• We have implemented the ability to gift someone a Supporting Membership now! When you access the Upgrade page there is now a 'Gift' button. Once you click that you can enter a username to gift an account Upgrade to. Great way to help support this forum plus give some kudos to anyone who has helped you.

Amargor recorrente após envase

Ajude o Home Brew Talk Brasil:

Jasontng

Active Member
Afiliado
14/1/20
Mensagens
33
Localização
São Paulo
Olá, sou novato e por enquanto fiz 4 brassagens no total. No entanto, estou tendo um problema recorrente de uma sensação de amargor leve q fica na boca por muito tempo depois de tomar a cerveja.

As cervejas que eu fiz até agora foram todas de kit e já vinham com o malte moído. Fiz cervejas com bastante e pouco lúpulo, mas todas acabavam com essa característica mencionada.

A sensação na hora de tomar é mais perceptível qdo a temperatura da cerveja não está baixa, mas mesmo com a cerveja gelada a sensação estranha na boca depois de tomar é igual.

Quando eu tomo a cerveja logo depois de finalizada e um pouco antes de envasar, sem nenhuma carbonatação, eu não sinto esse amargor, independentemente da temperatura. Eu só sinto isso depois que abro a garrafa já carbonatada.

Eu utilizo álcool 70 para sanitização e no airlock.

Eu desconfio ou do priming, que já fiz tanto jogando açúcar direto do sachê como fazendo solução; ou do alcool 70, que apesar de usar em todo processo para sanitizar e deixar escorrer bem, pode ser que o volume de 600 ml não seja suficiente para diluir a substância de amargor que tem no álcool; ou o ph da água, não faço correção porque ainda estou aprendendo e nem tenho phmetro, então não sei qual o ph do mosto.

A última receita que eu fiz e também teve esse problema foi a seguinte:

Batch: 10 L
Método: BIAB
Água utilizada: Água Crystal = ph 7 a 25°C (é o que consta no rótulo)

Grist:
1.75 kg malte pilsen
200 g de aveia em flocos

Lúpulo:
5 g Herkules 30 min

Levedura: 1 pacote Fermentis T-58

Aqueço 10 L de água até 70°C e adiciono o malte e aveia, mexo para não criar grumos e naturalmente a temperatura cai para 65°C. Tampo e deixo fazer a conversão por 60 min.

Depois levanto o saco de voil e deixo escorrer sem apertar. Então coloco em outra panela e faço uma lavagem com 5 L de água a 70°C e coloco a água na primeira panela para fazer a fervura.

Na fervura adiciono o lúpulo no tempo da receita e faltando uns 10 min eu coloco o chiller de imersão na panela pra não ter problemas de contaminação.

Após a fervura faço o resfriamento com o chiller de imersão e whirpool, jogo pro fermentador e coloco na geladeira pra deixar o líquido em aprox 18°C.

Hidrato a levedura com água em temperatura ambiente e coloco no mosto a 18°C.

A fermentação com temperatura controlada em geladeira com tic17:

7 dias a 18°C depois subo 1°C por dia até 22°C

Cold crash por 5 dias

Priming de 6 g/L


Desde já, obrigado.
 
Última edição:

Trops

Well-Known Member
Afiliado
26/11/19
Mensagens
99
Localização
Minas gerais
Sou mais iniciante que vc, fiz apenas uma brassagem, mas pelo que andei estudando tem duas coisas que reparei no seu processo que me parece estranho.

Talvez esse amargor seja na verdade o que eles chamam de adstringência, causado pela presença de taninos

1°: Se vc usa BIAB não precisa fazer a lavagem dos grãos, mas se prefere fazer pra tentar melhorar o rendimento é melhor abaixar o pH da água, pois pode estar extraindo taninos;

2° Aqui é mais um achismo meu, mas a mosturação não deveria ser tampada.
 

EDGAR LOUZANO VERDILE

Well-Known Member
Afiliado
29/12/19
Mensagens
260
Localização
Sao Paulo
Recomendo buscar um álcool 70 que não contenha substâncias além do próprio álcool etílico, e fervura com a panela aberta... Fora isso não entendo o que poderia causar isso. Vai ter que fazer experimentos, tente trocar a água também, vai saber...
 

Jasontng

Active Member
Afiliado
14/1/20
Mensagens
33
Localização
São Paulo
Recomendo buscar um álcool 70 que não contenha substâncias além do próprio álcool etílico, e fervura com a panela aberta... Fora isso não entendo o que poderia causar isso. Vai ter que fazer experimentos, tente trocar a água também, vai saber...
A fervura deixo sem tampa, só tampo na mostura pra não abaixar muito a temperatura. Isso tb pode dar problema?

Acho que vou acabar trocando de sanitizante, porque onde procurei alcool 70 todos tinham a substância.

Eu até cheguei a usar iodo uma vez no fermentador, mas na hora do envase eu usei alcool 70 nas garrafas, por isso acho que o problema é no envase.
 

Jasontng

Active Member
Afiliado
14/1/20
Mensagens
33
Localização
São Paulo
Sou mais iniciante que vc, fiz apenas uma brassagem, mas pelo que andei estudando tem duas coisas que reparei no seu processo que me parece estranho.

Talvez esse amargor seja na verdade o que eles chamam de adstringência, causado pela presença de taninos

1°: Se vc usa BIAB não precisa fazer a lavagem dos grãos, mas se prefere fazer pra tentar melhorar o rendimento é melhor abaixar o pH da água, pois pode estar extraindo taninos;

2° Aqui é mais um achismo meu, mas a mosturação não deveria ser tampada.
Acho que é adstringência mesmo.

Eu vi que tem que faz e gente que não faz lavagem no BIAB, acabei fazendo porque não dá muito trabalho, mas pode ser o ph da água na lavagem, apesar que ainda desconfio do álcool 70 ou priming porque qdo experimento antes eu não sinto isso.
 
Última edição:

Jasontng

Active Member
Afiliado
14/1/20
Mensagens
33
Localização
São Paulo
Atualização: eu fiz um teste aqui borrifando álcool 70 em um copo, deixei ele escorrendo por alguns minutos até estar aparentemente seco, como faço com tudo que sanitizo, e coloquei água em temperatura ambiente e experimentei e não senti absolutamente nenhum gosto.

Portanto, acho que dá pra afirmar que não foi o álcool 70, agora tenho que testar ph da água e vou ver se consigo fazer carbonatação forçada em um keg e comparar com outra com priming para ver se acho da onde vem o problema.

Atualização 2: quando eu tomei a água na hora não senti muita coisa, mas agora estou com a boca e língua estranhas e é exatamente o que eu sinto só que um pouco mais forte. É o álcool 70 mesmo, nunca mais uso.
 
Última edição:

marcelo_r_a

Well-Known Member
Afiliado
7/2/17
Mensagens
84
Olá, @Jasontng. O Álcool 70 (mesmo mal escorrido) não deixa sabor algum na cerveja. Não sei que outra substância é essa que teria no álcool que vc usa...
Vc pode fazer álcool 70 diluindo o 92,8 com água filtrada, na proporção de 3 pra 1 que fica mais barato.
TODA cervejaria tem um spray de álcool. Rsrsrs. É o unico sanitizante que atua imediatamente, então é o ideal para conexões, etc. Pra tanque, mangueira, etc. o peracetico. Em casa pode ser o iodo mesmo. 0,8ml a 1ml por litro não precisa enxágue.
Tem gente que usa até o iodo com álcool pra evitar aquela espuma chata.
O primming, por sua vez, deixa sim gosto na cerveja. Eu, particularmente, detesto. Mas não diria que é um gosto amargo...
 

Valmir.Santos

Active Member
Afiliado
20/8/18
Mensagens
28
Localização
Catu-Ba
Também sou iniciante (3 brassagens), mas essa adstringencia pode ser do lúpulo. Tente dividir. A porção pra amargor no início da fervura. A primeira leva eu fiz no início, depois andei estudando sobre primeiro mosto e na segunda coloquei o lúpulo antes da fervura e pra mim melhorou esse gosto q ficava.
 

Carlos Cadamuro

Active Member
Afiliado
3/4/19
Mensagens
37
Localização
Curitiba - PR
Atualização: eu fiz um teste aqui borrifando álcool 70 em um copo, deixei ele escorrendo por alguns minutos até estar aparentemente seco, como faço com tudo que sanitizo, e coloquei água em temperatura ambiente e experimentei e não senti absolutamente nenhum gosto.

Portanto, acho que dá pra afirmar que não foi o álcool 70, agora tenho que testar ph da água e vou ver se consigo fazer carbonatação forçada em um keg e comparar com outra com priming para ver se acho da onde vem o problema.

Atualização 2: quando eu tomei a água na hora não senti muita coisa, mas agora estou com a boca e língua estranhas e é exatamente o que eu sinto só que um pouco mais forte. É o álcool 70 mesmo, nunca mais uso.
Amigo, você deve pertencer aquele percentual da população (em torno de 5%) que tem um paladar mais apurado...... Isso pode ser bom ou ruim dependendo da perspectiva!
Só digo uma coisa, nem prove a sua cerva com carbonatação forçada pois nunca mais vai gostar dela com priming.
Abraços e boas cervas!
 

Jasontng

Active Member
Afiliado
14/1/20
Mensagens
33
Localização
São Paulo
@marcelo_r_a substância é o benzoato de denatônio que é conhecido por ser uma das substâncias mais amargas que existem com limite de percepção a partir de 0,05 ppm.

Depois que fiz o teste de beber água do copo sanitizado com álcool 70 ontem eu estou até agora com uma sensação estranha na língua.

Vou fazer várias mudanças no processo, inclusive usar iodophor no lugar do álcool 70.
 
Afiliado
11/12/19
Mensagens
5
Localização
Juiz de Fora - MG
Fala Jasontng,

Cara sou muito recente no meio, mas eu tive problemas na minha primeira cerveja... Ela deixava um sabor bem forte ma boca e eu não conseguia identificar exatamente o que era. Com a ajuda de um amigo, que bebe bastante cerveja artesanal, percebemos que era álcool.

Mas galera, não culpem o álcool 70, ele só nos ajuda... O meu grande problema foi a formação de álcoois superiores, decorrente de fermentação e a maturação em temperarura muito alta. Isso aconteceu pois a sonda do meu tic não ficava em contato com o meu fermentador, simplesmente ficaca suspenso na geladeira, isso faz o tic receber uma temperatura falsa, pq a temperatura do ar da geladeira sempre será mais baixa que de todo o líquido. A fermentaçao em temperaturas elevadas causa esse off-flavor chato, que não deixa a cerveja impossível de ser tomada, mas em todo gole fica a sensação de que tem algo errado.

Já fiz uma leva de 10L no isopor, onde a sonda do meu termometro ficava em contato direto com o líquido dentro do fermentador, então o controle foi bem preciso. Aí nem tive o mesmo problema.

O que eu fiz para tentar corrigir esse problema, foi colocar a sonda dentro de uma pet de 2L com água, mas o ideal é o poço térmico, mas ainda não quero investir muito mais.

Espero ter ajudado um pouco.
 

Jasontng

Active Member
Afiliado
14/1/20
Mensagens
33
Localização
São Paulo
@Carlos Cadamuro de todas as pessoas que já experimentaram minha cerveja nenhuma reclamou disso, mas pode ser que estavam apenas sendo educadas.

De qualquer forma vou usar apenas iodophor na próxima e fazer o teste com carbonatação forçada tb, que eu já estava querendo fazer pq esperar o priming é fogo hehe
 

Jasontng

Active Member
Afiliado
14/1/20
Mensagens
33
Localização
São Paulo
@Pedro Nascimento eu utilizo poço termometrico, mas antes de ter o controle de temperatura eu usava isopor tb e realmente já tive problema com álcool superior, a sensação de agora é diferente.
 

pwiens

Well-Known Member
Afiliado
22/3/18
Mensagens
132
@marcelo_r_a substância é o benzoato de denatônio que é conhecido por ser uma das substâncias mais amargas que existem com limite de percepção a partir de 0,05 ppm.

Depois que fiz o teste de beber água do copo sanitizado com álcool 70 ontem eu estou até agora com uma sensação estranha na língua.

Vou fazer várias mudanças no processo, inclusive usar iodophor no lugar do álcool 70.
Jason, o álcool é muito comodo, o que eu faço é comprar alcool de cereal e diluir um pouco, pago 14 reais o litro, me dá uns 1250ml de álcool 70 e dura um monte.
 

Denis Eiras

Member
Afiliado
17/5/19
Mensagens
20
Localização
São José dos Campos
@Carlos Cadamuro de todas as pessoas que já experimentaram minha cerveja nenhuma reclamou disso, mas pode ser que estavam apenas sendo educadas.

De qualquer forma vou usar apenas iodophor na próxima e fazer o teste com carbonatação forçada tb, que eu já estava querendo fazer pq esperar o priming é fogo hehe
Caro Jasontng, pode usar álcool 70% sem o benzoato de denatônio. É mais difícil encontrar (lojas de produtos médicos - não sei se precisa ser médico / dentista).

Eu uso o álcool de churrasqueiro (92%) sem o benzoato de d.. Encontro em alguns mercadinhos de bairro. Diluo um pouco de água para ficar próximo do 70%, pois o 92% evapora muito rápido (pode acontecer de evaporar antes de sanitizar).
 

marcelo_r_a

Well-Known Member
Afiliado
7/2/17
Mensagens
84
Ah sim, @Jasontng. Kkkkk. Colocam benzoato justamente pq é amargão. É pra galera não beber achando que é água! Deve ser daí seu gosto ruim mesmo.
Mas o álcool 92,8 não tem benzoato. Pelo menos os que vendem por aqui. Por isso estranhei.
É sempre bom ter um spray de álcool a mão, pq o iodo exige 2min de tempo de contato, e o álcool é imediato. Além disso, para as garrafas, iodo é chato pq faz espuma...
 

Denis Eiras

Member
Afiliado
17/5/19
Mensagens
20
Localização
São José dos Campos
É então, também sou meio receoso quanto ao iodo, mas deve ser bobeira minha, gosto de clorofenol deve ter sido por outra causa ( que não cloro na água ou biofor).

Tem uma tabela na internet que relaciona a porcentagem do álcool e o tempo de evaporação... se não me engano são necessários 10 segundos de contato para sanitização, e o 92° evapora em menos tempo.
Abraço!
 

marcelo_r_a

Well-Known Member
Afiliado
7/2/17
Mensagens
84
É então, também sou meio receoso quanto ao iodo, mas deve ser bobeira minha, gosto de clorofenol deve ter sido por outra causa ( que não cloro na água ou biofor).

Tem uma tabela na internet que relaciona a porcentagem do álcool e o tempo de evaporação... se não me engano são necessários 10 segundos de contato para sanitização, e o 92° evapora em menos tempo.
Abraço!
Oi, @Denis Eiras, não é só pelo tempo de evaporação não. A água ajuda o álcool a penetrar nas bactérias, e por isso a diluição do álcool 70 é considerada mais eficaz para sanitização.
O iodo é usado por vários cervejeiros aqui do fórum, pode usar sem medo que já foi amplamente testado. Se desse gosto ruim outros já teriam notado. Abs.
 

Eduardo Habermann

New Member
Afiliado
28/12/19
Mensagens
4
Localização
Sao Paulo
Alcool 70 usa o de cereais. Os comerciais tem substancia que fazem gosto e cheiro ruins, justamente pra evitar consumo humano.
 
Topo