de carbonatação?

Bom dia e Obrigado por interagir.

Quase isso, faço a fermentação sobre pressão e depois do termino, baixo a temperatura e mantenho na pressão com cilindro de C02.
Não uso priming no fermentador.

Só que nesta leva, achei que a cerveja já estava ok, e envasei tudo, mas ela ficou com baixa carbonatação.

Agora estou tentando resolver o problema nas garrafas. Por isso pensei em fazer o priming agora nas garrafas.
 

Rins

Well-Known Member
Afiliado
14/6/13
Mensagens
647
eu tomaria assim, APA, abrindo garrafas para colocar priming, quase certo de oxidar e ser perceptível essa oxidação pela quantidade de lupulos...
 

FelGuara

Well-Known Member
Afiliado
18/4/17
Mensagens
275
Localização
Paraty - RJ
Bom dia e Obrigado por interagir.

Quase isso, faço a fermentação sobre pressão e depois do termino, baixo a temperatura e mantenho na pressão com cilindro de C02.
Não uso priming no fermentador.

Só que nesta leva, achei que a cerveja já estava ok, e envasei tudo, mas ela ficou com baixa carbonatação.

Agora estou tentando resolver o problema nas garrafas. Por isso pensei em fazer o priming agora nas garrafas.

Olha, cara, talvez a pressão para carbonatar ainda não estivesse estabilizado; talvez alguma coisa tenha acontecido no momento do envase; talvez a temperatura não estivesse tão baixa, ou a demora em tampar deixou as últimas garrafas com menos gás…

Agora, realmente, reabrir tudo pra adicionar algum priming vai ter que pensar vários questões… vc não vai saber ao certo quanto já está carbonatada cada garrafa, vai ter menos “head space”, pode perder por supercarbonatacao… enfim…
Eu tomaria com “menos gás” fazendo um estudo de degustação à inglesa…kkk

Nunca vi isso, mas se vc deixar essas garrafas deitadas pra aumentar a superfície de contato e baixar bem a temperatura talvez solubilize algum co2 a mais e melhore um pouco a carbonatação.
 
Última edição:

EDGAR LOUZANO VERDILE

Well-Known Member
Afiliado
29/12/19
Mensagens
870
Localização
Sao Paulo
dado o seu processo e as sugestões dos outros amigos, eu tentaria duas coisas, visto que vc não tem pressa...
Primeiro tiraria 2 garrafas e deixaria em ambiente. a primeira abriria 7 dias depois, e caso tenha melhorado, tiraria todas as demais e abriria a segunda 15 dias depois. se melhorar em 7, em 15 estará melhor ainda.

se apos os 7 dias a primeira nada mudou, eu tentaria o primming na segunda. 7 dias depois abriria, se resolveu, faria nas demais. se não, daí é consumir "à inglesa" como nosso amigo sugeriu.

creio que a chance de oxidar é baixa pelo primming, considerando que todo seu processo é feito sob pressão. mas abra uma garrafa por vez, adicione o açúcar e tampe, tentando sacudir o mínimo possível. se elas estão com baixa carbonatacao, haverá uma "camada" de CO2 no headspace que ajudará a minimizar a chance de oxidação.

depois conte o que aconteceu!
 

marcelo_r_a

Well-Known Member
Afiliado
7/2/17
Mensagens
291
Boa Tarde, amigos cervejeiros.

Gostaria de uma ajuda sobre a questão abaixo:

Fiz uma leva de uma APA normal, uns 25 litros no Fermenzzila, deu tudo certo
Fiz um dry-hop e estava tudo bem, experimentei a cerveja e tudo ok, o sabor, sem off-flavors
carbonatação natural, fui para o envase contrapressão e correu tudo bem , abri a primeira garrafa e estava
boa.

Qual não foi a surpresa que ao abri outras garrafas elas estavam com a carbonização bem aquém do
esperado.

Tenho quarenta garrafas que estão na geladeira a 4 graus, e queria uma opinião de como tentar resolver
este problema.

Posso tentar fazer um priming nas garrafas e deixar em temperatura ambiente monitorando a pressão,
ou alguém sugere outra opção. Não tenho pressa da cerveja, somente não gostaria de perder a leva.

Obrigado, Amigos
Bom dia! Cara, a melhor solução pra vc que já tem cilindro de CO2 é arrumar um carbonator pra garrafa pet e corrigir a carbonatação na hora de tomar, mesmo. Quando abrir a garrafa, passa pra pet, coloca gás sacudindo, e toma na hora. Assim, vc não terá impacto negativo na cerveja, como com um priming.
Provavelmente vc achou que ela estava com mais gás na hora do envase, por causa da temperatura. E depois, com as garrafas bem geladas, ela ficou parecendo mais flat.
O ideal é vc calcular o volume de CO2 dissolvido através de uma tabela de carbonatação forçada, e manter suas brejas entre 2,60vol e 2,75vol. É o que somos acostumados nos exemplos comerciais.
Abs.
 

marcelo_r_a

Well-Known Member
Afiliado
7/2/17
Mensagens
291
dado o seu processo e as sugestões dos outros amigos, eu tentaria duas coisas, visto que vc não tem pressa...
Primeiro tiraria 2 garrafas e deixaria em ambiente. a primeira abriria 7 dias depois, e caso tenha melhorado, tiraria todas as demais e abriria a segunda 15 dias depois. se melhorar em 7, em 15 estará melhor ainda.

se apos os 7 dias a primeira nada mudou, eu tentaria o primming na segunda. 7 dias depois abriria, se resolveu, faria nas demais. se não, daí é consumir "à inglesa" como nosso amigo sugeriu.

creio que a chance de oxidar é baixa pelo primming, considerando que todo seu processo é feito sob pressão. mas abra uma garrafa por vez, adicione o açúcar e tampe, tentando sacudir o mínimo possível. se elas estão com baixa carbonatacao, haverá uma "camada" de CO2 no headspace que ajudará a minimizar a chance de oxidação.

depois conte o que aconteceu!
Bom dia! Cara, gases não fazem "camadas". Não é assim que os gases se comportam. Isso é um mito do universo cervejeiro.
Todo gás vai se difundir ou efudir no ambiente, e toda mistura de gases é homogênea. Calcula-se a velocidade a partir da lei de Graham.
Abs.
 

Pliniosantina

Member
Afiliado
23/10/17
Mensagens
13
Boa noite. Apreciei muito a sugestão de todos vocês.
Acho que vou tentar um priming em uma ou duas garrafas, monitorando a pressão.
Vou começar com 3 gramas por litro e ver sem tem algum resultado. Se não der certo, vou fazer como sugeriram
e tomar a moda inglesa, de qualquer modo, vai ser sempre melhor que as comerciais.

Vou tentar e posto se valeu a pena.
 
Topo