• We have implemented the ability to gift someone a Supporting Membership now! When you access the Upgrade page there is now a 'Gift' button. Once you click that you can enter a username to gift an account Upgrade to. Great way to help support this forum plus give some kudos to anyone who has helped you.

Apresentação/História

Ajude o Home Brew Talk Brasil:

Afiliado
1/6/20
Mensagens
2
Localização
Itaberaba
Olá pessoal, bom dia!!

Meu nome é Wanderson e ontem fiz minha primeira cerveja. Uma mistura de desastre, cansaço e felicidade kk

A minha primeira receita foi uma Blonde Ale, em tese mais adequada para iniciantes. Logo no início, para moer o malte, com aqueles moedores que usa furadeira, ao moer voava malte para todo lado. Fiz uns ajustes na posição dos rolos e foi dando relativamente certo. Porém, só aí foi mais de uma hora.

Pronto, agora vamos fazer o mosto, água aquecida na temperatura ideal 66° pela receita, adicionei o malte e a temperatura abaixou um pouco, liguei o fogo para corrigir e como estava demorando um pouquinho, pois estava em fogo baixo, resolvi engatar a mangueira da recirculação na torneira da panela. Eis que o bico da torneira solta e enquanto eu ficava tentando ajustar o bico e prender a mangueira o fogo ficou ligado, quando percebi meu mosto ja estava na casa dos 75°. Desliguei o fogo na hora e ele ainda continuou subindo, indo até 86°. Ô tragédia..

Levou cerca de 20 min para ele voltar aos 66°. Nesse momento falei: Já era minha cerveja! Mas ainda assim continuei, não iria desistir logo na primeira brasagem.

Depois disso, tudo correu relativamente normal fui controlando bem a temperatura, mas deixei um tempo a mais que o recomendado de mosturação. Acredito que algumas enzimas devem ter sido inativadas naquele grande aumento de temperatura e o teste do iodo estava demorando mais que o esperado.

Em seguida, recolhi o primeiro mosto e deu uma quantidade muito pequena. A receita era de 10L, para o primeiro mosto foi adicionado 6L, mas ao final da mosturação parecia ter uns 3 a 4 L só. Segui para a lavagem do malte com recirculação e ao adicionar ao primeiro mosto até deu uma quantidade ok.

Fui para fervura, acho que a potência do fogão não era tão forte e não chegou a dar fervura vigorosa, mas foi assim mesmo. Tive que fazer um monte de improvisação para passagem do chiller, a bomba não conseguiu puxar água do reservatório que eu tinha preparado e tive que adicionar a água na bomba na mão mesmo com um funil para resfriar o mosto. Uns 40 min com o braço pra cima jogando água no funil, ô jesus.

No final, ao passar para o fermentador, percebi que o volume tinha dado muito pouco. Eu adicionei um pouco de água para tentar chegar perto do voulume final, mas depois li que isso pode ter contaminado, é esperar para ver.

Resumo da história. Comecei a organizar tudo 3 e meia da tarde e fui terminar meia noite e meia, 9h de produção.
Lições aprendidas: Nunca tire os olhos do termômetro, especialmente no começo; Não economize em mangueiras para bomba de recirculação, fogo mais potente, comece a produção cedo e mais um monte de outras coisas.

No fim, medi com refratômetro e estava dando 8% de açúcar e no densímetro deu 1031 a 31°. Não sei se ter deixado chegar a 86° vai estragar a cerveja, além da possível contaminação, por conta da adição da água, mas pelo que li, provavemente se ela não estragar deve ficar com pouco álcool e mais encorpada.

Durante o processo eu me irritei várias vezes e pensei em jogar tudo fora, mas é só manter a calma e seguir fazendo, porque já vi que até cervejeiros mais experientes tbm cometem alguns erros. Fui dormir moído, mas hoje já acordei só pensando na cerveja e querendo fazer tudo de novo para acertar as coisas que errei. Agora vou aproveitar esse tempo de fermentação/maturação para ler mais sobre, adequar algumas coisas que percebi e tentar fazer uma segunda leva melhor.

Enfim, essa foi minha primeira experiência e mesmo dando um monte de coisa errada, não vejo a hora de fazer mais. Pensei até em incluir o número 86 no nome dela, em homenagem a essa primeira brasagem.
 

Lperes27

Well-Known Member
Afiliado
4/4/18
Mensagens
157
É assim mesmo cara! Com experiência você reduz as cagadas, mas elas ainda vão ocorrer em algum momento 🤣

Depois nos conta como ficou a #86.
 

Addyson

Well-Known Member
Afiliado
5/11/17
Mensagens
63
Kkkk. É isso aí mesmo. Segue em frente q o caminho está correto.
 

Cassiano Schneider

Well-Known Member
Afiliado
20/5/19
Mensagens
53
Localização
São José do Cedro
Muito bom o relato kkkkkkk mas é isso aí, não tive tanta aventura assim na minha primeira brassagem, até pq não sabia nada mesmo e como tinha comprado um kit vinha umas instruções junto e segui a risca pra não ter muito problema. Saiu cerveja, mas hoje em dia (1 ano que faço apenas) já estão muito melhores as brejas.
Não desista, nunca joguei nada fora, e vai na fé q da tudo certa haha.

Abraço.
 
Afiliado
1/6/20
Mensagens
2
Localização
Itaberaba
Valeu pelos comentários gente. Ao final do processo postarei o resultado aqui sim, seja ele qual for haha

@AntonioMartins está fermentando sim. Já tem cerca de 24 hs de fermentação e parece promissor. Achei umas indicações aqui no fórum de sites em que é possível construir rótulos e estou trabalhando num rótulo primitivo agora para ela.
 

Hausbrauerei Fleck

Active Member
Afiliado
9/6/20
Mensagens
33
Localização
Caçapava do Sul-RS
É assim mesmo no início, a gente aprende com os erros, por isso não os tema.
Minha primeira brassagem também comecei as 15 horas, fui terminar as 02:30h da madrugada.
Dali em diante começo sempre as 07:00 ou 07:30 horas, ia até as 21:00h, hoje com os aperfeiçoamentos e a prática, as 15:00horas fecho o maturador e meço a OG.
 

patrickbusse

Member
Afiliado
4/3/14
Mensagens
5
Vai na fé.
No começo é assim mesmo.
Persista.
Daqui a pouquinho vai dar tudo certo.
 
Topo